História O intercâmbio -- Jeon Jungkook - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bighit, Brincadeiras, Bts, Coréia, Hobi, Hoseok, Intercâmbio, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Romance, Seokjin, Seoul, Suga, Taehyung, Yoongi, Zoação
Visualizações 172
Palavras 1.784
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEI AMORES DA MINHA VIDA.
Me perdoem se o capítulo ficou pequeno, amanhã vou tentar escrever mais.
Enfim, tava com saudades, espero que gostem.
Amo vocês.

Capítulo 11 - O vídeo


Fanfic / Fanfiction O intercâmbio -- Jeon Jungkook - Capítulo 11 - O vídeo

Entrei no carro vestida adequadamente e muito preocupada com Hoseok. Ele era um bom amigo e tinha se machucado tão feio. Fiquei muito triste.
Namjoon parecia estar muito preocupado também, afinal, ele era o líder daquele grupo e tinha que cuidar dos meninos.
Parei pra pensar nos motivos que alguém teria para bater em Hoseok... Será que algum hater? Alguém que o odiasse tanto assim? Jade? Nem queria pensar naquilo, só queria cuidar dele e vê-lo bem de novo.
Descemos do carro correndo e alguns fotógrafos estavam do lado de fora da tal da boate onde Jimin e Hoseok foram. Como eles sabiam que estaríamos ali eu não sei, mas não liguei. Entrei junto com Tae, Namjoon e Jin e fomos para um daqueles camarotes, onde Hoseok estava deitado num sofá, com um saco de gelo no olho e vários cortes  no braço. Jimin estava sentado no outro sofá, de cabeça baixa.
-Jiminnie - eu disse, indo até ele primeiro. Ele levantou a cabeça e se levantou logo em seguida, me abraçando.
-Me desculpa, eu não sabia o que fazer... Ele era muito alto e... sinceramente, olha o meu tamanho - Jimin dizia, com o rosto afundado em meu ombro.
-Ta tudo bem meu bem. Não tem problema. - eu disse, afagando seus cabelos e o soltando.
Olhei em seus olhos e ele parecia tão preocupado. Virei para Hoseok, que estava com um olho aberto, falando com os meninos. Cheguei perto dele e o vi abaixar os olhos para seu casaco, no braço do sofá.
-O que foi? - eu perguntei para ele com dúvida.
-Me ajuda a levantar Namjoon. - ele disse, tentando se levantar sozinho, sem sucesso. Namjoon o puxou e Tae empurrou suas costas. Logo ele estava sentado, podia ver que ele ainda sentia dor.
Cheguei mais perto dele e olhei em seus olhos, me ajoelhando no chão.
-O que aconteceu? - eu perguntei, preocupada.
-Alice... Me perdoa. Eu não pude fazer nada, ele me mostrou e... - ele disse e logo seus olhos encheram d'agua. - ... Foi quando ele me bateu.
-Do que você ta falando homem?
-Um cara... Do tamanho do Namjoon e fortão... Me mostrou um vídeo seu... - ele disse, desviando de meus olhos e olhando para o chão. Puxei seu rosto para ficar de frente com o meu de novo.
-Que vídeo?
-Você e um cara... Na biblioteca de uma escola... Ele disse que se você não ficasse longe de Jungkook, ele liberaria o vídeo para todos os jornais de Seoul. Que ia acabar com sua vida.
-Aquela desgraçada... - disse Jin, muito bravo. Olhei para ele e abaixei a cabeça.
-Ela quer jogar sujo? Então vamos jogar sujo. Quem sabe onde a vadia mora? - eu disse, me levantando.
-Eu sei. - disse Jimin.
-Ótimo. Jin, Namjoon e Jimin vêm comigo. Taehyung e Hoseok... Eu quero os dois em casa... AGORA. Taehyung, preciso que ligue para Jungkook. Diga a ele para fazer outras coisas com Jade - eu disse.
-Tipo o que? - ele me perguntou.
-Não sei Taehyung, só pensa em algo... Rápido. Vamos. - eu disse aos meninos e descemos as escadas, saindo do local. Pegamos um taxi e fomos para a casa da Jade... Ela sim iria sofrer.
