História O Idiota do Meu Vizinho e Grandes Problemas (Jungkook) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 32
Palavras 1.848
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooi meus amores ❤

Trouxe mais um capítulo pra vocês, espero que gostem e boa leitura ❤

Capítulo 3 - Apaixonada por Hoseok?


Fanfic / Fanfiction O Idiota do Meu Vizinho e Grandes Problemas (Jungkook) - Capítulo 3 - Apaixonada por Hoseok?

Depois que Jungkook finalmente saiu de casa, agradeci mentalmente, então sai também, logo trancando a porta e indo até o elevador que não demorou muita para chegar. Em poucos minutos já estava no térreo, sai do elevador e segui até o portão o abrindo e vendo Hoseok parado do outro lado da rua me olhando, e em seguida vindo até mim.

- Você está bonita. - sorri timidamente e nos cumprimentamos com um abraço e um beijo na bochecha.

- Obrigada, você também está. - ele sorriu, como forma de agradecimento talvez - Aonde vamos? - perguntei um tempo depois de começarmos a caminhar.

- Vamos numa cafeteria que tem aqui perto, e depois vamos naquele parque novo. - Hoseok dizia com seu sorriso maravilhoso nos lábios, e acabei sorrindo também. - Se você quiser, óbvio. 

- Por mim tudo bem. - Hoseok sorriu novamente e logo percebi que já estávamos na frente da tal cafeteria. - Perto mesmo em. - sorrimos novamente e entramos na cafeteria, fomos até um canto do local e nos sentamos, então surgiu um grande silêncio que logo foi quebrado por uma garota que trabalhava ali, ela anotou nosso pedido num caderninho e deu um pequeno sorriso antes de sair.

- Desculpa perguntar, mas, por que você saiu da casa dos seus pais? - antes de lhe responder, soltei um longo suspiro. - Se não quiser falar sobre isso, tudo bem. - colocou uma de suas mãos sobre a minha que estava em cima da mesa.

- Você sabe que a minha relação com meus pais nunca foi a melhor, e nesse ano as coisas pioraram, eles queriam decidir as coisas por mim, não aceitavam que eu trabalhe como coreógrafa, e esse tipo de coisa. Eu já tava cansada de ter minha vida controlada por eles, então resolvi me afastar um pouco e seguir minha vida,  tudo do meu jeito, como sempre quis. -  Hoseok mantinha toda sua atenção em mim e no que falava, e assim que terminei de falar, a mesma garota de minutos atrás, apareceu deixando nossos copos de café na mesa e nos deixando sozinhos novamente. - Você não tá mais namorando? - perguntei calmamente após ver que ele não estava usando seu anel. 

- Ah, não, faz quase dois meses que terminamos. - quase dois meses e eu só fui perceber agora, ele tirou sua mão de cima da minha e levou até sua nuca, dei de ombros e bebi o café aos poucos, junto com o homem a minha frente, após alguns minutos senti como se estivesse sendo observada ou algo do tipo, então olhei para o lado e quem eu menos queria ver, estava ali, Jeon Otário Jungkook, então revirei os olhos. - Vou pagar os cafés e a gente já vai pro parque ok!? - assenti depois que Hoseok insistiu em pagar meu café, me levantei, peguei minha bolsa e meu copo que ainda tinha café lá dentro e fomos até o caixa, depois de Hoseok ter pago tudo, saímos do local. 

Caminhávamos calmamente e sem falar nada até o parque, e depois de longos minutos já estávamos na frente do mesmo. Após pagarmos o ingresso para entrar e comprarmos algumas fichas - para ir nos brinquedos - entramos no local, os olhos de Hoseok brilhavam e ele tinha um grande sorriso em seu rosto, parecia uma criança. 

                 {...}

Já estávamos na frente do prédio que moro, Hoseok não queria que eu ficasse andando sozinha e veio até aqui comigo, dei um abraço nele e ele retribuiu, quando me virei para entrar, Hoseok segurou meu pulso e me puxou selando nossos lábios, fiquei sem reação e apenas retribui, nos separamos e sorrimos juntos. 

