1. Spirit Fanfics >
  2. O imperador do Caos >
  3. Prefácio

História O imperador do Caos - Capítulo 1


Escrita por: KevinThomas4WP

Notas do Autor


Uma pequena apresentação da nova lightnovel produzida por KlBooks!

Capítulo 1 - Prefácio


Fanfic / Fanfiction O imperador do Caos - Capítulo 1 - Prefácio

A terra estremecia em terremotos inacabáveis, as rachaduras na planície formavam leitos de sangue, e a poeira revestia o ar em uma profunda neblina sórdida e ácida.

Desespero, ódio, amor e medo se reuniam em um único lugar, ardendo como brasas dentro do peito de cada soldado a contemplar a morte, diante de um poder esmagador e absoluto.

Não era o fim do mundo, não, mas a batalha que decidiria o futuro da humanidade.

O grupo dos melhores combatentes que a terra poderia oferecer, juntou-se ao maior exército já criado, para combater o maior dos males ancestrais, o imperador do caos e soberano da maleficência, senhor Caedrus, com a esperança da humanidade pendurada em suas costas.

Depois de batalhas ininterruptas que se alastraram por esplanadas inteiras, os três generais do imperador Caedrus, conhecidos como juízes do caos, foram derrotados, tornando essa a única oportunidade restante de evitar a extinção dos seres humanos.

Era a hora de enfrentar um Deus.

A investida final se deu início. Suas vidas, como também de seus familiares dependeriam somente do resultado dessa batalha, e, com esse pensamento a instigá-los, depois de árduas horas de desolação terrestre, o último ataque foi desferido.

“Impossível”.

Caedrus ergueu seus braços para proteger os olhos daquela luz branca, abençoada e sufocante, pouco podia ver o rosto daquele a ter a audácia de enfrentá-lo.

Seu corpo foi preenchido por uma sensação nunca sentida em seus milhares de anos de vida.

Uma dor em seu peito parecia rasgá-lo de dentro para fora.

“Incompreensível”.

A derrota era eminente, seus músculos começaram a serem enrijecidos, mal poderia balançar a cabeça para olhar o ferimento lhe causado. Palavras anêmicas foram ditas por seus lábios.

“Fui... Derrotado? “.

As palpitações em seu peito cessaram, breves segundos depois, Caedrus se tornou uma impetuosa estátua de pedra a sorrir maleficamente em seu suspiro final.

Aquele de pé em frente à recém formada estátua do Imperador do Caos, ergueu para o alto o troféu daquela sangrenta batalha, o coração de Caedrus, ainda a pulsar entre seus dedos.

A humanidade venceu.

Em meio a desordem, apesar das centenas de corpos espalhados por todos os lados, pulos e alaridos de alegria foram dados, estes estremeceram o terreno acidentado.

Tamanha alegria a enraizar os olhos dos sobreviventes não poderia ser descrita nas histórias.

Para o ato final, o coração de Caedrus deveria ser perfurado.

A adaga prateada e abençoada em magia sagrada fora empunhada pela mão do homem.

Enfim;

Esta perfurou o coração de Caedrus.

[Um breve silêncio...]

E os olhos de todos desacreditaram em suas próprias crenças.

A adaga atravessara o coração de uma ponta a outra, sangue manava de seu interior, mas ele persistia a pulsar vivamente.

Assim que removida, o órgão se recuperou instantaneamente.

Em desespero, foram invocadas pelo maior dos magos presente na batalha, as labaredas do próprio inferno, mas o coração se regenerava mais rápido do que o fogo poderia o queimar.

Insistentemente tentaram o destruir, mas o poder de Caedrus continuava temível e nada conseguia destruir a sua existência.

O sorriso da estátua os causava calafrios, como se zombasse de suas tentativas baldias.

Em nome do futuro da humanidade, o coração de Caedrus se tornou o item mais protegido de todo o mundo, para que este um dia nunca pudesse retornar ao seu peito.

Seu corpo foi carregado para as profundezas de uma caverna escura, essa foi selada por cinco grandes sábios e protegida no decorrer dos anos, pelas novas gerações de cavaleiros.

Uma vez derrotado, todos tinham de garantir que nada, absolutamente nada pudesse interromper o selo de Caedrus, porque se um dia ele novamente despertasse, então...

Seria o princípio do fim.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...