1. Spirit Fanfics >
  2. O inferninho da Sakura - Sasusaku >
  3. Carta para o inferninho

História O inferninho da Sakura - Sasusaku - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Carta para o inferninho


Fanfic / Fanfiction O inferninho da Sakura - Sasusaku - Capítulo 1 - Carta para o inferninho

corpo mediano se mechia conforme  o ritmo da música 

Estava adorável vestida com um lindo vestido branco a musica que tocava dava todo o ritmo aos quadris que iam para um lado e para o outro lentamente 

E quando a musica parou, mas a bailarina não, continuo dançando 

Agora sensualmente, descia ate o chão passando a mão por toda a extensão de seu corpo

O sinal vermelho ecoou por todo o palco fazendo a dançarina para rapidamente 

- A musica parou!

Exclamou Sua professora irritada com a ousadia da garota de continuar mesmo após vários avisos 

- Desculpe

Pediu

Não tinha nenhuma lamentação em sua voz apenas um misto de irritação e felicidade 

- Estou cansada de suas desculpas senhorita Senju, com essa sua dancinha você nunca vai chegar ao nível de sua mãe 

A felicidade foi embora e a única coisa que ficou foi a irritação 

- Eu não quero chegar ao nível dela. . .Eu vou conseguir utrapassar esse nível 

Disse firme passando a mão nos cabelos que caiam sobre o rosto avermelhado e suado

- Não me afronte, Já pode ir embora 

- Sim senhorita Mei

Brincou saindo do palco indo ate o vestiário 

E mais uma vez errou, Sakura Haruno mais uma vez fez tudo conforme seu coração mandou 

A mente de Sakura trabalhava a mil para arrumar uma desculpa boa, Avisa sua mãe que mais uma vez fez errado seria muito difícil 

Passou pela grande porta do vestiário onde sua amiga a esperava e olhou ino com um olhar caído 

- De novo você arrasou mas a bruxa não te aceitou

Exclamou abraçando Sakura, que apenas deixou se levar ao aconchegante braços de Ino

- Eu fiz aquilo de novo 

Sussurrou deixando uma lágrima cair

- Tudo bem não e sua culpa, você ama a dança por isso essas essas acontessem 

Realmente não tinha culpa

Não era culpa dela amar tanto a dança e a musica a deixavam tão a vontade que se esquecia de tudo e todos

Quando esta dançando Sakura sente  como se estivesse pairando sobre as nuvens de tão leve que fica o mundo ao seu redor

- Mas chega de chororo desse jeito vai ficar com a cara inchada, e você chorando não fica bonita, ouviu?

- Sasori disse que fico

Riu lembrando a mentirinha que o melhor amigo contou só para a fazer sorri

- ele é seu melhor amigo não vale 

Diz abaixando o fecho do vestido que Sakura usava 

- Claro que vale

Resmungou tirando a maquiagem que usava com um lenço 

- Não mesmo, Ele é seu melhor amigo que se você dizer me come ele vai comer

Sakura a olhou e riu em seguida com o gesto que ela havia feito simulando uma sarrada

Assim que Sakura já estava vestida com as roupas que veio ao estúdio as duas andaram em direção a saída 

Sakura não ficou nem um pouco surpresa ao ver Sasori seu melhor amigo a esperando na porta, como todos os dias

- Sasori!

Correu em direção ao ruivo que abriu do braços esperando o abraço da loira

- Estava morrendo de saudades da minha princesa 

Resmungou ele entre o abraço

- E eu do meu princeso 

- Vocês se viram hoje de manhã 

Exclamou ino fazendo uma careta

- não enche yamanaka 

Falou o akasuna pondo seu braço na cintura de Sakura 

- Calado Akasuna 

Rosnou ino dando um fraco soco no ruivo

- Vocês se amam e tão lindo 

Diz Sakura, os dois que discutiam olhou para ela e começaram a rir

- A única coisa em que parecemos e que amamos você 

Disse ino beijando o rosto da amiga que retribuiu o gesto com um abraço

- amo vocês 

Após deixarem ino em sua casa Sasori e Sakura foram em direção ao apartamento da haruno 

Sasori dirigia pelas ruas de suna tranquilamente ouvindo sua amiga tagarelar sobre como havia ido mal na apresentação 

- Sakura bota uma coisa nessa sua cabecinha, A sua dança é com toda certeza a mais bonita é incrível que todos daquele estúdio viu, você é a única dali que dança com o coração não com a cabeça e isso e lindo 

Sakura novamente estava chorando 

- Obrigada Ruivinho 

Diz beijando a bochecha do ruivo que sorriu em resposta

- não tem que agradecer princesa só disse o que tinha para dizer

Sakura olhou para o amigo como se estivesse vendo um anjo 

Sakura conheceu Sasori quando tinha seus 17 anos, o conheceu em uma boate onde ficou a noite inteira no banco do barzinho 

Após isso marcaram vários passeios é passaram por muitas coisas juntos

- Sabe que te amo né?

Diz assim que o ruivo parou o carro na porta de seu prédio 

- Sério? Nem sabia 

Brincou indo junto de Sakura ate o portão do prédio

- te digo isso sempre como não sabe?

Resmungou dando um pequeno soco no ombro do maior

- Você se irrita muito fácil gracinha 

Riu do bico que Sakura fazia 

- Não quer entra?

- Você tem que descansa hoje deu um show no palco 

- Então tá bom 

Sakura abraçou o ruivo que retribuiu 

- Até amanhã  ruivinho

- Até 

Assim que Sakura entrou comprimentando o velhinho da portaria 

- Senhorita Haruno chegou uma carta para você 

Falou o idoso esticando a mão com a carta 

- obrigado

 Agradeceu pegando a carta olhando a por um tempo antes de entra no elevador

- Em casa eu leio

Resmungou guardando a no bolso de seu moletom

O elevador parou no andar em que a rosada desceria fazendo a sair de seus pensamentos 

Com a chave abriu a porta passando por ela já tirando seus sapatos 

- Vem aqui príncipe 

Chamou o cachorrinho que veio a passos lentos ao seu encontro

- preguiçoso

Resmungou pegando seu filhote de Husky siberiano

Assentou no sofá com o filhote no colo e abriu a carta um tanto surpresa

"Querida Sakura, Preciso que você venha para konoha cuidar dos negócios da sua mãe, Como sabe ela sofreu uma torção no joelho e então não  pode mais dança apesar de vários avisos dos médicos ela não para de andar por ai, dizendo que não vai confiar o clube na mão de ninguém a não ser você peço que venha ajudar seu velho pai.

De:Jiraya

Para:Sakura

- merda







 





Notas Finais


Nova fic❤🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...