História O início - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Star Wars
Personagens Kylo Ren, Luke Skywalker, Rey
Tags Amizade, Drama, Reylo, Romance, Star Wars
Visualizações 284
Palavras 1.439
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Finalmente de volta ❤️

Capítulo 15 - Atração


Fanfic / Fanfiction O início - Capítulo 15 - Atração

Rey já havia se acostumado com Ben, ou melhor, com Kylo na faculdade. Ele era implacável, não era novidade para Rey que ele fosse odiado pelos caras em geral na faculdade, tudo porque ele roubava a atenção das garotas, mesmo sendo um carrasco para tudo e todos.

Rey conseguiu passar em Leis, mas foi por pouco. Ben a tratava como qualquer outro aluno dentro da sala de aula, até mesmo porque enquanto ela fosse sua aluna, não poderia ter qualquer aproximação ou indicação que ela fosse diferente dos outros.

Quando o primeiro semestre da faculdade acabou, Rey estava grata por não precisar mais se preocupar com o fato de se manter na posição ‘professor’ e ‘aluna' com Ben, ele continuaria dando aula na faculdade, mas não mais para o curso dela.

...

No começo da manhã de um sábado comum, Rey estava dormindo tranquilamente desgrenhada e agarrada aos travesseiros de sua cama. Ben dizia que ela roncava, apesar de ela sempre discordar veementemente dessa declaração.

Rey remexeu em sua cama quando escutou uma voz no fundo do seu subconsciente chamando-a, ela reconhecia aquela voz em qualquer lugar, era de Ben. Ela sorriu ao vê-lo em seu sonho, ele estava inclinado segurando o rosto dela pronto para beija-la. Rey fez beicinho, pronta para receber o beijo, até algo puxar o pé dela com força e fazê-la acordar abruptamente. Rey acordou com um grito, de cabeça para baixo, enquanto Ben segurava-a pelo calcanhar.

“Puta merda hein... difícil te acordar pirralha.” Ben disse com diversão, olhando-a se contorcer pelo calcanhar.

“Que porra está fazendo Ben?!” Rey viu como ela era pequena em relação a ele, ela sempre soube, mas nesse momento foi humilhante.

“Estou tentando te acordar a 15 minutos.” Ele disse jogando-a na cama de volta sem nenhum cuidado, se divertindo do estado matinal dela.

“Tinha esquecido que você é um monstro.” Rey disse empurrando o peitoral de Ben que estava na beira da cama dela com os pés. Ben riu vendo Rey limpando a baba seca no canto da boca e ajeitando o cabelo desesperadamente.

“Estava sonhando com quem? Você estava murmurando umas coisas e fazendo beicinho.” Ben provocou vendo a expressão dela irritada e corada.

“Você é um babaca Ben Solo! Sua mãe me alertou que você poderia herdar esses genes do seu pai.” Rey se levantou bruscamente.

“Eu não sou parecido com o velho idiota.” Ben cruzou os braços no peito, seguindo-a com os olhos, ainda se divertindo com a irritação dela.

“Você que pensa! Tem muito do seu pai em você.” Rey sabia que mesmo Ben nunca admitindo, Han e ele tinham muito em comum quando não estava sendo Kylo Ren. Rey olhou no relógio digital na cabeceira de sua cama que marcava 6:00 am. “Puta que pariu Ben! Por que você me acordou esse horário no sábado?!” Rey falou não dando chance para Ben falar antes.

“Você vai na academia comigo hoje. Vamos usar essa sua força em algo promissor.” Ben disse fazendo Rey fazer careta e gemer em desgosto.

Quando Ben estacionou na academia Rey realmente pensou que esse era um momento que queria matá-lo. Qual humano na Terra estaria por livre e espontânea vontade na academia essa hora no sábado? 

Ben entrou na academia ‘Fett' e Rey o seguiu. O proprietário estava arrumando alguns aparelhos para o início de mais um dia de treinos. 

“Bom dia Ben, vejo que trouxe a garota que tinha dito com você.” O homem era velho, mas totalmente em forma, moreno e alto.

“Essa é Rey, ela é mais forte que os caras da Educação Física da faculdade dela.” Ben disse fazendo Rey rir e revirar os olhos.

“Você me contou.” O homem se aproximou de Rey e cumprimentou-a. “Pode me chamar de Boba Fett, eu sei, é um nome estranho.” Rey sorriu gentilmente e cumprimentou o homem.

“Prazer senhor Fett.” Rey falou quando o homem se afastou e apontou para a sala de treino. “Está pronta para vocês.” Fett disse enquanto Ben deu um aceno de reconhecimento e guiou Rey para a sala.

