História O iniciar do amor - Capítulo 42


Escrita por:

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Emma Swan, Regina Mills (Rainha Malvada)
Tags Emmaswan, Onceuponatime, Reginamills, Swanqueen
Visualizações 174
Palavras 1.122
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, LGBT, Literatura Feminina, Policial, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 42 - Cap 42


- A sra lembra quando foi a ultima vez que o sr Jones mencionou a má crianção do menor? - Dr Lopez pergunta

- Sim. - Mila me olha - Killian reclama sempre sobre a criação de Henry. Por ser mimado, e por ter vontades. - Mila responde

- Sra Jones uma criança da idade do menor Henry tem suas vontades e pelo que conheço o menor desde que nasceu a sra Swan sempre deu o maximo para cria-lo sem deixar faltar nada. Minha cliente é medica e tem plantões, mas nunca o deixou com babá nenhuma, sempre com seus pais que hoje são aposentados e a ajuda com o menor. Ele é filho unico por isso que a sra alega que o menor é mimado. - Dr Lopez fala

- Mas é malcriado. - Mila fala

- Toda criança tem suas fases. - Dr Lopez a olha - Sem mais perguntas meretissima. - Dr Lopez fala

- Obrigada pela presença sra Jones. - Kriste toma um gole de sua água - Que entre a testemunha da sra Swan. - Kristin fala

Assim que Mila sai Amelia, irmã de Killian entra... 

- Dra Smith faça suas perguntas. - Kristin fala

Dra Stella levanta e anda para perto de Amelia.

- Bom dia, sra Parker. - Dra Stella sorri amigavel - Senhores essa é Amelia Parker Jones, irmã do senhor Jones e uma pessoa intima da senhora Swan. Sra Parker eu irei fazer algumas perguntas, lembrando que a senhora não é obrigada a responder. - Dra Stella olha para o juri e para o concelho e logo volta sua atenção para Amelia - A senhora pode me dizer como é o comportamento do menor na presença do senhor Jones? - Dra Stella pergunta

- Henry é uma criança muito quieta. Ele é muito sociavel e é igual a mãe, quando algo incomoda ele se fecha. É assim quando está com o meu irmão e com o resto da família. Eu e meu marido somos padrinhos de casamento de Emma e padrinhos de Henry. Ele é mais aberto com a gente por conta que somos mais presente que os demais da minha família. Quando Henry foi pra casa dos meus pais antes de viajar com Killian tivemos uma complicação por conta dos irmãos, mas logo ele se enturmou, mas sempre na defensiva. Henry ama o meu irmão, mas depois de ontem... o coraçãozinho do pequeno foi quebrado assim como a confiança. - Amelia responde

- Como consegue ficar contra sua família! - Josy fala

- Estou do lado de quem fala a verdade. - Amelia fala

O falatorio dentro da sala começa e Kristin dá um grito pedindo silêncio. 

- Continue Dra. - Kristin 

- A senhora pode me dizer como é a relação da senhora Swan com o menor? - Dra Stella pergunta

- Emma é a melhor mãe que o Henry poderia ter. Eles são companheiros, sempre grudados. Uma relação linda que é maravilhoso de está presente! Emma sempre deu o melhor para nada faltar para o meu afilhado. Henry tem suas fases como toda criança, mas sempre foi Emma quem estava de frente. Nota vermelha ele fica nervoso pelo medo de decepcionar Emma. Ele mesmo não aceita tirar um 8, porque ele fala que Emma ficará decepcionada, mas ela sempre está la pra dizer que 8 é uma nota boa, mas ele não aceita e ela dá o colo de mãe. - Amelia sorri - O melhor chá pra acalma-lo. - Amelia responde

- O que a senhora acha do relacionamento da sra Swan com a Dra Mills? - Dra Stella pergunta

- Eu não tenho que achar Dra. Minha amiga é adulta e é livre! Henry é feliz com a mãe que tem e é feliz com a Regina. Elas faz os dois felizes e me faz também. Emma sofreu muito com o meu irmão e com a Regina ela é radiante, eu não sou contra, pelo ao contrario. Sou totalmente a favor e faço gosto! - Amelia me olha e sorri - Emma nunca deixará de ser ela mesma por conta de pessoas contra. Elas são humanas e amam uma a outra, não é doença e nem um mal para a humanidade. Elas não influenciam o meu sobrinho a nada, ele até chama a Regina de mãe! - Amelia fala

- Sem mais perguntas meritissima. - Dra Stella fala

- Dr Lankre por favor. - Kristin fala

- Sem perguntas meritissima. - Dr Lankre fala

Amelia sai da sala e logo Kristin se pronuncia...

- Pedirei que aguardem para o aval final. - Kristin fala

Logo levantamos para Kristin sair da sala. Regina levanta e vem até mim e me abraça. Eu tremia nós braços de Regina e a mesma sussurrada dizendo que iria dar certo. Meus pais se aproximam da gente e me dão um beijo na testa. Logo eles voltam para os seus lugares e Kristin entra. 

- Com a decisão do concelho, com o laudo da psicologa. - Kristin olha para Josy e para mim - Declaro hoje essa audiência dada por incerrada que o menor Henry David Swan Jones está sobre guarda toda de Emma Swan. Junto a guarda, a pensão e o afastamento de 100 metros de ditância de Killian Jones a Emma Swan. - Kristin fala

- Isso é injusto! - Josy fala

- Injusto é vocês inventarem e quererem tirar um filho de uma mãe. - Kristin fala

A corte sai e eu permito que minhas lágrimas caíssem. Levanto e vou em direção a Regina e a beijo...

- Ele é nosso! - Regina fala

- Nosso! - Falo chorando

Meus pais abraçam a gente...

- Acabou! - Meu pai fala

Me separo deles e ando até Amelia e a abraço...

- Obrigada! - Falo 

- De nada, agora vamos pegar nosso menino! - Amelia fala rindo 

Saimos da sala e logo ouvimos meu furação gritar uma "mãe". Olho em direção ao grito e vejo meu menino correndo. Me abaixo e o mesmo me abraça com cuidado...

- Você é meu! - Falo

- Eu sempre serei! - Henry fala

Regina se abaixa ao nosso lado e nos abraça...

- Vamos comemorar? - Minha mãe pergunta

- Sim! - Henry responde

Fomos todos para cafetaria com Amelia e o marido e lá encontramos todos da nossa familia assim como a família Mills. 

Estavamos comemorando em família quando um silêncio toma conta e ouço a Regina coçar a garganta e eu a olho... 

- Kristin acabou de chegar com a Cruella... uffa! - Regina fala

Me viro para porta e as vejo. As abraço e agradeço por virem e especialmente a Kristin...

- Fiquem a vontade! - Falo 

- Obrigada! - Elas respondem



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...