História O internato só para meninas - (Yuri) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Anitta, Bebe Rexha, Black Pink, Camila Cabello, Charli XCX, CL (Chaelin Lee), F(x), Fifth Harmony, HyunA, Kehlani Ashley Parrish, Lee Sunmi, Minzy, Park Bom
Personagens Amber Liu, Anitta, Bleta "Bebe" Rexha, Camila Cabello, Charli XCX, HyunA, Jennie, Jisoo, Kehlani Ashley Parrish, Lauren Jauregui, Lee Chaelin "CL", Lee Sunmi, Lisa, Park Bom, Personagens Originais
Tags Mais Yuri Por Favor
Visualizações 850
Palavras 1.728
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Literatura Feminina, Orange, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AAAAAAAAAAA CHEGUEI CHEGUEI CHEGUEI!!!!

Bati meu recorde e cheguei bem rapidinho com esse 3some gostoso, com essas duas gostosas.
Eu estava muito animadinha para fazer e por isso acabei terminando rápido.
Estou ansiosa para saber se vocês irão gostar de ler assim como eu gostei de escrever, ok?

Então, sem mais conversinha, VAMO PRO CAPÍTULO!!! Nós vemos nas notas finais 😉😏🌚💕💕💕 (Obs: ignorem qualquer erro ortográfico).

Capítulo 7 - As professoras substitutas - (Hyuna e Sunmi)


Fanfic / Fanfiction O internato só para meninas - (Yuri) - Capítulo 7 - As professoras substitutas - (Hyuna e Sunmi)

— Ebaaa! Finalmente festa! – digo pulando na cama igual criança, enquanto Lisa procura uma roupa em seu guarda-roupa, na maior animação do mundo (só que não).

— Não sei como essas meninas aguentam essas festas barulhentas e bagunçadas.

— Não sei como você não gosta, Lisa. Passamos todos os dias nesse colégio, presas, só estudando. E quando finalmente nos liberam fazer uma festinha livre, você não vai curtir?

— Eu não gosto de festas. Só isso – ela fecha ainda mais a cara e senta na cama. Vou até ela e deito no colo da mesma.

— Se anima, vai. Tente aproveitar. Dance, beba um pouco, se divirta.

— Não é assim que eu gosto de me divertir. – Fico sentada e nossos rostos ficam bem próximos.

— E como você gosta de se divertir então? – pergunto e a mais velha encara meu rosto com tensão. Lisa continua em silêncio, quando íamos nos beijar, ela se levanta rapidamente da cama.

— E-Eu tenho meus próprios jeitos de me divertir. Não gosto de ficar louca bebendo e essas coisas. Mas vou mesmo assim nessa festa – ela diz e eu bato palmas.

— Isso aí! Você vai se divertir, vai ver só. Agora vou tomar meu banho – jogo um beijo pra ela e entro no banheiro.

Depois do banho, sai do banheiro e Lisa já não estava mais no quarto. Levei um tempinho me arrumando e coloquei um vestido preto colado e bem curtinho; usando também uma jaqueta jeans e minhas botas de salto pretas, cano curto. Não exagerei muito na maquiagem, até porque tenho muita preguiça de passar, mas não estava nada mal.

Sai do quarto, indo na direção do ginásio onde seria a festa, quando vejo duas mulheres muito lindas caminhando no corredor. Fico um tempo olhando para as duas, até as mesmas pararem na minha frente.

— Olá! Será que pode nos dizer onde fica a sala de professores? Esse colégio é tão grande – a morena pergunta.

— Sim, claro! É só vocês seguirem direto por esse próximo corredor, é a terceira porta à esquerda – respondo, educadamente.

— Ah sim. Muito obrigada! – a outra loira agradece.

— De nada. Hm, me desculpem a curiosidade, mas vocês são professoras novas? – aproveito a oportunidade para perguntar.

— Somos professoras substitutas do terceiro ano. Ficaremos apenas um mês para substituir duas professoras que estão de férias. A propósito, sou Hyuna e essa é Sunmi. Você é aluna do terceiro ano?

— Muito prazer, sou a S/n. E não, não sou do terceiro. Sou do segundo – respondo. — Se são professoras, o que fazem aqui a essa hora?

