História O início de uma história - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Tarzan
Visualizações 68
Palavras 888
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Good smell


Fanfic / Fanfiction O início de uma história - Capítulo 3 - Good smell

Jane e Tarzan se davam cada dia melhor, e cada vez mais Tarzan tinha vontade de torna lá sua mulher, já a considerava assim. Todo dia que Jane voltava da rua Tarzan pedia que ela trocasse suas ataduras, e no processo ele aproveitava e sentia o cheiro dela para ver se algum macho chegava perto dela durante o dia. E sempre ficava feliz pois sentia o cheiro dela mesclado com o seu. O que ele não sabia era que jane percebia ela a cheirando, só não entendi a o motivo. 

Nesse dia foi diferente, na escola ela recebeu a visita de um amigo que foi contar para ela que seria pai e com empolgação Jane deu um longo abraço nele. Jane quando chegou em casa como era de costume foi direto a Tarzan para trocar suas ataduras, não levou nem um segundo para Tarzan sentir o cheiro desse amigo e ficar irado. Jane terminou e tentou levantar, mas Tarzan com ciúmes a segurou pela cintura e a pós deitada na cama. 

“Tarzan o que você está fazendo?” ela perguntou sem entender, enquanto ele cheirava do seu cabelo até seus pés. 

Quando fez isso relaxou um pouco, pois viu que o cheiro masculino não estava na área sexual nem no rosto, mas no momento que ele possa o nariz lá levou um chute no seu lado esquerdo. Foi de proposito, ela não chutaria o lado que está em recuperação. 

“Aí, por que fez isso?” ele perguntou enquanto dava espaço pra ela se levantar. 

“Você tá louco, porque você cheirou de novo, já não falei que os humanos não fazem isso?” Tarzan lembrou da conversa de semanas anteriores e resolveu falar a verdade. 

“Você está com cheiro de outro macho, queria ter certeza que ele não abusou de você.” Ela ficou toda vermelha e depois lembrou que abraçou seu amigo mais cedo e entendeu o porque do ritual das ataduras, não se controlando deixou a raiva subir e falou. 

“Por isso que você sempre pede pra eu trocar suas ataduras quando chego, pra ficar me monitorando?” Tarzan sorriu e encostou na parede ainda sentado na cama. 

“Sim, não quero correr risco.” Jane sem entender o olhou ainda irritada e falou.

 “Risco de que, você perdeu o juízo?” Ele não respondeu apenas levantou e foi pegar algo na cozinha. Jane ainda bufando foi atrás dele.

“Responde Tarzan.” Ele se virou olhou nos olhos dela e respondeu. 

“Esse homem, por que ele tocou em você?” ela ainda com raiva respondeu. 

“Porque vai ser pai e eu fiquei feliz por ele e sua noiva, então o abracei.” Ele a olhou e falou. 

“Abraçou?” ela ainda não tinha ensinado a ele essa palavra. Então ela falou. 

“Abraçar é isso.” Então delicadamente pôs seus braços em volta da cintura dele e apoiou sua cabeça na altura do coração dele, Tarzan por sua vez assim que sentiu a aproximação dela pôs suas mãos no cabelo de jane e apoiou sua cabeça em cima do cabelo dela para aproveitar o aroma. Jane relaxou até começar a sentir a ereção dele, com isso ela rapidamente se afastou, mais vermelha do que nunca. E Tarzan não entendeu o motivo, pois finalmente tinha progredido com a aproximação com a fêmea. 

No mesmo dia ele tinha conseguido cheirar ela toda de novo e conseguido colar o corpo dela com o dele, mas estava muito lento já se passaram mais de um mês que ele estava com ela e não conseguia transformar ela na sua fêmea, ele ficava pensando que quando ele melhorasse ia ter que voltar para a floresta e ela não teria mais motivos pra ficar procurando ele, pois ela já conseguiu tudo que queria, o nome, a história, não teria mais curiosidade. Pensando nisso na hora de dormir resolveu arriscar perguntando. 

“Jane, porque você ia todos os dias na floresta depois do nosso encontro, sempre no mesmo local?” escutando a pergunta ela nem acreditou, ficou semanas indo lá sem resposta é ele estava lá sempre a vigiando. 

“Você me via lá e não aparecia?” ela perguntou perplexa, achava que tinha feito papel de tola todo esse tempo, mas era pior por que ele via ela é não ia falar com ela. 

“Você tinha me repudiado, não queria que acontecesse de novo.” Ela olhou para ele ainda perplexa sentou mais perto dele. 

“Como assim repudiado?” Tarzan respirou fundo e resolveu falar. 

“Quando eu estava mostrando meu interesse em você, você me chutou, então não via motivo para te assustar novamente.” Ela considerou o que ele falou e viu que ele tinha razão, naquele momento não tinha como eles terem algum tipo de contato, naquele momento ele não falava a língua dela, o que tornava o contato sexual o único viável. 

“Você foi um abusado, e hoje também, não pense que eu esqueci, mas voltei lá porque apesar disso ainda queria te conhecer.” Ele apenas sorriu e abraçou, indo em direção à cama. Ela sem entender perguntou. 

“O que você tá fazendo?” Ele sorriu agora apoiado na cama abraçando Jane na sua frente e disse. 

“Quero ficar com você hoje.” Ela sem entender perguntou. 

“Do que você tá falando, como assim ficar?” e ele respondeu. 

“Brigamos muito hoje, quero passar o resto dá noite feliz com você.” E Jane sem responder acabou deixando ele ficar abraçado e fazendo carinho em sua cabeça. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...