História O Inesperado - Capítulo 50


Escrita por:

Postado
Categorias Alexandre Nero, Giovana Antonelli, Salve Jorge
Personagens Alexandre Nero, Giovana Antonelli, Heloísa "Helô" Sampaio Alencar, Lívia Marini, Wanda Rodrigues
Visualizações 329
Palavras 1.617
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção, Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hoje estou de volta a programação segue normal..kk! Só que hoje reduzido... ontem foram 7 fic's que loucura .. hj será apenas 2..

Capítulo 50 - Café da manhã


Fanfic / Fanfiction O Inesperado - Capítulo 50 - Café da manhã

Já quase amanhecendo na manhã de segunda o celular de helô apita, ela tinha esquecido de desligar já que estava de folga.. Rapidamente pegou em sua bolsa que estava na poltrona do quarto de stênio desligando e voltando a se deitar de novo na cama se aconchegando nos braços stênio que se mexia por sentir ela levantando..

S: Já tem que ir..?(falava sonolento agarrado nela..)

H: Não!.. volta a dormir.. estou de folga..(colocou a cabeça no pescoço dele voltando a dormir)

Voltaram a dormir e por volta das 09:30 stênio acordou e ficou observando ela dormir de barriga pra baixo ela tinha o rosto virado pra ele.. Ele alisou as costas dela e os cabelos  aproximou o rosto dela cheirando os cabelos, espalhando beijinhos pelo rosto que ia acordando com um  sorrisinho no rosto..

S: Acorda minha marrentinha linda..rs! (se afastou a olhando)

H: Uhum.. Bom dia! Senhor durão..rs! Acho que foi a noite mais bem dormida desse mês..rs!

S: Eu sou uma ótima companhia pra dormir mesmo..kkk!(viu ela sorrir com o convencimento dele..)

H: É inacrÊ o quanto você é convencido..rs! mas eu falei do colchão e também por não ter que se preocupar  em acordar cedo..

S: Rs! Quer dizer então que dormir agarradinha comigo, ser acordada assim não influenciou em nada?(cruzou os braços e esperou a resposta vendo ela sorrir dele..)

H: Não..kkk!(mentiu, pois gostava de ver a cara dele de bravo e contrariado..)

S: Ok então..(tirou a coberta e já ia se levantando, mas ela o puxou deitando por cima dele e o beijando com um sorriso nos lábios..)

H: Carentee..bravinho..rs!(colocou uma perna em cada lado do corpo dele e começou a beijá-lo e a roçar o corpo nele o queria intimamente já estava com saudades de senti-lo..)

S: Você é uma chata fica me esnobando..(tentou fugir do beijo dela mais ela agarrou o rosto dele o olhando demonstrando o que queria, puxou os lábios dele e enfiou a língua de um jeito ousado na boca dele, dando mordidinhas na nos lábios e no queixo rebolando e sentindo a ereção dele que já estava dura de excitação..)

Helô mordeu o lóbulo da orelha dele e sussurrou em seu ouvido..

H: Quero um café da manhã seu especial e caprichado será que você pode me dar?..rs!

Stênio a virou ficando por cima a ouvindo gemer pelo susto e por ele começar a roçar as intimidades apertou uma das coxas dela que estavam flexionadas... e como resposta sussurrou de volta no ouvido dela..

S: Você...não esta merendo nem um pouco..rs!(retirou a blusa que era dele que ela usava e reparou nos seios dela que tinhas os bicos duro de excitação, stênio vendo aquela imagem sorriu balançando a cabeça em negativa mordendo os lábios em seguida.. Helô gesticulou com a boca "vem" e ele ameaçou ir, mas passou pelo rosto dela a provocando desceu para o colo indo para os seios passando a língua em cada bico e assoprando estimulando aquela área, mas não se demorou ali e foi descendo pela barriga passando o nariz em toda sua pele causando um arrepio por todo corpo dela.. helô agarrou os cabelos dele e arqueou o corpo sabia que ele estava a provocando querendo deixar ela louca de excitação e estava conseguindo. Ela já soltava suspiros longos e alguns gemidos baixinhos.. stênio chegou na cintura e deu uma mordida em cada lado, fazendo ela sorrir por sentir cócegas.. voltou ao centro da barriga com rosto ainda abaixado e a olhou deu sorrisinho safado e continuou seu caminho descendo para intimidade dela e passando o nariz a beijando bem no centro sentindo ela totalmente molhada, ouviu ela gemer mais alto seu nome, colocou a mão em cada lado da calcinha de renda fina e foi arrastando pelas pernas.. assim que tirou beijou os pés dela dando uma chupadinha e uma mordida no dedão a olhando safado..

H: Stêxxnio..chega de provocar vem.. eu mereço sim seu café da manhã..rs!(ele sorriu, mas não deu ouvidos.. abaixou mais uma vez e fez um caminho ao contrário agora com  a língua subindo pelas coxas chegando na virilha chupando com vontade, ela se remexia o corpo todo querendo que ele parasse com a tortura e chupasse direto na fonte, agarrou a cabeça dele com força tentando o puxar para o centro mas ele tirou a mão dela e disse..

S: Eu que mandoo..(ouviu ela xingar ele e sorriu continuando)

Segurou a cintura dela e passou a língua firme pela intimidade dela da entrada até o clitóris em cima, ouvindo ela gritar de prazer..

H:PORRAA..que delicia..(stênio saiu daquela área e ela protestou..)

H: Stênio por.. favor continua ai..(ele balançou a cabeça em negativa sorrindo, chegando no umbigo e colocando a língua fazendo movimentos em círculos a atiçando, ela puxou a cabeça dele e disse..) você ..é..um..filho da mãe..(o viu sorrir..)