— É porque nós tínhamos um compromisso hoje mais cedo e não tivemos tempo de vir conhecer o colégio. Estamos aqui há apenas algumas horas, a senhora Belcalis estava nos mostrando as instalações e pedimos a ela autorização para ficarmos por aqui e programar as aulas de amanhã – Hyuna explica.

— Ah sim, entendi. Então, sejam muito bem-vindas. Espero que gostem de passar esse um mês aqui – digo e a tal Sunmi me olha meio estranho.

— Obrigada, senhorita S/n. Iremos adorar – ela responde, parando bem perto de mim e me olhando de cima a baixo. — Agora se nos permite, temos que ir. Até mais.

— Até mais, S/n – Hyuna pisca pra mim.

— Até… – respondo e elas seguem andando pelo corredor.

Caralho! Que mulheres. Já disse que amo esse colégio?

Chego no ginásio e a festa já tinha começado. Mas não parecia estar tão animado assim. As músicas estão um pouco chatas, não tinha bebidas legais e somente a comida estava salvando.

— Não acredito que esse é o conceito de festa das pessoas daqui – Reviro os olhos. — Não tem uma bebida alcoólica! – reclamo, indo até a mesa de bebidas e vendo que somente tinha suco. — Aff, que saco! Eu vou procurar algo melhor pra fazer.

Olho pelo ginásio a procura de Lisa e não a encontro por ali. Onde ela estaria? Não estava no quarto quando eu saí do banho. Só me falta aquela louca nem sequer ter vindo para a festa.

Saio dali e decido dar uma volta pela escola, talvez assim encontrasse a minha amiga.

Caminho pelo jardim, e por outros cantos da parte externa do colégio e nada da Lisa, nem do outra coisa divertida para fazer. Volto para dentro do colégio e fico andando meio sem rumo pelos corredores vazios e não muito iluminados.

Estava indo passar pela sala dos professores e resolvi dar um Olá para Hyuna e Sunmi, caso ainda estivessem ali.

Olho pelas janelas e as cortinas estavam todas fechadas. Acho aquilo muito estranho e decido então abrir a porta.

A sala estava um pouco escura e parecia não ter ninguém ali. Mas as coisas das professoras estavam espalhadas sobre a mesa e no chão também. Entro calmamente na sala e procuro por alguém. Sabe-se lá o que tinha acontecido ali.

Tomo um baita susto quando vejo duas pessoas no chão e vejo que eram as professoras… se beijando.

Hyuna estava somente de sutiã e short, enquanto Sunmi ainda permanecia vestida.

— Epa! – digo e elas se assustam, se levantando do chão rapidamente.

— S/n?! Não é o que você está pensando! – diz Hyuna, pegando sua blusa e se tampando.

— Por favor, não conte a ninguém sobre isso! – diz Sunmi, desesperada.

— Ei, se acalmem! Não vou falar nada para ninguém. Não imaginei que vocês fossem namoradas.

— Nós somos sim – Sunmi responde. — Mas então, o que quer aqui? Ouvi dizer que as alunas estão dando uma festa agora.

— Estão sim. Eu até estava lá, mas falando sério, essa festinha tá um completo tédio. Nenhuma bebida, nem música boa. Nem as meninas bonitas eu vi por lá – digo, sentando esparramada no sofá e as duas dão risada.

— Então você gosta das alunas bonitas, senhorita S/n? – Hyuna pergunta sorrindo, enquanto sua namorada se senta em seu colo.

— Não só das alunas, das professoras também – mordo os lábios e elas me olham surpresas.

— Já pegou alguma professora daqui? – Sunmi pergunta.

— Só uma – respondo, me lembrando da aula de dança de ontem.

— Não sabia que curtia ter uma relação tão íntima com as pessoas do seu colégio, S/n – Hyuna diz em um tom de deboche, me fazendo rir.

— As vezes é bom. Sabe como é, para sair do tédio.

— Hm, para sair do tédio… – olho para Sunmi. — Pensamento interessante o seu, S/n. Sabe que Hyuna e eu também estávamos no completo tédio antes de você aparecer. Às vezes fazer roteiro de aula é um saco – ela diz, jogando o cabelo para o lado e sorrindo maliciosa.