Assim que sai do elevador, me deparei com Jungkook parado na frente da minha porta com os braços cruzados.

- Da licença Jungkook. - disse educadamente enquanto pegava a chave na bolsa, e o garoto nem se mexeu. - Eu pedi licença, tá surdo? - Jungkook sorriu e saiu da frente, abri a porta e rapidamente o garoto entrou em casa.

- Não gostei daquele homem. - revirei os olhos e sorri ao perceber de quem ele estava falando. - É seu namorado? 

- Não te interessa, agora sai da minha casa. - disse já sem paciência, Jungkook se levantou e veio até mim que estava parada na porta, parou na minha frente e levou seu rosto até  meu pescoço, me deixando meio arrepiada.

- Eu não gostei nem um pouco dele, e não quero mais ver vocês juntos. - sussurrou em meu ouvido e saiu.

Após trancar a porta, joguei minha bolsa no sofá e fui até o quarto, me jogando na cama e falando coisas sem nexo. Levantei e fui até o guarda roupa, peguei meu pijama e o vesti, logo me deitando novamente e em pouco tempo,  pegando no sono.

                 {...}

Acordei no mesmo horário de sempre, fui até o banheiro e fiz minha higiene matinal, vesti uma roupa qualquer, e fui para a cozinha, após tomar meu café, peguei minhas coisas e sai de casa. Segui o caminho de sempre, e sem encontrar Jungkook dessa vez, e por falar em Jungkook, aquilo que ele havia falado ontem, não saia de minha cabeça, será que ele teria ficado com ciúmes? Ou ele não gosta de Hoseok porque já tiveram problemas um com o outro? Várias perguntas martelavam em minha cabeça. Sai de meus pensamentos quando percebi que já havia chegado onde trabalho. 

Entrei indo diretamente pra sala, encontrando Hoseok dormindo num dos cantos, soltei um pequeno sorriso e deixei minha mochila no chão, indo até Hoseok e me abaixando ao seu lado. 

- Ei, acorda. - disse meio baixo -Coisinha linda, acorda.

- Agora sim. - disse animado enquanto abria os olhos, dei um tapinha em seu braço e me levantei junto com ele, que em seguida me puxou logo me beijando, eu então retribui mas logo me afastei, deixando Hoseok meio confuso talvez.

- Aqui não, tem câmeras por todo lado e você sabe oque acontece se alguém ver. - Hoseok fez um biquinho, e me puxou novamente, mas dessa vez apenas me abraçou.

- Então nos outros lugares pode né? - sussurrou um pouco sexy, me deixando arrepiada, maldito Hoseok. 

- Nos outros lugares pode. Agora foco no trabalho, daqui a pouco o pessoal chega. - me soltei de seu abraço e sentei ao seu lado, enquanto mexia em meu celular e esperava os alunos chegarem. 

Já se passavam das oito da manhã e nenhum aluno havia chegado, estava ficando meio preocupada e cansada de esperar, então Julia, uma das garotas que trabalham ali, apareceu na sala, me fazendo levar um susto.

- Ah, vocês estão aqui. As aulas de hoje foram canceladas, não sei por qual motivo, só pediram pra mim falar isso. Nós já avisamos os alunos, e vocês estão dispensados. - Julia saiu da sala, nos deixando sozinhos, estávamos confusos, mas apenas assentimos, e pegamos nossas coisas, logo saindo dali também. 

- Vai fazer alguma coisa agora? - perguntei quando já estávamos ao lado de fora, Hoseok negou com a cabeça e colocou suas mãos no bolso da calça de moletom que usava, como pode ser tão sexy e tão fofo ao mesmo tempo meu Deus? - Se quiser, podemos ir pra minha casa, assistir algum filme, ou fazer alguma outra coisa. - sorri timidamente.

