História O inesperado acontece- Dramione - Capítulo 9


Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Draco Malfoy, Hermione Granger
Tags Dramione
Visualizações 175
Palavras 1.339
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Violência
Avisos: Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capítulo, semana passada não deu para postar ep porque deu erro e tivemos que fazer tudo de novo ;D

Capítulo 9 - O Jardim


  Depois de darem muitas risadas após Hermione contar o seu sonho, Madame Ponfrey aparece e diz o seguinte:

- Sr. Malfoy e srta. Granger, como não poderei supervisionar vocês toda hora por conta de outros assuntos pendentes, peço que até eu conseguir muletas para o Sr. Malfoy você o ajude a caminhar. E Sr. Malfoy, fique de olho na srta. Granger, pois ela ainda está sobre o efeito do veneno e hoje vocês não vão precisar ir para a aula.

- Sim Madame Ponfrey. – Disse Hermione.

Logo em seguida eles vão para o dormitório tomar banho e trocar de roupa e chegando lá, Draco com ajuda de  Hermione senta em sua cama e fala:

- Granger, pode pegar meu uniforme?

- Sim.

- Obrigado. – Disse ele.

Hermione pensou o quão estranho foi o Draco Malfoy agradecer e depois retribui e vai para o banheiro do andar de baixo tomar banho. 

(...)

 

  Depois de tomar banho Hermione sobe as escadas em direção ao quarto e quando chega, bate na porta para ver se podia entrar e logo recebeu a resposta que sim. Quando abre a porta de depara com Draco terminando de colocar sua capa e logo em seguida ele pega um pente para arrumar seu cabelo ao meio como de costume. Depois que terminam ele se apoia seu braço no pescoço dela e ela enrosca o braço na sua cintura para dar mais apoio. E enquanto estavam no caminho para irem ao Grande Salão tomar café da manhã, Malfoy fala:

- Obrigada por me ajudar, rata de biblioteca.

Na hora Hermione ficou sem graça e um pouco desanimada, e quando Draco percebeu isso lhe disse:

- Desculpa, não era minha intenção te ofender.

- Tudo bem, hehe. – E assim dá um sorriso de canto e um risadinha.

  Quando estavam perto da porta do Grande Salão ficaram pálidos e Hermione disse:

- Preparado?

- Não muito.

  Assim quando aparecem na porta todo mundo para o que está fazendo e fica olhando para a porta, logo Hermione leva Malfoy para a mesa da Sonserina e depois vai para a sua mesa.

- O QUE VOCÊ ESTAVA FAZENDO COM ELE?

- Calma Rony, ele quebrou a perna e a Madame Ponfrey pediu para eu ajudar ele.

- E VOCÊ NÃO ESQUECEU DO QUE ELE FEZ PARA VOCÊ?

- Não foi ele, eu dei a poção da verdade e não foi ele.

  Rony então sem mais argumentos para discutir, fica quieto e depois todos conversam normalmente. Harry disse que Hermione estava pálida e que deveria comer alguma coisa, então quando ela ia pegar um pedaço de bolo, Madame Ponfrey a chama:

- Psiu! Vem cá.

- Oi Madame Ponfrey, precisa de alguma coisa?

- Sim, achei muletas para o Sr. Malfoy, não o estou achando então entregue a ele essa muleta.

- Tudo bem.

- Ah e mais alguma coisa, depois que tomarem café, vão para o jardim para ajudar ele a treinar.

- OK, mas por que o jardim?

- Vocês vão saber na hora haha. – Disse ela com risadinhas.

 

Logo Hermione pega as muletas e leva para Malfoy na mesa dele.

(...)

- E aí Draco, o que fazia com a Granger?

- Quebrei a perna caindo da escada, então a Madame Ponfrey pediu para a sangue ruim me ajudar. 

- E como quebrou a perna?

- Longa história... Depois te falo.

(...)

Na mesa Hermione estava conversando normal com seus amigos quando vê Malfoy pegando uma faca de manteiga e logo os dois começam a rir e se olharem de suas mesas quase se matando de tantas risadas. Ao lado de Hermione estava Gina e ao lado de Draco estava Zabini que se olharam fazendo sinais e dando risadas da situação de seus amigos ao lado. Então depois de se acalmaram Gina pergunta:

- Por que estava rindo e olhando para o Malfoy?

