História O inferno é rosa - GaaSaku - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Sakura Haruno
Tags Demônio, Gaara, Gaasaku, Inferno, Naruto, Pacto, Sakura, Sakura Haruno
Visualizações 139
Palavras 1.002
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, FemmeSlash, Hentai, Misticismo, Romance e Novela, Slash, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura ❤️❤️

Capítulo 6 - Capítulo VI


Depois do beijo não vi Gaara na festa, e também não o procurei no dia seguinte, me pergunto se o beijo havia sido o suficiente para desestabilizar seus sentimentos.

Ao entrar em seu quarto na  segunda notei que ele ainda dormia, me sentei numa parte vaga de sua cama e me pus a velar seu sono, precisava fazer com que Gaara pensasse que tinha de fato algum interesse, pelo que deu para notar seu coração é mole, ele nunca me trataria mal por isso.

Não demorou muito tempo, logo ele estava despertando devido ao barulho do despertador, e como esperado se assustou ao me ver ali.

— Espero não ter o assustado — Disse forçando um sorriso

— Não assustou, eu apenas não esperava — Respondeu esfregando os olhos — O que faz aqui?

— Tinha vindo para ver como estava — Respondi me aproximando, sentando mais perto dele — Mas quando cheguei você estava dormindo, não tive coragem de te acordar, você é muito lindo enquanto dorme sabia?

Suas bochechas coraram instantaneamente com meu comentário, Gaara não parecia muito acostumado a receber elogios, não parecia ter muita experiência com relacionamento, e eu iria me aproveitar disso logicamente.

— Você precisa que eu faça algo pra você? — Perguntei me deitando na cama

— Não, obrigado — Negou se levantando da cama.

Gaara parecia meio ansioso enquanto andava perdido pelo quarto, parecia tomar coragem para algo.

— O-onde você estava? — Perguntou meio receoso.

Me levantei da cama e caminhei em sua direção, parando a poucos centímetros dele.

— O que foi? Está com ciúmes? — Desconversei, sorri mais ainda ao ver seu rosto novamente se banhar de um tom de vermelho

— Não é i-isso, é que… — Tentou se justificar enquanto se embaraçava nas próprias palavras.

— Não precisa se explicar — Disse segurando seu queixo e me aproximando mais de seu rosto — Irei dar licença para que possa se trocar, acho que você ainda não está pronto para esse tipo de intimidade.

Dei um selinho rápido em seus lábios e sai do quarto o deixando com uma expressão confusa.


✘✘✘


Já não sabia mais o que estava acontecendo, o que era aquilo? Sakura agora iria ficar me beijando? Estávamos em algum tipo de relacionamento? Eu estava namorando uma demônio?

Tentei acalmar meu batimentos, enquanto tentava processar tudo, não estava fácil, primeiro ela some por um dia, não dá notícias nem nada, e depois aparece e me beija novamente? Afinal onde diabos ela tanto vai? Um demônio não devia ter tantos  lugares para ir assim, lembrei que dá última vez ela havia dito que foi na ópera, desde quando demônios apreciavam tanto música clássica assim? Não parecia a cara de Sakura, será que estava mentindo. Eu querer saber disso não é ciúmes certo? É apenas curiosidade humana normal.

Abri o guarda roupa e peguei meu uniforme, precisava me vestir rápido, não podia me atrasar.

Peguei minha bandeja com comida e caminhei até a mesa de sempre com Sakura em minha cola, aquele dia ela estava muito próxima, até mesmo havia recebido uma repreensão durante aula por conversa, Chouji que sentava ao meu lado levou a culpa, mal sabia a professora Kurenai com quem estava conversando de fato.

— O que acha de irmos no cinema hoje? — Propôs acariciando meus cabelos

— Tu-tudo bem — Concordei, não havia forma de negar e eu estava de fato querendo ver um filme em estreia.

— Bom dia — Disse Sasuke ao se sentar na mesa.

Quase não acreditei quando ouvi, ao que tudo indica estava de muito bom humor, ele na maioria das vezes nunca comprimenta.

— Parece que alguém teve uma noite e tanta — Sakura indicou com a cabeça Naruto que vinha logo atrás.

Naruto estava andando de forma esquisita não estava em seu melhor estado.

Ao se sentar na cadeira fez uma careta involuntária de dor.

Comecei a ligar os pontos, me lembrei da estranha conversa que Naruto havia tido com aquelas pessoas na festa e consegui chegar a conclusão óbvia final, finalmente aqueles dois haviam assumido seus sentimentos um pelo outro.

— Gente vocês viram os alunos novos? — Lee chegou contando.

— Que alunos? — Naruto perguntou e soltou um gemido de dor em seguida

— Soube que uma é parente de Neji, as alunas novas quase se matando pelo outro — Respondeu Lee — Mas esqueci seus nomes.

Depois disso ninguém mais falou, apenas continuei a comer minha comida normalmente a espera do sinal bater.

— QUE PORRA É ESSA? — Gritou Sakura alterada.

A olhei assustado tentando entender o que estava acontecendo mas apenas vi Neji sendo seguido por duas pessoas.

Ao se aproximar notei que Neji não tirava os olhos da onde estava Sakura, me lembrei da conversa que havia tido com ele na noite da festa, ele havia revelado que era médium, assim como Tsunade, por um lado gostei de ter me aberto com ele, era bom ter alguém pra conversar sobre meu demônio

Olhei para Sakura para ver se ela havia notado as encaradas de Neji em si, mas ela parecia muito ocupada focando sua atenção nos novatos.

— Vocês já conhecem minha prima Hinata e o Kiba — Neji nos apresentou enquanto os outros dois citados sorriam

Olhei para a demônio ao meu lado, sua expressão não estava nada boa, parecia que mataria alguém a qualquer momento, fiquei confuso com sua reação.

— Eu lembro de vocês — Disse Naruto animado demais, mas parece que logo se arrependeu, fez outra careta de dor e voltou sua atenção a comida.

Olhei novamente para seus rostos e me veio a breve lembrança de ter os visto na festa.

— Parece que seguiu meu conselho Naruto — Brincou Kiba dando uma piscadela pro loiro.

Sasuke olhou para o garoto irritado o que fez com que parece de sorrir.

Abaixei a cabeça ao notar que os olhos de Hinata não saiam de mim, me lembrei que durante a festa ela parecia querer me dizer algo mais foi interrompida por Naruto e Kiba.

— Se precisar de mim estarei na sala 2B no segundo andar — Sakura disse frisando bem qual seria sua localização.

Fiquei confuso sem saber o motivo daquilo mas apenas acenei positivamente com a cabeça.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...