História Ele é o Idiota Que Eu Amo- Min Yoongi (BTS) - Capítulo 78


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Suga, Yoonie
Visualizações 306
Palavras 1.134
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Droubble, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 78 - 75


Fanfic / Fanfiction Ele é o Idiota Que Eu Amo- Min Yoongi (BTS) - Capítulo 78 - 75

2 Anos Depois 

- Vamos logo s/n! Seu noivo deve está lê esperando

- To indo, to indo- desço as escadas- calma mãe. É uma simples festa- rio de sua situação- o Leandro não iria se importa se nós atrasamos um pouco

- Na verdade iria sim- me viro vendo o Leandro na porta

Sorrio. Vou até o loiro o qual o abraço depositando um selar em seus lábios 

- Como entrou?

- Sua mãe- a olho e a mesma sorrir. Me olhou de cima a baixo- você.. Ta linda- sorrio

- Vamos?- os olhos

- Vamos, vamos sim- minha mãe nós empurra pra fora e tranca a porta

- Nossa dona Cecília. Agressiva- falo

.

.

.

Ao chegamos na festa caminho ao lado de Leandro e minha mãe até os pais de meu futuro marido. Eu conheci Leandro em uma entrevista de emprego, depois de um bom tempo trabalhando lá nós começamos a sair e foi assim que me apaixonei por ele e ele por mim. Paixão... Não amor, amor de verdade, meu amor pertence a uma única pessoa, mesmo depois de todos esses anos não o tirei de minha cabeça. Sinto saudades, de seus beijos, de seu carinho, de seus abraços reconfortantes. De seu cheiro... Um tempo atrás pensava em volta pra Coréia e atrás dele mas eu iria me rebaixa então seguir em frente ao lado de Leandro

- S/n, minha querida- venho até mim cumprimentando com dois beijos na bochecha. Sorrio- como está minha nora? 

- Estou bem- sorrio

- Meu filho- falou o Sr. Borges- me acompanhe um estante- Leandro concorda com a cabeça

- Eu já volto- sussurrou em meu ouvido e depositou um beijo em minha bochecha 

Foi com seu pai

- Minha filha. Por que não vai dar uma volta na festa- falou minha mãe

- Eu vou sim- sorrio 

Pego um bebida em bandeja enquanto um garçom passava por meu lado. No meio do salão escuto me chamarem, olho pro lado vendo o V e Yuna

- Yuna? Taehyung?- os  olho surpreso- o que fazem aqui? 

- Ué... Somos convidados da festa- falou Yuna

- Vocês vieram da Coréia pra uma festa boba como essa?

- Boba? Isso é a inauguração da parceria da empresa de Leandro. Seu futuro "marido"- me olha como se dissesse que eu teria que lê contar tudo- com o Yoongi- assim que o tal nome e pronunciado olho pra ela

- Yoongi?! 

- Sim.. Depois que você foi embora ele passou vários meses trancando

- Quem diria... Logo o Yoongi- fala V debochado 

- Cala a boca. Deixa eu falar- fala Yuna- bom.. Continuando. Yoongi havia se trancado dentro de casa, passou meses sem coloca os pés na rua, sequer da uma olhadinha na janela, só bebendo e fumando, ele ficou cinco dias no hospital por causa do excesso de álcool. Passou uns dias ele apareceu na casa dos meninos e depois sumiu ai agora... Ele apareceu com esse empresa que é bastante famosa na Coréia

- Suga..?- sussurro olhando pra baixo

- Sim. Ele está até aqui. Nesse momento ele deve está conversando com o Sr. Borges e seu filho Leando

- Ah! Mais uma novidade...

- Que novidade?

- Ele tem um filha- falou Tae

- QUE?- o olho- uma filha? Como assim?

- No dia que você havia voltado pro Brasil ele havia ido lá pra casa, ele e o Jungkook começaram a discutir por causa de você por con-

- Arrasando corações hein- Yuna dá um leve cotovelada em meu braço

- Cala a boca também- Tae a olha fazendo bico

- Ta bom, ta bom- apertou suas bochechas. Reviro os olhos

- Fala logo Taehyung- volta a me olhar

- Bem... Ele e o Jungkook haviam discutido por Suga te deixado você ir embora, foi ai que o Jungkook falou que o Suga tinha uma filha...- continuo em silêncio- ele falou que a mãe dá garota morreu alguns dias, ele tá cuidando da pequena, Yuga- sorrir ao falo o nome da filha de Yoongi. Desvio meu olhar dos dois olhando pro limpo piso 

Yoongi? Com filha? Por que ele escondeu isso de mim? Não contou quando estávamos juntos...  Ele é tão... Desprezível 

- Bem...- passo minha mão entre meus cabelos- me conte de vocês- os olhos- ainda estão juntos?

- Ah... Sim, sim- Yuna sorrir. Comprime os lábios ainda sorridente. A morena levanta sua mão mostrando um de seus dedos com um anel dourado

- Sério?- a olho

- Ahãm- sorrir

- AHHH- a abraço-Parabéns- sorrio- cadê a Hyuna?

- Obrigada. Deve ta se comendo em algum lugar com o Jin

- Que isso- rio- eu vou dá uma volta. Talvez encontro eles

- Certo

Me afasto dos mesmos os deixando sós. Andava pela festa até esbarra alguém fazendo o copo que havia em minhas mãos cair. Olho pro copo logo me abaixo pra pega as maiores partes quebrada. Me levanto ainda olhando pro copo

- Me desc- paro de fala assim que levanto meu olhar vendo o Suga- S-suga?- deixo os cacos caírem de novo 

- S/n- sorrir- como anda depois de tando tempo?- continuo o olhando em silêncio- não irá responder?

- E-eu....- suspiro abaixando minha cabeça- com licença- ia volta seguir meu caminho, mas o garoto segura meu braço me puxando pra perto do mesmo- me solta Yoongi..- o olho 

- Você não sabe o tamanho da falta que eu estava de você...- seus olhos se encontram os meus sem os desvia por sequer um segundo 

- Y-yoongi... Por favor- abaixo minha cabeça

- Por que não me deu uma chance de explicar o que estava acontecendo naquele dia?

Suspiro. Tento puxa meu braço mas o moreno o aperta mais em sua mão

- Suga. Ta machucando- tento me soltar 

- Me escute 

- Não quero escutar o que você tem a dizer- o som auto favorecia a nossa conversa deixando apenas ouvinte pra mim e ele

O maior respira fundo. Meu braço e puxado enquanto o garoto me arrasta 

- Yoongi, Yoongi. Me solta! Minha mãe vai me procura 

Suga não dá atenção e continua a me puxa, assim que entramos em um dos cômodos daquele corredor ele fecha a porta e solta meu braço 

- O que você quer?- o olho 

- Conversar

- Mas eu não quero conversar com você- vou até a porta mas o mesmo me puxa pela cintura- me deixe sair 

Minhas costas vão de encontro ao peito do garoto. Respiro fundo abaixando minha cabeça

- Por favor...- sussurrou- Vamos conversa s/n.... Me deixe explicar- me vira de frente a ele enquanto uma de suas mãos segura minha cintura e outra com taça de vinho. Suspiro derrotada ao sentir o garoto aperta minha cintura me trazendo mais pra perto de si  

- Siga em frente...

 

 

 

 

 

 

 

 


 


Notas Finais


Volta com ele sua loucaaa!!!
Olha... Perdia uma chance dessas nada...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...