História O Imitador - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Jeff The Killer, Lendas Urbanas, Slender (Slender Man)
Personagens Jeff
Tags Creepypasta, Jeff The Killer, Slenderman
Visualizações 31
Palavras 553
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Um pouco sobre o imitador!
Espero que gostem.

Capítulo 3 - Imitador


     “ Quando a gente não pode imitar os grandes homens, imite ao menos as grandes ficções. ”

     — Machado de Assis.

Uma semana antes.

Jeff The Killer não é real.

E isso era o que se passava na mente do imitador. Jeff era uma lenda, alguém que saiu dos abismos mais profundos da imaginação de alguém. E o imitador era fascinado por ele, por sua história, por sua crueldade. Queria entender como alguém tão cruel era tão bem retratado na internet.

O que Jeff faria se fosse real?

Matar. Sim, era isso. Mortes, sangue, cadáveres espalhados pela casa, mutilados. Como nas histórias que circulavam pela internet. Alguns acreditavam, outros não.

O Imitador os faria acreditar no grande legado escrito por sangue de Jeff The Killer. E então, todos vão teme-lo, vão adorá-lo. Ele daria vida ao Jeff, finalmente. Muitos assassinatos pelo mundo foram dados como feitos por Jeff The Killer.

Baboseira. Ele não existia. Eles apenas se aproveitavam da lenda para desviar a atenção de si. Mas não era o que ele faria. Não era o que queria. Ele seria Jeff The Killer.

Mataria em seu nome e faria justiça a essa criação tão fascinante.

Por isso ele jogou água sanitária no próprio corpo e apagou, parte por parte. Tingiu os cabelos com o preto mais escuro que encontrou. Cortou as pálpebras e esculpiu um sorriso aterrorizante nos lábios. Se encarou no espelho e soltou uma longa gargalhada.

Eu sou Jeff The Killer. — Murmurou para o seu reflexo, vendo o sangue escorrer de sua boca recém cortada. — Go To Sleep.

E ali, se olhando no espelho, ele acreditou que era Jeff. E agora, provaria ao mundo que era real.

* * *

O dia do assassinato.

O imitador invadiu a casa pela janela. Seus passos ecoavam pela casa, chamando a atenção da moradora da casa. Ela acendeu a luz ao se deparar com a figura horrenda em sua sala.

— Go to sleep. — Disse rindo feito um louco.

Foi quando a mulher correu para a cozinha. Ele a seguiu, a cercando na pia. Quando, de súbito, se lembrou que não havia levado uma faca. Foi tempo o suficiente para a moradora da casa acerta-lo com um chute na região íntima, o fazendo cair no chão e gemer de dor. Ele pegou uma faca que estava caída no chão.

Ela correu e o imitador foi atrás. Antes que o imitador pudesse pegá-la, ela derrubou a estante encima dele. O vidro de espalhou pelo chão e acabou o cortando. Por pouco, conseguiu se levantar e cravar a faca no coração dela, após algumas tentativas. Foi até a cozinha e pegou uma faca mais afiada, e rasgou um sorriso na cara da mulher.

— Mãe? — Uma voz chorosa e infantil chamou, vinda do quarto.

Pobre criança. Se tivesse ficado mais um minuto em silêncio, o assassino jamais a teria perseguido. O garoto ficaria vivo. O imitador não era tão experiente para saber se tem gente na casa, para ser silencioso e saber procurar.

Ele subiu as escadas correndo, encontrando o menino na cama.

— Go to sleep.

Disse ao esfaquear a criança.

Seu sangue estava por toda a casa. Com o sangue da mulher, escreveu nas paredes " Go to sleep. "

     Todos iriam conhecer a ira de Jeff The Killer.


Notas Finais


E é isso.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...