- Depois te conto hahaha. É um pouco longa a história.

  E assim que tocou a sineta para os alunos irem para as aulas, Hermione se despediu dos amigos e Malfoy também. Depois que todos foram para as salas, ela foi até a mesa da Sonserina o ajudar a levantar e disse:

- Se apoie em mim e deixe que eu levo as muletas, é para irmos ao jardim treinar você com as muletas.

- Por que o jardim?

- Também não sei, a Madame Ponfrey que mandou.

  Chegando no jardim, Hermione deu as muletas ao Malfoy e disse para ele tentar andar sozinho, enquanto isso, ela sentou ao banco e quando ele pegou as muletas para andar, não deu nem dois passos e caiu no chão. Depois começou a rir e Hermione ficou sem entender nada.

- Acho que agora entendi o motivo de treinar no jardim. A grama é fofinha.

E enquanto Draco se sentava no chão da grama e Hermione estava rindo, quando ela foi se levantar, sua visão ficou preta e se sentiu fraca. Ela cai no chão e Draco consegue segurar um pouco para ela não se machucar muito com a caída. Hermione logo se levanta e senta no chão e fica pálida, até que Draco diz:

- Respira fundo e relaxa...

Depois de fazer isso ela se sente melhor e agradece. Depois de melhor, o levanta e dá de volta as muletas para ele. Aos poucos ele conseguia andar um passo a mais e então ficaram até meio dia. Depois almoçaram e descansaram por uma hora e meia no quarto conversando sobre coisas aleatórias e muitas risadas, depois treinaram a tarde inteira e Draco já conseguia andar sozinho de muletas, então aproveitando isso Hermione foi na biblioteca conversar com Gina:

- Oi Mione, cansada?

- Oi Gina, não é fácil carregar alguém por um dia inteiro.

- Você e o Malfoy viraram amigos?

- Não necessariamente amigos, mas a gente só deu um “basta” nas brigas... Mesmo que seja impossível não querer dar um soco na cara dele. Até que ele não está tão chato assim, ele até me agradeceu.

- Pera, Malfoy te agradecendo? Conta outra...

- É sério, acho que ele está mudando, bom... ele ainda me incomoda mas nem tanto quanto antes, ele pediu desculpas por tudo.

- Uau, incrível mas estranho. Quem é aquele amigo dele que fica com ele toda hora? É um moreno.

- Ah, acho que é o Zabini, o que tem ele?

- A gente queria saber o motivo das risadas no café da manhã...

- Eu sonhei que ele decapitada a cabeça da Luna com uma faquinha de manteiga.

- Hahaha... Que sonho eim...

(..)

 

Malfoy estava saindo do dormitório quando avista Harry caminhando, na hora em que estavam perto Malfoy fiz:

- Testa Rachada...

- O que você quer Malfoy?

- Eu... quero falar com você.

Na hora Harry fica com dúvidas, pois pensava que Malfoy ia zoar ou incomoda-lo.

- Então fala.

- Eu... quero pedir desculpas... por tudo o que fiz.

- É o que?

- Olha aqui se espalhar para todo mundo vai se arrepender, Potter. – Ele disse por impulso mas depois de respirar fundo se acalmou e esperou por alguma resposta.

Harry fica calado o observando com cara de dúvida franzindo a testa.

- Não vai dizer nada, Testa Rachada? Quer dizer... Potter.

- Olha aqui Malfoy, se for alguma de suas brincadeiras idiotas pare e me deixe em paz.

- Não é brincadeira... Mas... Me desculpa por te zoar todos esses 2 anos e inclusive no dia em que te enfrentei quando fui atacado por aquele bicho imbecil.

- Hum... Tudo bem... – Disse Harry ainda desconfiado.

- Colegas? 

- Sim... Colegas. Você fez as pazes com a Hermione também?

- É. Tá, tchau Potter.

- Tchau, Malfoy.

Harry virou as costas e pensou aí alguma coisa estava errada, ou era um milagre mesmo o Malfoy finalmente pedir desculpas. Logo que estava indo para o jantar, avista Luna e quando a olhou decidiu que amanhã seria o dia de pedir em namoro. Mas antes falaria com Hermione, pois era sua melhor amiga e queria que ela soubesse. 


Notas Finais


Se gostaram comentem para ajudar ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...