História O idiota do meu melhor amigo - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amigos De Infancia, Amizade, Amor, Colegial, Família, Melhores Amigos, Mudanças, Nerd, Popular, Segredo
Visualizações 210
Palavras 1.157
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura ;-)
Acho que vocês vão gostar desse cap 😂😉

Capítulo 22 - Capítulo 21


Fanfic / Fanfiction O idiota do meu melhor amigo - Capítulo 22 - Capítulo 21

Pov Emily

Os dias foram passando e toda aquela história de baile caiu no esquecimento, na verdade, eu pensei que havia caído no esquecimento.

Zack falava comigo normalmente, isso me deixava ao mesmo tempo feliz, por tudo voltar ao normal e triste por não ter mexido com ele da mesma forma que ele mexeu comigo. O baile parecia ter sido só uma coisinha boba para ele, até que eu descobri o contrário.

Estava indo calmamente até minha aula de matemática, era quinta-feira, o primeiro jogo de basquete dos meninos que eu ia ver seria no domingo e eu estava super empolgada para ver o Zack jogar.

Depois de ir até meu armário pegar meus livros eu segui por um atalho, para chegar mais rápido a sala e acabei ouvindo uma discussão, sei que eu deveria ter ido embora e não parado para ouvir, mas não consegui quando descobri QUEM estava discutindo.

- Você está me evitando desde o baile Zack! Não me visita mais, e nem sai comigo como antes, poxa você nem me beija direito! - Crystal parecia muito zangada mas fazia uma voz manhosa parecendo triste.

Me escondi atrás de umas latas de lixo no início do corredor, não me orgulhava disso mas queria saber o que tinha com o Zack. Percebi que ele estava mesmo afastado dela, mas pensei que fosse ela que não quer ficar perto quando eu estou junto.

- Crystal... Eu... - Zack mexia no cabelo sem parar, ele sempre fazia isso quando estava nervoso. - E-eu não posso mentir mais para você.

- An... Do que você está falando? - Ele segurou as mãos dela e eu prendi a respiração, ele não vai fazer o que eu estou pensando né?

- Eu, fiquei com outra garota no baile. Eu a beijei, duas vezes. - É ele fez sim. Tampei minha boca com as duas mãos, ao mesmo tempo espantada e curiosa com o que ela iria fazer.

- Ah... - Ela soltou as mãos das dele e se virou de costas, depois se voltou para ele de novo sorrindo. - É... Tudo bem, foi... Só um deslize né? Um errinho bobo, nem foi importante, vamos só esquecer.

Crystal tentou se aproximar e o beijar mas Zack a segurou se afastando.

- Não Crystal, foi importante para mim. Eu... Não consigo parar de pensar na... Garota. Não tiro ela da minha cabeça um segundo. Ela apareceu como um anjo, um lindo anjo da noite e senti que foi especial o que eu e ela tivemos. Não acho que isso seja justo com você... Por isso, acho melhor nós...

- ESPERA AÍ! Você vai terminar? Comigo? - Eu estava completamente paralisada.

- Crystal, você tem que entender...

- NÃO! QUEM TEM QUE ENTENDER AQUI É VOCÊ! Você fala que me traiu, que quer terminar, e quer que eu fique como? "Ai fofinho, obrigada por ser tão legal me dando esse pé na bunda, sei que seremos grandes amigos!" O CARALHO! - Ela parecia uma louca gritando, sorte que os corredores estavam vazios. - Já não basta eu ter aguentado você e sua amiguinha VAGABUNDA  o tempo todo...

- Não fale da Emily Crystal, você não tem o direito de falar nada sobre ela. - Ele a interrompeu.

- Você não vai terminar comigo de jeito nenhum! - Ela começou a bater nele porém Zack segurou seus pulsos.

- Quer saber? Eu já terminei Crystal. Tchau. - Ele a soltou e saiu andando para o lado contrário ao que eu estava, eu continuei parada em choque.

- VOCÊ VAI SE ARREPENDER! - Crystal parecia que ia explodir. - EU VOU TRANSFORMAR SUA VIDA NUM INFERNO SEU BABACA!

Saí do meu transe, virei e corri pelo outro corredor antes dela me ver, entrei na sala de matemática, o professor já estava lá, sorte que ele me deixou entrar atrasada sem problemas, sentei no meu lugar tentando não parecer completamente chocada e eufórica.

ELES TERMINARAM!

Será que eu sou uma pessoa ruim por estar meio feliz?

Nem tive tempo para pensar nisso quando a princesa do mal, vulgo Crystal, entrou bufando na sala, bateu a porta e foi até seu lugar.

- O que é isso Srta Britmore? - Crystal o fuzilou com o olhar e o professor virou para a frente, acho que até ele tinha medo dela. - Tudo bem, primeiro foi a Srta Jones, agora você, vocês jovens tem que aprender a ser mais pontuais!

Crystal me encarou soltando fogo, parecia que ela estava analisando minha alma, não abaixei o olhar como eu sempre fazia no passado, dessa vez eu a encarei nos olhos que faiscaram de raiva e um pouquinho de surpresa por eu não me encolher.

Depois de uns 15 segundos me encarando ela bufou novamente e se virou para frente olhando para o professor.

Soltei o ar que eu nem sabia que tinha prendido e abri meu livro, tentando me concentrar em algo para não desmaiar.

(...)

- Você só pode estar de brincadeira! - Nath gritou assim que contei a história toda.

Eu liguei para elas assim que cheguei em casa, já que não havia as encontrado na escola, e nem ao Zack, pelo que parece ele matou as três últimas aulas e o último treino de basquete.

- Me diz que a Barbie arrancou os próprios cabelos de raiva! - Leah pediu.

- Não chegou a esse extremo mas estava perto.

- Sabe o que significa né Emily? - Nath perguntou.

- Era para eu saber? - Me joguei na cama com o celular.

- As vezes nem parece que você é tão inteligente! Significa, que ele não para de pensar na garota do baile! Ou seja, em você!  

- E agora ele provavelmente vai começar a procurar a "garota do baile" pela escola, sabe, agora que está livre do domínio de Satanás.

- Credo Leah!

- Para de defender ela! Você mais do que ninguém sabe que ela é o demônio de salto. - Leah riu e eu não me aguentei. Mas sabia que era errado rir, mesmo da Crystal.

- Foco vocês duas! Não entenderam? Olha só que perfeito, a Leah vai sair com meu irmão amanhã, QUANDO você contar ao Zack que era você Emily, vocês vão namorar e nosso grupinho vai ficar perfeito!

- Para de viajar Nath. Eu não vou namorar seu irmão, mas concordo sobre a parte da Emily. - Leah disse. - Você devia contar a ele.

- Já que vocês insistem tanto vamos fazer o seguinte, conto para o Zack que eu fiquei com ele no baile no dia que a Leah começar a namorar com o Ross.

- Mas isso não é justo! - Leah gritou indignada.

- Feito! - Nath gritou. - Viu Leah? O destino deste casal está em suas mãos!

- Cala a boca Nath! - E ela desligou.

- Será que ela ficou mal?

- Não, é só birra dela. Esse namoro vai sair antes do que você pensa dona Emily, ai você vai ter que contar tudo para o Zack! - Nath cantarolou.

- Vamos ver então. - Disse acreditando mais na teimosia da Leah do que na insistência da Nath.


Notas Finais


Vocês querem que eu escreva um cap contando o encontro da Leah e do Ross? Ou eu pulo logo para o jogo de basquete?
Comentem please ❤
Até semana que vem. 💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...