- Que outra coisa? - disse num tom de malícia, então revirei os olhos e dei um tapa em seu braço. - Ai, isso dói sabia? - passou a mão no local que bati.

- Cala a boca seu pervertido, e isso nem dói. 

- Então vem calar. - me aproximei dele e dei um beijo rápido. - Só isso? - cruzou os braços e ficou emburrado.

- Sim, só isso. Agora vamos logo. - Hoseok sorriu e passou seu braço por minha cintura enquanto caminhávamos.

Ultimamente nós nos aproximamos bastante, Hoseok é um cara legal, gentil, é bonito, é com certeza um pedaço de mal caminho, confesso que faz alguns meses que venho sentindo algo diferente por Hoseok, queria que fossemos algo a mais do que amigos, e pelo que percebi, ele também parece querer o mesmo. Talvez eu esteja apaixonada por Jung Hoseok, e isso era oque eu mais temia, ficar apaixonada novamente, já que toda vez que eu me apaixono por alguém, acabo me ferrando no final. Saio de meus pensamentos após escutar Hoseok me chamando.

- Rafaela. Ei, Rafaela coisa mais linda do mundo, tá pensando no que em? Não sei se você percebeu, mas a gente já chegou. - caramba, que rápido.

- A-ah, nada não, vem. - o puxei e entramos no elevador, Hoseok me abraçou por trás e nos virou de frente para o espelho.

-Nós formamos um casal bonito, não acha? - deitou seu rosto em meu pescoço e deixou um beijo ali.

- Não acho, eu tenho certeza. - sorrimos e logo o elevador parou no meu andar, quando nos viramos, vi Jungkook parado ali, ele revirou os olhos e entrou no elevador enquanto eu e Hoseok saímos. Peguei a chave na mochila e abri a porta, após entramos a  tranquei novamente e deixei minha mochila num canto qualquer. - Liga a tv aí e procura algum filme pra gente, enquanto isso eu vou fazer pipoca. 

Hoseok assentiu e fui ligar a tv, enquanto eu fui para a cozinha. Após alguns minutos, senti os braços de Hoseok em minha cintura e sua cabeça em meu ombro.

- Sabia que seu cheiro é muito bom? - sussurrou e afundou seu rosto na curvatura de meu pescoço. 

- Sabia que você é muito maravilhoso? - sorrimos juntos e então me virei de frente para Hoseok que em segundos atacou meus lábios num beijo calmo, ele pediu passagem com a língua e eu cedi, ele apertava fortemente minha cintura durante o beijo me fazendo arfar, levei uma de minhas mãos até sua nuca o puxando para mais perto, o beijo já estava ficando mais intenso, e a falta de ar já estava presente, mas escutamos a campainha tocar, nos afastamos e soltamos um suspiro pesado. Fui até a porta e abri a mesma, vendo Jungkook ali com os braços cruzados e uma cara nada agradável. - Oque você quer? 

- Esqueceu do que. - parou de falar e então percebi Hoseok atrás de mim. - Ah, nada não, deixa pra lá. 

Ele saiu e então fechei a porta, Hoseok foi para o sofá e eu fui para a cozinha pegar a pipoca, logo voltando pra sala e me sentando ao lado de Hoseok após fechar a cortina. Assistíamos o filme enquanto comíamos a pipoca, deitei minha cabeça no ombro de Hoseok e ele ficou mexendo em meu cabelo.

Acabamos assistindo mais de dois filmes, oque fez ficarmos ali o dia inteiro. Já estava ficando tarde, então Hoseok decidiu ir embora, fui com ele até o elevador e antes dele entrar lhe dei um beijo calmo que logo foi retribuído e voltei até a porta de casa, percebendo Jungkook parado na frente de sua porta me olhando. Esse menino sabe exatamente quando saio, ou quando tô chegando em casa, deve ter algo ou alguém que avisa ele, só pode.










Notas Finais


Já tô shippando Rafaela e Hoseok, é isto. E vocês, shippam esses dois? 👀

Espero que tenham gostado e até domingo que vem 💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...