História O idiota do meu vizinho (Imagine Park Jimin) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, TWICE
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Tzuyu
Visualizações 118
Palavras 1.024
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


KSKSKSKS
" Eu deveria chamar a polícia"
"Suba na moto (...)"

Capítulo 4 - Kim Taehyung


Fanfic / Fanfiction O idiota do meu vizinho (Imagine Park Jimin) - Capítulo 4 - Kim Taehyung

Acordo, 8:00 am queria fazer de conta que a cena de ontem nunca aconteceu mas que grande merda. Mas que cheiro é esse? Parece café. Quem estará na cozinha ? E Yoko? Cadê essa gata. Oh Meu Deus alguém invadiu minha casa! Deve ser Tzuyu, mas não seria possível. Quem está na minha cozinha?! Como entrou alguém aqui? É o que me pergunto. Eu tenho que me levantar, preciso criar coragem e ir ver quem é, mas o que... Ouço a maçaneta da porta abrir! É Jimin, com uma bandeja! Boqueaberta com que vejo, que diabos está fazendo aqui esse garoto? Eu não acredito que ele invadiu minha casa! 

Jimin:

-Bom Dia, flor do dia. Primeiramente me desculpe invadir sua casa, eu sei que quer me matar agora mas não foi de todo mau assim. Sua gata estava no meu quarto, e eu vim aqui traze-la e claro aproveitei e fiz seu café. 

S/N:

-Você invadiu minha casa! Eu deveria chamar a polícia! E como entrou aqui? 

Jimin:

-Eu entrei pela janela, você não é muito esperta, a deixou a aberta.

S/N

-Isso não dá direito de você entrar e invadir minha casa. Você é maluco! Eu não posso acreditar que ele fez isso. Mas o café estava bom, ele caprichou porém, eu ainda estou furiosa com ele. Não sei o que se passa nessa sua cabeça. Eu o observo, pego a xicará e tomo um gole de café que estava sobre a bandeja. Ele me olha de um jeito estranho, sentado na beira de minha cama, ele fixa seus olho em mim e  me assusta. Eu não consigo parar de olhar também. Ele me deixa corar, instantaneamente. 

-O que foi ? Você está me olhando demais sabia? Possuo algo de errado? Qual o problema Park Jimin?

Jimin:

-Me desculpe não queria constrage-la, é que eu achei fofo seu pijama, me perdoe por o ocorrido dos seus peitos - ele sorri 

S/N:

-Você já tá me zuando? Tem noção de como quero te acertar agora, invade minha casa pra ficar me zuando a essas horas. Eu não tô acreditando nisso. Franzo os lábios e ele me observa.

 Jimin:

-Eu...

Ele estava se aproximou demais, ele estava quase me beijando, isso é errado demais, ele estava vindo até mim da ponta da cama, estava me levando pra cabeçeira da cama. 

S/N:

-Não Jimin!!!! Saia agora vamos nos atrassar seus amigos ou sua namorada devem estar te esperando. Me deixe! Eu não posso, não podemos. Entenda. Saia !! -Falo um tanto agressiva!  Mas não é possível que ele tenha feito tudo isso! Desde entrar aqui,trazer Yoko e me preparar café sem eu ao menos pedir. Simplesmente por vontade própria.

Jimin:

-Está bem, me perdoe

Ele sai de lá envergonhado, ele ia pular a janela de novo. 

S/N:

-Ei, espere! Vá pela porta eu abro pra você. 

Jimin:

-Ah eu vou por aqui mesmo, até mais S/N. 

Depois que ele se mandou pela janela, todo envergonhado, eu me vesti correndo, peguei minha bolsa e sai me despedindo de Yoko. Droga vejo o escolar, -Para aí !! Eiii para, porfavor!!! Eu grito tentando para-lo. Mas é claro que não iria parar, que ódio eu senti. O pessoal grita "-Até mais S/N". Eu sempre acabo me atrassando, droga Park Jimin. Vejo o carro de Jimin, ele está com sua turminha como sempre. O Trio de sempre, Park Jimin ( o pateta do meu vizinho, Jeon Jungkook e Min Yoongi. Os três mosqueteiros, são uns patetas. O único menos imbecil e Yoongi, ele mora com sua Omma em um partamento aqui em Busan. Ele vive distante em seus pensamentos. Ele sempre acaba dormindo na aula, ele é popular assim como Park Jimin e Jeon Jungkook. As outras garotas morreriam pra ficar com ele. Jeon Jungkook é o mais pegador, ele é o que sempre troca de namorada, assim como troca de sapatos.

Jungkook:

-S/N corre, se não vai se atrassar boneca. Até dariamos uma carona mas o carro já tá cheio, e você não se importa de ir andando né? *risadas*

Jimin e eles parecem sorrir, sombando da desgraça aleia ao contrário de Yoongi que está no banco de trás com seu fone de ouvido e seu celular, aceleram o carro e vão sem ao menos olhar pra trás. O Jimin de sempre voltou, o de hoje cedo era tão diferente. Vou ligar pra Tzuyu. Ligando... droga! Só cai na caixa de mensagem. Alguém se aproxima com uma moto. 

-Ei? Você tá indo pra busan foreign school? Eu sou Kim Taehyung.

S/N:

-Prazer eu sou a S/N, estava indo pra lá agora mesmo, mas perdi o escolar. 

Ele retira o capacete e eu quase caio pra trás. Que homem é esse? Nunca o vi antes. Algum tipo de Deus grego coreno?! Bem eu não sei o certo.

Taehyung:

-Trágico, anda suba na moto, eu te levo! Se segure, pode segurar forte se estiver com medo. 

S/N;

-Não, eu não posso aceitar. Sim  eu queria aceitar mas eu não poderia. Eu mau o conheço, por mais que eu queira muito subir nessa moto, eu não poderia. Aliás Omma sempre me diz: "-S/N, jamais aceite caronas de estranhos!". De alguma maneira eu pensei nessa frase agora. Mas eu sinto que deveria aceitar sua boa vontade e subir na moto de Kim Taehyung. 

Taehyung

-Eu não estou pedindo, anda suba! Eu quero leva-la! Não recuse a carona S/N. Eu não a deixarei, eu quero que suba e não tente recusar.

S/N:

-Está bem, eu não tenho outra escolha. *sorriso timido* 

Obedeci seu comando, coloquei seu capacete e ele ficou sem, segurei em seu quadril, ele usava uma jaqueta de couro preta, com um moletom por debaixo. Uau, que perfume provocante, eu nunca fiquei tão feliz por ter me atrassado. Jimin é um imbecil disso tenho certeza, dane-se não me importo.

Ele colocou a chave na moto, e deu partida, senti o vento bater fortemente. Fecho meus olhos por um instante, e tento não pensar em Park Jimin, Jeon Jungkook ou Min Yoongi. Naquele momento pensei em mim mesma, e está ali com Kim Taehyung era assustadoradamente incrível, nunca imaginaria que alguém iria me salvar daquela cena em que me encontrara, ali atrassada e humilhada. Realmente ele caiu do céu, Kim Taehyung é um certo tipo de anjo, e disso tenho certeza. 




Notas Finais


Quem diria, um anjo apareceu KKKKKJJ


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...