História O Ignorante e o Gentil - 2Jae - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae
Visualizações 222
Palavras 1.580
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente eu sei que mts de vcs tão ansiosos para a parte da pegação do YoungJae e do JaeBum.

Mas é o seguinte, antes de rolar pegação eu quero fazer treta da mãe do YugYeom com o BamBam e tals... Tem umas porras que eu queria postar antes então sejam pacientes :)

Um dia chega o dia que eles vão se pegar

Boa leitura e Desculpa qualquer coisa

Capítulo 14 - Febre


Fanfic / Fanfiction O Ignorante e o Gentil - 2Jae - Capítulo 14 - Febre

P.O.V YoungJae

Acordei com o despertador, desliguei logo para não acordar o JaeBum. Olhei pra ele vi que o mesmo estava suando muito. Fui até uma gaveta minha e peguei um termômetro, levantei um pouco o braço do JaeBum e coloquei o termômetro em baixo do mesmo. Deixei lá por um tempo.

Ouvi o barulho do termômetro e tirei de baixo do braço do JaeBum, media 40°.

— caralho... — murmurei e olhei pra ele. — será que foi o cansaço? 

Então ele deu um gemido de dor. Eu fui pra cozinha, chegando lá vi o YugYeom.

— oi YoungJae.

— oi. — eu peguei um pano e molhei ele em água fria.

Tirei o excesso da água, dobrei o pano e voltei pro meu quarto. Coloquei o pano sobre a testa do JaeBum e fiquei lá olhando pra ele por um tempo.

Não demorou muito pro YugYeom aparecer.

— o que aconteceu? Ele tá bem? — ele falou olhando preocupado pro JaeBum.

— ele tá com febre. Acho que foi o cansaço, ele tem trabalhado demais ultimamente.

— é verdade... Ele chega em casa 02:00 da manhã todo dia que vai trabalhar.

— eu vou ficar aqui e cuidar dele. Você vai pra sua escola.

— mas é você? Você tem faculdade.

— tudo bem eu faltar um vez.

— okay então.

πxπ

Era 11:56 da manhã quando eu vi o JaeBum abrindo o olho, ele parecia muito ruim e fraco.

— YoungJae... — ele falou tentando se acostumar com a luz.

— hey! Que bom que acordou. — ele tentou levantar mas fez uma expressão de dor, ele resolveu continuar deitado. — fica quieto, você tá com febre. Eu avisei que você tava trabalhando demais.

— eu vou pra faculdade. — ele levantou de vez e eu segurei em seu braço.

— na verdade você vai tomar um banho.

— me obrigue.

Eu saí empurrando o JaeBum pro meu banheiro, entrando dentro do mesmo ele me olhou com cara de emburrado.

— você é um chato sabia? — ele falou cruzando os braços.

— colabora JaeBum.

Ele bufou e levantou os braços para o alto.

— então me ajuda aqui. — ele falou fraco.

Eu peguei na parte de baixo de sua camisa e tirei a mesma de seu corpo.

— pronto.

— a calça também. — eu suspirei e tirei a calça dele.

— não me diga que eu tenho que tirar teu Box também?

— não, isso eu faço sozinho. Vá embora. — ele falou me empurrando.

— já tô indo, qualquer coisa tem uma toalha pendurada do lado da pia.

— tá bom, agora Tchau. — eu saí do banheiro e ele trancou a porta.

Eu deitei na cama e fiquei esperando ele sair do banheiro. Depois de uns 20 minutos ele saiu do banheiro só de toalha que estava amarrada em sua cintura, seu corpo e cabelo estavam todos molhados o que deixava ele com uma expressão sexy.

— eu não tenho roupa limpa.

— ah, eu tenho uma calça e uma camisa que podem servir em você... Mas não posso te emprestar nenhuma cueca.

— tudo bem, só a calça e a camisa está bom.

Eu peguei uma calça moletom cinza e uma camisa rosa e dei pra ele, o mesmo voltou pro banheiro quase se rastejando. Depois ele voltou todo trocado e deitou do meu lado.

— vou pegar um remédio pra você.

— não precisa YoungJae.

— claro que precisa. — ele revirou os olhos e virou para o outro lado.

Fui pro quarto do meu Appa e peguei a caixa de remédios.

— tem que estar aqui em algum lugar. — murmurei procurando dipirona.

— tá fazendo o que JaeJae? — olhei pra trás e vi minha madrasta.

— ah... Eu não sabia que você tava em casa.

— pois estou. — ela falou dando um sorriso de lado.

— meu amigo está com febre, eu queria pegar dipirona pra dar pra ele.

— seus amigos estão aqui?

— dois deles sim. 

— ah eu quero conhecer eles!

— mas um deles tá com febre, e ele não é muito amigável.

— tudo bem. Aliás, a dipirona tá aqui. — ela pegou o remédio que estava na escrivaninha.

— ah valeu. — eu peguei a dipirona.

Fui pra cozinha e coloquei água num copo, então eu vi o YugYeom de uniforme.

— tô indo pra escola. Vê se cuida do meu primo viu?

— pode deixar. — então o YugYeom foi embora.

Peguei o copo com água e voltei pro meu quarto, vi o JaeBum dormindo e o cutuquei com o pé.

— ahn... — ele gemeu de dor. — para com isso dongsaeng.

— levanta pra tomar o remédio. — ele levantou um pouco o corpo.

Eu dei o remédio junto com a água. Ele colocou o remédio na boca e após isso bebeu toda a água. Ele deitou e voltou a dormir.