Ela morava em um apartamento, seria fácil demais.
-Jimin... Fala lá com o porteiro. - eu disse, passando pelo portão.
-Sobre o que?
-Você é famoso... Da um jeito. - eu disse e ele andou em direção a portaria.
-Olá - ele disse em coreano. O resto eu não entendi nada, só o "BTS" e o cara dizendo que sim várias vezes, com um sorriso no rosto.
Jimin voltou mordendo os lábios e com um sorriso, me mostrou a chave.
-Caralho, tu é um gostoso, eu te amo - eu disse, o abraçando e pegando a chave.
-Aish, assim eu apaixono.
Dei risada e subimos para o apartamento da garota.
Abri a porta e acendi a luz. 
-Se eu fosse um vídeo... onde me esconderia? - disse Namjoon atrás de mim.
-Vamos entrar - disse Jin, entrando no apartamento.
Vasculhamos tudo, abrimos e fechamos gavetas, armários, portas.
Até que eu notei um notebook na cama da garota. E Jin notou uma caixa ao lado da cama.
Abri o notebook e percebi que tinha senha.
-Tenta o aniversário do Junkook - disse Jimin.
Assenti e coloquei... Era essa mesmo... Meu Deus.
Abri todas as pastas e me deparei com uma um pouco estranha. Quando a abri dei um grito.
-AAAAAAH... NAMJOON, DA A PORRA DO TEU CELULAR, RÁPIDO - eu disse, um pouco fora de mim. Ele apareceu na porta e me jogou seu celular. Tirei foto do que encontrei e apaguei a tela do celular. Voltei a vasculhar o notebook e encontrei a pasta do vídeo. E Jin encontrou os pen drives onde ela guardou as cópias do meu vídeo... Após apagar tudo, me levantei da cama e fechei seu computador.
-O único problema é aquele cara... Ele tem uma cópia também. - Jin disse.
-A gente da um jeito nisso depois, temos que sair logo daqui. - eu disse e ele concordou.
Saímos quase que voando daquele prédio e voltamos logo ao dormitório.
Lá estavam Tae, Hoseok e Jungkook. Entrei no apartamento e fui direto ao encontro de Hoseok, ignorando a presença de Jungkook.
Embora eu soubesse que ele não tinha culpa, ele deveria ter terminado com aquela garota quando ela afastou sua amiga. Mas preferiu continuar, agora ele estava perto de me perder. E eu não estaria disposta a perder eles.
-Você ta melhor? - eu perguntei, parando de pé em sua frente e mexendo em seus cabelos.
Antes que ele me respondesse, ouvi o barulho da porta do quarto de Jungkook abrindo e fechando. Olhei bem lentamente, encontrando a última pessoa que queria encontrar.
-Sua... VADIA, OLHA O QUE VOCÊ FEZ COM ELE. - eu disse, já tão brava que poderia matá-la.
-Jungkook, por que ela ta gritando? - disse Jade, olhando com cara de vítima para Jungkook e eu fiquei mais brava ainda. Comecei a andar em direção a ela, que foi dando passos para trás, logo ficando sem lugar para fugir.
Coloquei minha mão em sua garganta, querendo matá-la enforcada.
-VOCÊ SABE MUITO BEM O QUE FEZ... Garota, você acha que pode simplesmente mexer com alguém como eu? Achou que eu ia deixar barato? - eu dizia, apertando cada vez mais forte seu pescoço, vendo seu rosto ficar vermelho. - Mexe comigo de novo... Ou com qualquer um deles e eu acabo com a sua vida.
Eu disse e quando vi que ela ia desmaiar, soltei seu pescoço, a deixando cair no chão desacordada.
Virei para trás e vi Jungkook chocado com toda aquela situação.
-Ela vai ficar bem, só desmaiou. - eu disse, dando de ombros.
-SÓ DESMAIOU? SÓ DESMAIOU ALICE? - Jungkook gritou, vindo em minha direção. Vi suas veias do pescoço saltarem, o deixando com uma aparência que deixaria qualquer um com medo... Mas não eu. Virei em sua direção, vendo seu rosto próximo do meu. Ele me bateria se pudesse.
