História O Inesperado - Capítulo 47


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alexandre Nero, Giovana Antonelli, Salve Jorge
Personagens Alexandre Nero, Giovana Antonelli, Heloísa "Helô" Sampaio Alencar, Lívia Marini, Wanda Rodrigues
Visualizações 160
Palavras 1.018
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção, Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Rs.. o que demora mais pra eu postar é corrigir e fazer a motangem das fotos é um saco...

Capítulo 47 - Vai pra casa


Fanfic / Fanfiction O Inesperado - Capítulo 47 - Vai pra casa

Helô tinha chegado por volta de umas 18:00hrs em casa, não quis prolongar porque estava bem cansada  e a festa estava chata, só tinha ficado até aquela hora por casa da esposa de Rocha que gostava muito dela, na verdade ela queria estar com outra pessoa.. Assim que chegou em casa tomou um banho e deitou, dormindo logo em seguida. Acordou as 19:30 e deitada viu que seu celular não parava de chegar notificações viu se tinha alguma mensagem de stênio, mas não tinha! viu algumas fotos que foi marcada no facebook e viu que ele curtiu duas fotos, abriu e colocou a mão na testa sorrindo e já imaginando que ele estava puto.. viu que dava tempo de ir jantar na casa dele e foi se arrumar rápido.. tomou banho vestiu um shortinho jeans uma blusa preta de mangas três quartos e com um decote, colada no corpo e uma anabella azul.. deixou os cabelos soltos e fez uma maquiagem leve e foi saindo do quarto.. Já era 20:30 tentou ligar pra stênio e nada.. na terceira vez ele atendeu porque Otaviano ouviu e avisou, pegou no bolso sem ver quem era, pois estava entretido conversando com loretto..

S: Alô quem é?

H: Quem é?! Sou eu stênio! Palhaçada essa onde você está?

S: Alô! Quem é não da pra entender..

H: STÊNIO É HELÔ..(ela falou mais alto pra que ele ouvisse.. ele surpreso olhou o visor do celular.. não acreditando..)

S: Oie helô! Só um minuto.. avisou o pessoal que ia atender a ligação e já voltava..(se distanciou um pouco e voltou a falar..) Pode falar helô! Algum problema?(falou seco e ela ñ questionou por saber o motivo. .)

H: Você estar no bar? Porque não esta em casa jantando com sua família?

S: Tô sim helô! to num barzinho aproveitando o dia assim como você aproveitou o seu.. por que?

H: Sem ironia.. queria saber se você estava em casa porque to indo pra sua casa jantar lá..

S: Que bom minha mãe vai ficar muito feliz! E olha só te pouparei da minha presença..

H: Eu não vou entrar no seu jogo porque sei que você esta puto, mas to te pedindo pra você ir pra casa e me encontrar lá..(helô sorriu porque sabia que ele surtar com o pedido..)

S: Hahaha!..(deu uma risada irônica e disse..) não vou a lugar nenhum vou continuar aqui.. Se você quisesse que eu estivesse lá, teria que ter mais consideração comigo coisa que você não tem nenhum pouco se for só isso tenho que voltar pra mesa que meus amigos estão esperando..

H: Stênio vai pra casa que vou te esperar ouviu..(falava com autoridade com ele..e morria de rir ao ouvir ele puto..)

S: Já falei que não vou! Vai ficar esperando..(estava irritado por ela falar assim..)

H: Eu estou indo pra sua casa! Tenho que te contar uma novidade.. você não quer saber?(plantou a sementinha nele..)

S: Já falei que não vou! Não quero saber de nada..(estava relutante,mas helô também..)

H: Ta bom! To te esperando lá.. não demora te dou 20 min..kk!(desligou o celular não esperando a resposta dele e deixando ele mais puto ainda..)

CHAMADA OFF

Helô saiu rindo de seu apartamento não sabia se ele ia ou não, mas alguma coisa dentro de si disse que sim e foi para o apartamento de dona verônica..

Stênio se acalmou e voltou pra mesa se juntando aos amigos e otaviano logo perguntou..

O:Que cara essa oóh maluco?.. Quem era que saiu pra atender e voltou desse jeito?..kkk!

S: Era helô! Ela me tira do sério.. Ta me deixando maluco mesmo..

O: KKKKK! É! Realmente só ela pra te deixar assim nunca vi! Mas o que ela queria?

S: Disse pra eu ir pra casa que ela estava indo pra lá!

O: E ai?! Ta fazendo o que aqui? Ta todo borocoxô que eu percebi..kk!

S: Vai a merda Ota! Não vou.. ela não quis fica lá, se divertindo com os amigos dela eu também estou agora e  ou ficar..

O: Tô me sentindo usado! Kkk.. Você ta fazendo isso de revide! Kkk! não dou meia hora pra você e acatar as ordens da policial..rs! cuidado que ela pode vir aqui te prender..kkkk!

S: Vou o caramba! Você vai vê se eu vou.. Tá me zuando seu viado deixa eu conhecer a Flávia..kkk! (pediu outro copo de wiske ao garçom e foi servido rapidamente..)

O: Deixa ela fora disso..kkk!

Do outro lado helô chegou no apartamento de verônica e surpreendeu a todos, a receberam muito alegres por ela ter conseguido estar ali..

V: É uma pena stênio não estar, porque hoje ele resolveu sair com otaviano e outros amigos dele, pedi pra ele ficar, mas não adiantou..

H: Fica tranquila dona verônica que daqui a pouco ele chega ai.. Vocês já jantaram ?

A: Não helô! E ainda bem né..kk! deu tempo de você chegar, estávamos todos aqui conversando desse governo que não tem solução

H: Não tem assunto melhor pra vocês falarem não Ana?! porque ninguém merece uns caras como esses no poder..

Henrique: Oie helô!(a cumprimentou com beijo no rosto e disse..) eu disse isso a elas helô..né neném de papai..(ele estava com bela no colo e helô ficou encantada pegando ela no colo..)

H: UHumm que saudade desse cheirinho em casa..! lembro muito da minha sobrinha quando era assim esse toquinho de gente.. né coisa linda..?!(falava com a menina beijando o pescocinho dela a vendo sorrir..)

A: Gostou de você em helô! Já pode levar pra sua casa qualquer dia..kk!

V: Ana..kk! (dona verônica a advertiu sorrindo..)

H: Olha que eu levo mesmo..kk! Você quer ir comigo belinha quer? Ta rindo né coisa gostosa..rs!

Henrique: Papai deixa não né neném?! Sua mãe que é doidinha..

Todos riam com conversa sobre bela... Naquela noite tinha outros parentes ali alguns primos de stênio e outras amigas de dona verônica...

No bar stênio até se esforçava pra prestar atenção na conversar, mas seus pensamentos eram em casa e em helô que estava lá e no que ela queria contar.. Com muita relutância consigo mesmo resolveu que ia embora deixou o dinheiro com ota, sabia que iria ser zuado por ele e loretto depois, mas helô estava tirando toda essa capacidade de importar com as zoações dos amigos, até porque antes ele que fazia isso..


Notas Finais


É bom o apaixonado mesxmo..kkk! Helô vai adorar...haha!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...