1. Spirit Fanfics >
  2. O INQUILINO 01 - jikook >
  3. 64

História O INQUILINO 01 - jikook - Capítulo 64


Escrita por:


Capítulo 64 - 64


Fanfic / Fanfiction O INQUILINO 01 - jikook - Capítulo 64 - 64

As palavras de Jimin ecoavam na mente de Ji-yoon .

" Para com isso ji , você é uma mulher de vinte anos, e não uma criança de cinco , converse com ela se quiser , se não quiser a mande em bora , seja o que for eu sei que você é forte o suficiente para fazer ."

A garota agora está sentada em sua cama , Taehyung havia dito a ela a meia hora atrás que a mãe estava na sala, e até no momento ela não conseguiu sair dali .

Ji disse sim que poderia dar seu endereço para os pais , mas achou que teria mais um tempo ou que seria avisada caso eles fossem visitá-la , mas Carla chegou assim do nada, e a desconcertou .

Ji-yoon caminha até a frete do espelho ,e começou a repetir uma frase para si mesma.

__ você consegue , você consegue , você consegue.

Perdeu as contas de quantas vezes repetiu mas apenas tomou fôlego e saiu dali , indo até a sala vendo Carla andar por todo o lugar como se analisasse tudo enquanto Taehyung apenas a observava sentando em um canto , com uma cara de desprezo visível .

O olhar de Carla correu por todo o lugar novamente até se fixar na filha .

Sem pensar em nada a mulher correu, e agarrou seu corpo com força ,e ji devolveu o abraço .

__ Filha !!! Minha filha , achei que nunca mais iria te abraçar .

Falou já chorando , chorando feito uma criança , Carla estava feliz finalmente tinha sua princesa novamente em seus braços .

__ Porque não me avisou que viria ?

A voz de ji fez com que seu corpo estremecesse , ao se afastar minimamente e encarar-lá não encontrou em seu rosto felicidade ou emoção apenas descontentamento .

__ Você não queria me ver ?

Perguntou engolindo em seco , e o olhar de ji correu para Taehyung .

__ Eu só queria ser avisada quando vocês vinhessem .

Explicou.

__ Cadê meu pai ?

Perguntou andado até a porta na esperança de vê-lo .

__ Eu vim sozinha , ele queria esperar mais um pouco mas ... Mas eu não aguentei ,e vim ver você .

Falou se aproximando novamente e então ji se sentou , Carla logo se sentou ao seu lado .

__ Você pode nos deixar sozinhas ?

Perguntou olhando para Taehyung.

__ Essa casa também é dele mãe , e ele não tem que sair .

Ji falou com firmeza , com tanta firmeza que Carla se espantou.

__ Você quer que eu saia ji ? Se quiser pode falar e eu vou .

Taehyung falou sem demostrar raiva ou qualquer sentimento ruim, e ji apenas assentiu então ele se levantou ,e selou sua testa logo depois andou em direção ao seu quarto .

Carla sorriu vitoriosa .

__ ji porque você não me ligou Depois de que chegou aqui ?

Perguntou segurando a mão da garota.

__ Eu precisava de um tempo e estava amedrontada de mais e... O tempo foi passando e ...

__ Tudo bem meu amor , o importante é que estamos juntas novamente .

Falou acariciando sua bochecha, e ji forçou um sorriso.

Porque está se sentindo tão desconfortável na presença da mãe ??

__ Me diz como anda sua vida ? Você está namorando ?

Perguntou, e ji pressionou os lábios.

__ Eu.. trabalho em uma empresa de telemarketing como supervisora e faço faculdade de marketing junto com o Tae , e não não estou namorando.

O rosto de Carla se contorceu em uma careta.

__ esse seu trabalho não é bom aposto que a carga horária é alta, e você mal tem tempo para descansar.

Falou e ji respirou fundo .

__ Nem todo mundo tem o que quer , temos que começar com o que conseguimos mãe .

Falou , porque é a mais pura verdade , ji não queria esse trabalho mas é o que lhe sustenta e então , porque reclamar ?

__ O Jimin conseguiu , isso é tão injusto com você .

Falou e tentou tocar o rosto da garota mas ela impediu ,e se colocou de pé .

__ Injusto é tudo o que ele viveu mãe , por sua causa desde sempre ele foi desprezado , eu lembro de quando éramos pequenos ,e você me comprava brinquedos e não dava nada pra ele , eu lembro de quando a gente se machucava, e você não cuidava dele , quantas vezes ele ficou de castigo sem motivo enquanto eu ia para o parque?

__ Injusto é ele ter uma mãe como você .

Gritou com os olhos marejados.

__ O que ele te disse ? Eu sabia que ele iria fazer sua cabeça .

Falou se colocando de pé .

__ Me escuta ji , eu sonhei em ter você , só você , não sonhei com o Jimin e nem com o Henry , eu só queria minha princesinha ,e agora se a gente quiser pode ser assim , só eu e você .

Falou

__ do que você está falando ?

Questionou .

__ se você quiser podemos ir embora , para outra cidade e deixamos tudo isso para trás .

Ji-yoon riu .

__ Você só pode estar ficando louca Carla , eu tenho uma vida aqui , não vou embora com você .

Afirmou .

__ Pense direito meu amor , você vai conseguir ser alguém longe do Jimin .

Falou, e a garota se enfureceu .

__ Não é dele que eu tenho que me manter longe , é de VOCÊ , eu já sou alguém ao lado dele , mas ao seu lado eu só era uma boneca se pano sendo manipulada por todos os lados .

Tocou o rosto da mãe.

__ O mau não está nele , está em você .

Essas palavras foram como uma faca afiada atravessando o peito de Carla .

__ Ele tirou você de mim.

Murmurou .

__ Você não me ama mais ?

Perguntou com lágrimas molhando o seu rosto.

__ Eu amo sim , porque você é minha mãe e querendo ou não me deu amor , mas agora eu vejo o quanto você é má , e eu não quero pessoas assim ao meu lado .

Disse com calma .

Mas talvez Carla preferisse que fosse gritada , porque talvez ela pudesse colocar a culpa na exteria , mas daquela forma ela soube que era verdade , ji a desprezava .

E não a nada pior do que ser desprezado por quem amamos .

...


Notas Finais


Me deixa saber o que vocês estão achando?!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...