πxπ

Era por volta de 17:00 e eu tava na sala assistindo Thor, desde aquela hora o JaeBum não tinha acordado. A minha madrasta tava na cozinha preparando algo pra eu e o JaeBum comermos.

— tá assistindo o que? — olhei pra trás assustado e vi o JaeBum com cara de sono enrolado na coberta.

— Thor.

— não gosto da Marvel. — ele falou andando até o sofá e sentando do meu lado.

— como assim? Todo mundo gosta da Marvel!

— eu prefiro a DC.

— sem infância!

— sem infância o caralho! DC é mil vezes melhor que Marvel.

— eu posso te deixar na rua né?

— tô com febre.

— mas você parece melhor.

— continuo tendo febre. — ele cruzou os braços e fez uma cara de emburrada muito fofa. — de qualquer forma... Eu preciso ir pra casa.

— fica aqui mais um pouco! Minha madrasta tá fazendo comida. E eu ainda não terminei de cuidar de você.

— tu já fez o bastante YoungJae. — ele falou bocejando.

— mas eu gosto de cuidar de você. Quando você está doente tu fica manhoso e eu gosto de ver esse teu lado.

— mas eu não. — então minha madrasta apareceu com uma bandeja, ela colocou a mesma entre eu e o JaeBum.

— você deve ser o amigo do YoungJae, muito prazer eu sou a...

— Obrigado pelo lanche, mas eu não estou interessado em saber o seu nome.

— ignorante você né? — ela falou um pouco nervosa.

— conheça Im JaeBum, o garoto mais ignorante que você vai ver na sua vida. — falei com um sorriso na boca.

— acabei de perceber que você fica mais bonitinho com a boca calada. Por que não come um sanduíche? — ele falou colocando um sanduíche na minha boca com tudo.

— Caralho JaeBum. — falei mastigando o sanduíche.

— Im JaeBum, faz um favor e cuide do meu entiado, ele é uma pessoa muito inocente.

— pode deixar, eu vou mostrar pra ele como não ser mais inocente. — percebi no rosto de minha madrasta um sorriso malicioso.

— você fez ela pensar merda JaeBum!!!

— mas era pra ela pensar merda mesmo. — eu corei na hora, minha madrasta saiu da sala rindo. — por que não vai pegar o termômetro pra eu ver minha temperatura?

— folgado você né?

— a casa é sua, não minha. — eu mostrei a língua pra ele e o mesmo revirou os olhos.

Eu fui pegar o termômetro em meu quarto e depois voltei, levantei o braço dele com tudo.

— aí YoungJae!!! — eu coloquei o termômetro embaixo de seu braço e abaixei o mesmo.

— para de reclamar.

Esperamos um pouco e quando o termômetro apitou nós tiramos o mesmo de baixo do braço do YoungJae.

— 36°. — falei um pouco aliviado.

— isso significa que eu não preciso mais dos seus cuidados.

— mas e se você ficar com febre de novo?

— aí eu vou morrer porque o YugYeom não sabe nem arrumar o cabelo direito imagina cuidar de mim.

— não quero você morto, você é meu melhor amigo.

— sou é?

— uhum.

— que pena pra tu. O meu melhor amigo se chama "vai se fuder", eu costumo usar ele quando quero ficar em paz.

— idiota.

— virgem.

— orgulhoso.

— filhinho do papai.

— ignorante.

— gostoso. — eu ia falar algo mas aí percebi que ele tinha me chamado de gostoso, foi aí que eu senti minhas bochechas queimarem.

— não fale esse tipo de coisas JaeBum!!! — falei manhoso e mesmo riu.

— tá bom então.

πxπ

Era 19:00 e o YugYeom tinha acabado de chegar da escola. Ele tava arrumando as coisas pra ir embora com o JaeBum, eu simplesmente fiquei quieto na minha.

Depois que eles foram eu fiquei no meu quarto pensando se o JaeBum ia mesmo ficar bem. Logo recebo uma mensagem no meu Kakao, era o Mark.

@Tuan

— por que não foi pra faculdade? O JaeBum também não foi hoje.

@eu

— o JaeBum acabou dormindo aqui. Hoje ele acordou com febre então fiquei cuidando dele.

@Tuan

— sabe que eu acho que passei por algo parecido com o Jackson... Acho que foi aí que percebi que gostava dele como meu namorado.

@eu

— que mintira!

@Tuan

— o que eu quero dizer é que vocês dois fazem um lindo casal.

@eu

— querido, eu sou hétero.

@Tuan

— querido, depois de ver o JaeBum, ninguém é hetero.

@eu

— que audácia é essa Mark? Tá querendo que eu fale isso pro Jackson?

@Tuan

— foi impressão minha ou senti um pequeno ciúme nessa sua frase?

@eu

— impressão sua.

@Tuan

— sabe que é totalmente errado você ignorar seus sentimentos né?

@eu

— e você sabe que é errado me insentivar a fazer algo que meus pais não aceitam né?

@Tuan

— corrigindo... Seu pai, tua madrasta é de boa.

@eu

— dá na mesma!!

@Tuan

— não dá não querido.

@eu

— tá bom então, eu vou dormir porque eu vou pra faculdade amanhã.

@Tuan

— beleza, a gente se fala na faculdade então.

@eu

— okay, manda um abraço pro Jackson.

@Tuan

— tá.

Sai do Kakao e fechei os olhos, não demorou muito para eu conseguir dormir. Cuidar do JaeBum não é tão fácil quanto parece.

CONTINUA...


Notas Finais


Espero que tenham gostado :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...