1. Spirit Fanfics >
  2. O Idiota do meu Ex - Ruggarol >
  3. "Nossa filha não... Minha filha!"

História O Idiota do meu Ex - Ruggarol - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Oieee espero que gostem!!


Boa leitura!!!❤️📖

Capítulo 4 - "Nossa filha não... Minha filha!"


Fanfic / Fanfiction O Idiota do meu Ex - Ruggarol - Capítulo 4 - "Nossa filha não... Minha filha!"

"Imagine Ruggarol" O Idiota do meu ex...

 

Antonella: Mas o que isso Candelária?

Ruggero: Que foi amor?

Candelária: Fala sério, estou nessa família a 1 ano e você nunca me trataram tão bem quanto tratam essa... Essa idiota aqui *aponto para Karol* EU FAÇO PARTE DA FAMÍLIA, NÃO ELA! EU EU EU NÃO ELAAAA

Karol: Acho melhor eu ir embora, vamos Luna! 

Bruno: Não Karol! Você fica, Candelária vai embora!

Antonella: *chego perto de Cande* Você pode estar nessa família a um ano, mas eu nunca te considerei parte da MINHA família, e Karol pra mim é que nem uma filha..  conheço ela desde que Ruggero começou na escola e desde lá eu a trato como parte da família... Os dois sempre juntos, melhores amigos e depois namoraram, acabou o relacionamento deles, não o nosso! Karol não namora mais Ruggero mas ela faz parte da família sim! E você não! Tchau Candelária *Abro a porta para ela sair*

Karol: Não precisa Candelária, não se preocupe Anto, eu já estou indo! 

Bruno: De jeito nenhum Kah, a gente nem jantou ainda!

Candelária: Não de preocupem eu estou indo e vocês podem curtir essa idiota aqui! Te ligo mais tarde Rugge *dou um selinho nele e saio* 

Lina: Mas é uma vaca mesmo! *Reviro os olhos* Já disse que odeio a tua namorada Ruggero?!

Ruggero: Porra, vocês podiam pelo menos fingir gosta dela né! Querendo ou não ela é minha namorada! 

Luna: PARA TUDO! Ruggero e a MINHA mãe, já namoraram? *Todos em silêncio* Você não me contou essa parte mamãe! *Olho para ela*

Karol: Ah, eu que não era importante! 

Lina: E que parte sua mãe contou? Da escola? Das brincadeiras? Da parte de melhores amigos?

Karol: *faço cara de "não conta pra ela" mas ela é uma criança e não me ouve* 

Luna: Ela me contou que quando crianças eram melhores amigos, mas quando ela mais precisou dele ele a abandonou, por isso eu não gosto dele! *Aponto para Rugge*

Karol: *fico vermelha* 

Ruggero: É isso que você pensa de mim Luna? 

Luna: Eu não sei o que você fez para a minha mãe, mas sei que foi algo grave por que minha mãe nunca fica tão brava e chateada com alguém como ela está de você! Na verdade acho que você é a única pessoa que ela não consegue te perdoar! 

Karol: *Tem algum buraco aqui? Eu devo estar que nem um pimentão*

Ruggero: É... O que eu fiz eu me arrependo muito! 

Bruno: Do que estamos falando? Desculpem me intrometer! 

Karol: N... nã.... Não, é nada... Só uma briguinha de casal de 5 anos atrás, falei isso a anos pra ela *mentindo*

Luna: Mamãe! Você me falou isso hoje de manhã, assim que você encontrou ele na rua! 

Lina: gente *ri* O que está acontecendo aqui? 

Ruggero: Eu sei que eu errei Karol, se você soubesse o quanto me arrependo...

Karol: Não estou afim de falar disso na frente dos seus pais Ruggero! 

Antonella: Podem falar!  Queremos saber! 

Ruggero: já tá na hora de vocês saberem mesmo! 

Karol: Ah, é mesmo você quer que eles saibam agora? 

Ruggero: É, fala... Eu não tenho coragem! 

Karol: Ok! Sabe quantos anos a MINHA FILHA tem Anto? Bruno? Lina?

Lina: 5, 5 anos não é?

Karol: Isso mesmo! Lina, vai brincar com Luna no seu quarto por favor? Depois eu falo pra vocês duas o que aconteceu aqui! Mas vocês não precisam saber desse jeito! 

Luna: Tá bom mamãe!