Rey olhou ao redor da sala e viu sacos de pancada e pneus de Crossfit, um frio na barriga encheu Rey, ela não era uma pessoa de atividade física, principalmente as 6 da manhã.

“Para quê esses pneus?” Rey franziu o cenho para Ben quando o Sr. Fett entrou na sala e falou por ele. 

“Treino.” Fett disse se preparando para a aula. “Vamos começar com levantamento de pneus, 15 voltas ao redor da sala.” O velho disse fazendo o queixo de Rey cair.

“Vai ser tranquilo.” Ben disse com um sorriso provocador, fazendo Rey querer dar um murro no meio daquela cara linda dele.

“Você me paga Ben Solo.” Rey resmungou enquanto Ben se aproximou e colocou bandagens na mão dela para proteger.

Ben riu discretamente e piscou para ela.

Maldito seja os genes dos Solo.

O treino estava sendo um pesadelo, na décima volta ela já estava quase desmaiando e Fett estava na cola dela para ela não parar e ir até o final. Ben já tinha terminado as 15 voltas a uns 10 minutos atrás e Fett já tinha passado outro exercício para ele esperar Rey.

Quando Rey terminou ela jurava que ia morrer, Fett pareceu satisfeito. 

“Chega de aquecimento, vamos fazer um sparring.” Fett disse fazendo sinal para Ben se juntar a Rey.

Aquecimento

Aquecimento.

A palavra queimava na mente de Rey, ela queria muito estar viva no final do treino só para poder matar Ben.

Rey achava que estava odiando tudo até o momento que ela e Ben começaram com o Muay Thai, Ben era experiente com a técnica de luta e Rey era uma tela em branco para Fett pintar em sua força física. Fett corrigia os movimentos de ambos enquanto Ben segurava um aparador para Rey realizar chutes e socos.

Quando a aula acabou Rey admitiu para si mesma que gostou tanto quanto praticar guitarra, o Muay Thai combinava com ela.

Rey tomou um pouco de água da garrafa de Ben, já que tinha esquecido a dela e ela quase engasgou quando Ben tirou a camisa molhada e exibiu o peitoral nu, que brilhava com o suor. O treino com pneus tinha valido só pela visão. Rey tentou disfarçar quando Ben se aproximou dela, ela limpou a boca e olhou para cima.

“O que achou?” Ben se sentou do lado dela no tatame e puxou-a em um mata leão. O coração de Rey disparou ao entrar em contato direto com a pele nua de Ben.

“Puta merda Ben, você está suado!” Rey disse tentando não gaguejar e não pensar muito usando a péssima desculpa do suor, se esquecendo que ela também estava suada. Rey logo usou uma técnica de braço, se livrando do mata leão de Ben.

Rey pensou rápido e se livrou da blusa também suada, ficando só de top esportivo. Se ele podia provocar, por quê ela não podia?

Ben ficou rígido e não conseguiu disfarçar o olhar que caiu pelo corpo dela, Rey aproveitou a oportunidade e pulou nele, revidando o mata leão e pegando-o desprevenido. Rey apertou o aperto no pescoço de Ben, que se jogou no chão do tatame para se livrar do domínio dela. Logo a luta virou um Jiu-Jitsu de membros, de olhares provocativos e intensos.

“Quanto tempo vocês namoram?” Fett disse com receio de que tivessem esquecido da presença dele. Ambos se afastarem imediatamente e o homem teve certeza que tinham se esquecido dele.

“A gente não namora!” Rey disse se levantando imediatamente , enquanto Ben ficava em pé e se endireitava, pegava sua bolsa de academia.

Fett riu e foi para a recepção. Ben e Rey logo foram para recepção e o homem marcou os horários incluindo Rey nos treinos com Ben.

“É para trazer sua namorada todos os dias.” Fett  disse piscando para Rey e acenando para Ben quando ambos saíram.

“Não liga para o Fett, ele e Han são sem noção no mesmo nível.” Ben disse enquanto entrou no carro com Rey.

“Gostei dele.” Rey disse fechando os olhos e sentindo a brisa do vento quando Ben entrou na estrada. “Agora eu sei o segredo do seu porte físico.” Rey disse abrindo os olhos e desviando o olhar para Ben, que dirigia com um sorriso amplo no rosto. 

“Eu também não me incomodaria de olhar para o seu ‘porte físico' todos os dias.” Ben disse fazendo um arrepio correr a espinha de Rey. Ela estava ficando louca ,ou, ele estava olhando ela com um olhar faminto? Seja o que for, ela estava disposta a arrancar as respostas que ela estava procurando de Ben e ela faria isso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...