S: Eu disse que tinha volta.. kk! Então faça por merecer..(fez ela lembrar da noite que atiçou e parou o deixando com dor..)

Nessa hora helô não deixou qus ele fizesse o mesmo tomou as rédeas e o virou ficando por cima dele, puxou a cueca dele e ele a ajudou levantando o corpo..sentou nas pernas dele e ficou maravilhada com ele todo duro, grande ali só pra ela.

 Ele pra provocar e se fazer de durão colocou uma das mãos atrás da cabeça e a outra na cama, ela espremeu os olhos entendendo o que ele queria.. Fez cara de inocente e se concentrou no mastro dele, fez um sobe e desce com as mãos o apertando de leve, mas  firme passou a língua pelos lábios e olhou ele estava sorrindo abaixou a cabeça o abocanhando sem aviso... chupou a cabecinha rosadinha dele e o aprofundou na boca até onde cabia sendo ajudada pelas mãos, sentiu ele agarrando o lençol e sorriu o retirou da boca e chupou as bolas o vendo trincar os dentes o lambeu da base até em cima e foi passando o rosto pelo corpo dele até chegar em seu ouvido e dizer..

H: É uma delicia te provar...(segurou rosto dele com uma mão e a outra introduziu o pênis dele em sua vagina arrancando um gemido gostoso dos dois.. esperou se acostumar e começou a cavalgar lentamente o vendo prender.. os gemidos mordendo os lábios..

H: Vai.. continuar se fazendo de durão até quando? Uhum.. awhmm...(aumentou a velocidade...)

Estavam com os corpos suados pelas preliminares, helô cavalgar sem parar já começava a sentir as pernas doerem..começou a fazer movimentos circulares e ele não aguentou liberando um gemido colocando a mão na cintura dela..

H: Não pensei que o grande stêxxnio fosse tão preguiçooo..(sentiu ele se mover por baixo acertando um ponto dentro dela..) PorrraA.. ain.. vai stexx.. oohmm...assim... 

Stênio segurou a cintura dela e ia indo estindo com mais vontade a ajudando nos movimetos..

S: CaralhoO.. Essa boceta sua apertadinha me deixa completamente louco ...ooooóh..(passou uma mão pelos seios dela os apertando..) você fez muito por merecer seu café..rs! 

Foi parando os movimentos e virou sentindo que ela já estava cansada da posição saindo de dentro dela...

H: Stêxxnio.. eu te quero todo dentro de mim.. quero gozar.. vem..(viu ele sorrir safado)

Abriu as pernas dela que encaixou na cintura dele e entrou sem aviso vendo ela gritar de tesão..

S: É assim que você quer..uhumm..(estocou com velocidade a vendo se contorcer toda a beijou chupando a língua e abafando os gemidos..)

Stênio desacelerou pra provocar mais uma vez...

H: Creti...nioo...! Stêxxnio conti...nua..uhumm.. ain.. isso não se faz seu cachorro..)

S: Adoro quando você me cha assim me mais tesão...Mas quero ouvir você falar que adorou dormir comigo.. uhumm.. que gosta quando a gente faz esse sexo gosxtoso.. fala..delicia.. fala que sentiu Saudades.. disso ..Ooóh. .. (deu uma estocada mais firme nela)

H: Ai stênio.. gosxxteii...ahwmm..(sentiu ele estocar com vontade..) adoro tudo que faz com esse pau gostoso em mim... 

Stênio ouvindo isso estocou freneticamente fazendo helô arquear o corpo em total desespero.. ela pensava que não era normal sentir tanto prazer assim..helô gozou precocemente e ele sentiu mais não parou querendo levar ela a outro orgasmo..

S: OOÓH....uhmmm.. vem de novo vem...sente como é bom isso helô... (apesar dela ser apertada ele deslizava com facilidade pela lubrificação que ela produzia por estão tão excitada e por ter gozado..)

H: Céusss.. ahwm..ainn.. que gosxxtoso stexx .. nãoo para..uhumm!(helô já falava coisas desconexas..)

S: Vamos juntos.. rghm..(stênio urrou por já sentir ela contrair e apertá-lo dentro de si.. ele pegou as mãos dela levantando no alto da cabeça..) Olha pra mimm..he..lô! (ele queria que ela gozassem assim dessa vez transmitindo nos olhos um do outro a conexão sem igual que eles tinham.. ela estava com a cabeça tombada e ele desacelerou ..)

H: Stêniiooo.. não vou conse..guir.. com você me tor..turando  assim..con..tinua..aaaaaahm.. por favor rir. ..

S: Vai sim.. olha..olha pra mim..(helô o olhou e ele apertou a mão dela estocando rápido e certeiro a levando ao pico do prazer mais uma vez e depois foi a vez dele os dois gemeram alto e depois procuraram a boca um do outro pra se beijarem. 

Aquilo foi experiência nova para os dois, em gozarem olhando nos olhos do outro pra decorar cada expressão enquanto se  completavam.. Ali estavam se declarando que não sentiria isso por mais ninguém ..

Ele continuou dentro dela até relaxarem o corpo, assim que relaxou stênio deitou do lado dela e a puxou para ficar em seu peito..

H: Stêxxnioo.. se a gente continuar assim você vai me matar..rs! ( Helô falava com a voz descompassada ainda pelo prazer sentido..)

S: kkk! Só se for de prazer.. (segurou a por baixo dos cabelos dela levando o rosto até sua boca, helô estava com uma das pernas entre ele e curtiram aquele beijo mais calmo.. stênio parou o beijo e disse..)

S: Preciso te dizer uma coisa..(ela apoiou o queixo e a mão nos peitos dele fazendo um carinho ali.. É esperou o que ele tinha pra dizer com uma expressão seria..)


Notas Finais


Eita que já acordaram pegando fogo na casa de dona verônica. .kkk!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...