Lina: Vamos Luna! *Elas vão*

Anto: O que houve a 5 anos?

Karol: A 5 anos atrás, Ruggero foi embora para o México com total consciência que estava me abandonando GRÁVIDA! LUNA É FILHA DELE! 

Ruggero: Eu... Eu não contei pra vocês no dia que descobri porque eu sabia que se eu contasse vocês não iriam comigo... E eu... Eu queria apostar na minha carrera, eu não entendia naquela época, eu tinha 17 anos e não poderia ir para o México sem vocês me autorizarem e irem juntos, então eu não contei...

Antonella: *Chego perto de Rugge e dou um tapa na cara dele* Não se abandona uma família Ruggero, na pior das ipotese, NUNCA SE ABANDONA UMA FAMÍLIA RUGGERO! NUNCA!

Bruno: Eu não acredito que você teve coragem de fazer isso, estou decepcionado com você meu filho! 

Ruggero: Eu sei que eu errei, eu juro que me arrependo muito de ter feito isso, se eu pudesse eu voltaria no tempo e fica com Karol e cuidar da nossa filha, mas....

Karol: nossa filha não... MINHA FILHA!

Bruno: Luna sabe? 

Karol: Não, eu não pretendia contar mas... Agora com Ruggero aqui na cidade... Não tenho opção, uma hora ela vai descobrir.

Ruggero: Eu quero muito me aproximar de Luna que é minha filha!

Karol: Eu já te falei que você deixou de ser o pai dela quando você me abandonou com ela ainda na minha barriga! Sabia que se não fosse a minha mãe me ajudando eu não teria terminado o ensino médio, não estaria trabalhando... Nem nada! 

Ruggero: Eu sei, eu sei... Me desculpa sério! Só que naquela época eu não pensava direito no que eu fazia! Eu era um adoles...

Bruno: Não da desculpa de ser adolescente Rugge, o que você fez foi errado! Mas... Karol

Karol: Oq Bru?

Bruno: Dá uma chance pro Rugge, se ele não for um bom "pai" deixa ele nem fazer parte da sua vida mas ele merece uma segunda chance, eu quero muito ser avô!

Karol: Tá bom! Mas só porque é você que está pedindo! Agora eu vou ir pra casa com Luna porque acho que o jantar azedou *rimos* Ruggero! *Ele olha pra mim* Te vejo amanhã às 18h na minha casa, te mando o endereço pelo cll da Lina, vou buscar Luna!

 

NARRADORA: 

Karol pega Luna e elas vão embora, Ruggero leva uma bronca e tanto dos pais por ele não ter falado para eles e fizeram ele prometer que nunca mais abandonaria Karol e Luna sozinhas.

NO DIA SEGUINTE: 16:30

Ruggero estava ancioso pra falar com a filha como pai pela primeira vez, estava no quarto se arrumando e falando com Cande.

Cande: Então... Quer dizer que você é pai daquela pirralha de ontem?!

Ruggero: Sim, e não chama ela de pirralha! O nome da é Luna.

Cande: Que seje, mas então você vai ter uma relação com aquela idiota pra toda vida?

Ruggero: Com a Karol? Sim, temos uma filha... Não posso mais abandona-la meus pais vão garantir isso! Amanhã de noite tenho show e quero convidar as duas para irem, ingressos grátis! 

Cande: Posso ir também?

Ruggero: Desculpa amor mas eu só tenho 2! Bom, eu já vou indo, não quero chegar atrasado e quero comprar alguma coisa para Luna hoje! Tchau Amor! *Dou um selinho nela e saio*

50 minutos depois... Com Karol:

Karol: Está pronta filha?!

Luna: Quem estamos esperando mamãe?

Karol: Uma pessoa que quer se aproximar de você.

Luna: amm, ok! Sim, estou pronta.

*Alguém toca a campanhia*

Ruggero: Oi Karol! 

Karol: Oi Ruggero! 

Ruggero: *cochicho para Karol* Me diz, Luna gosta de chocolate?

Karol: Gosta sim! De todos os tipos menos de 50% a cima de cacau! 

Ruggero: Ótimo, então... Esse é pra você! Sei que seu chocolate preferido é ao leite! Ainda é?

Karol: *surpresa* Am... É sim...

Luna: Mamãe, quem tá na port... Você? O que está fazendo aqui?

 

 

CONTINUO???


Notas Finais


Espero que tenham gostado!


Beijoooo❤️📖😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...