-Ela contratou um cara para me ameaçar para Hoseok. E ELE BATEU NO SEU HYUNG. VOCÊ TA ME DIZENDO QUE SE PREOCUPA MAIS COM ELA DO QUE COM O SEU AMIGO? - eu disse, perdendo a noção do meu tom de voz e do horário que era.
Vi Jungkook levantar a mão para mim e Jimin a segurou, falando com ele em coreano.
-Você ia mesmo me bater? - eu disse, com os olhos marejados.
-Não... Não ia - ele disse, abaixando a cabeça.
Dei dois passos para trás, querendo ficar longe dele.
-Ela espalhou nudes da sua amiga, fez com que a coitada fosse embora e nunca mais voltasse. Ela contratou um cara para me ameaçar com um vídeo meu transando com meu professor na escola... Aquele vídeo poderia acabar com a minha reputação. Eu me arrependo de ter feito aquilo, mas ainda assim ela usaria só porque eu sou sua amiga. O cara que me ameaçou, bateu no Hoseok. Olha pra ele Jungkook. - eu disse, segurando o choro. Vi Jungkook o olhar de canto de olho. - Tudo por causa de ciúmes... Você acha isso certo? Uma relação abusiva assim? Ciúmes não é bonitinho a partir do momento que se torna... Isso.
Os meninos estavam todos de cabeça baixa. O único que me olhava era Jimin, com lágrimas nos olhos.
-Mas ela gosta de mim - disse Jungkook, bem baixo.
-Não... Ela não gosta Jungkook. Ela gosta de você porque você é famoso. Só por isso.  - eu disse. - Se não acredita, pega as fotos que eu tirei no celular do Namjoon... Elas vão explicar.
Voltei meu olhar para Jade, que ainda estava deitada no chão, desacordada. Dei uma bufada e a peguei, colocando-a no meu ombro e a levando para o quarto de Jungkook. Joguei seu corpo na cama e saí.
Hoseok estava fitando o chão, com gelo no olho. Jimin estava sentado no sofá, com o rosto entre as mãos. Taehyung e Jin estavam conversando num canto da sala enquanto Jungkook e Namjoon olhavam as fotos do computador de Jade. Olhei para o corredor e percebi um Min Yoongi com a cara amassada de sono e parecia não estar entendendo nada. Saí correndo em sua direção e o abracei pela cintura.
-O que foi? - ele perguntou, me abraçando de volta. 
Não o respondi, só fiquei abraçada com ele até escutar Jungkook me chamar.
-Tae, explica pra ele. - eu disse, me referindo a Yoongi.
Andei até Jungkook, que me olhava triste.
-Desculpa... - ele disse, com a voz baixa e logo me abraçou por baixo, fazendo com que me levantasse e eu o abraçasse por cima.
-Tudo bem... oppa - eu disse e soltei um riso. Jungkook deu um tapa em minha coxa e eu gritei.
-Não me chama de oppa. - ele disse me soltando.
-Então não me chama de sasaeng. - eu disse, cruzando os braços.
-Ta, pode me chamar de oppa.

De qualquer forma, naquele mesmo dia ele terminou com Jade e a fez prometer que não soltaria meu vídeo para ninguém e que se soltasse, haveriam consequências. Ri de sua cara quando saiu do apartamento. O aperto da minha mão a deixaria vermelha por um dia e a faria pensar duas vezes antes de se meter comigo.
E agora eu finalmente teria tempo com Jungkook... E poderia finalmente tentar fazer com que ele gostasse de mim. Mas se não conseguisse, pelo menos teria sua amizade.
O que importava era que nada faria com que minha amizade e de Jk sumisse e eu nunca deixaria os meninos sozinhos, nem mesmo quando eu fosse embora.


 


Notas Finais


Então é isto por hoje. Beijo, amo vocês...
Ah, eu apaguei os capítulos em que eu avisava que ia parar a fic. Mas quem ainda quiser meu número, ta aqui.
( 12 ) 9828 98898


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...