— Verdade. Até mesmo no ambiente de trabalho ou estudo é bom se ter uma diversão. Não concorda, S/n? – a loira morde os lábios, passando a mão sensualmente por suas pernas.

— Concordo plenamente – respondo. — Sabe, eu também estava no tédio e por isso decidi vir aqui procurar vocês. Talvez quisessem ajuda com algo… – digo, tirando a minha jaqueta. Desci as alças do meu vestido e deixei o mesmo ir ao chão, expondo meu corpo coberto apenas pela minha calcinha Branca.

As mais velhas trocam olhares e risos perversos.

Sunmi vai até a porta e tranca a mesma. Sento no chão, sobre o enorme tapete felpudo daquela sala e as duas vêm até mim, se sentando uma de cada lado meu. Beijo Sunmi primeiro e sinto Hyuna passar sua mão pelo meu corpo, indo até os elásticos da minha calcinha, puxando os mesmos e me deixando totalmente nua.

Sunmi para de me beijar para poder tirar suas roupas e eu aproveito a oportunidade para provar dos lábios da loira. Puxo seu sutiã e coloco um dos seus seios grandes para fora do bojo e caio de boca ali. Hyuna geme e afunda suas mãos nos meus cabelos. Sunmi senta do meu lado novamente e abre minhas pernas, colocando sua mão sobre a minha intimidade e sentindo minha unidade.

Paro de chupar os seios de Hyuna e observo a mão da morena em meu sexo. Seu toque era bom e me excitava muito. Ela e hyuna começam a se beijar e eu assisto a aquela cena, podendo gozar só de ver aquilo.

— Vou chupar você bem gostoso e você chupa a minha gostosa, certo? – Hyuna diz pra mim e eu concordo.

A loira fica entre as minhas pernas e eu me deito no tapete para poder receber Sunmi em meu rosto. A morena passa suas pernas por cada lado da minha cabeça e eu passo minha língua em sua buceta gostosa e molhada, fazendo ela gemer baixinho.

Hyuna começou a me chupar também, brincando com a língua na minha entrada e esfregando meu clitóris levemente com os dedos.

Sunmi rebolava no meu rosto enquanto levava tapas de sua namorada. Eu apertava os seios dela, sem tirar meus olhos do seu rosto.

— Hyuna, eu vou gozar! – avisei e Hyuna entendeu, pois passou a me chupar com mais vontade ainda.

— Aaahhh... Eu vou… awn gozar também – disse Sunmi e eu tratei logo de agilizar meu trabalho ali chupando a mesma.

Eu gozei primeiro nos lábios de Hyuna, e Sunmi em seguida nos meus.

A loira nem me deu tempo de respirar e já colou sua intimidade na minha, ficando na posição de tesoura. Sunmi ainda estava sobre meu rosto, então mesmo depois dela ter gozado eu continuei a chupa-la.

Hyuna gemia alto, se esfregando em mim com força, apalpando a mim e sua namorada, e outrora apalpando a si própria.

Sunmi estava bem fraca e já tinha gozado novamente, ela então saiu de cima do meu rosto e sentou no tapete, observando eu e Hyuna ali gemendo.

— Hyuna! – gritei bem alto o nome da mesma quando gozei de novo e ela continuou a nos esfregar até gozar também.

Caímos as três deitadas no tapete e assim que recuperamos o fôlego, elas me colocaram de quatro.

Sunmi chupava gostoso a minha buceta, enquanto Hyuna acaricia minhas nádegas dando tapas nas mesmas, deixando minha carne vermelha.

A loira sabia como me deixar louca. Senti sua língua na minha entrada traseira e arrepiei toda, gemendo igual uma cadelinha no cio, sem nem me preocupar se alguém lá fora estava ouvindo.

Quando eu gozei de novo, foi a vez de Sumni e eu chuparmos Hyuna juntas, ao mesmo tempo. Ver a loirinha delirar por nós era a melhor visão que eu estava tendo naquela noite. Ela gemia, fazendo expressões eróticas, chupando o próprio dedo e gemendo ainda mais gostoso quando nós apertavamos aqueles seus peitos enormes e lindos.

Mais uma loucura nesse colégio que eu jamais iria esquecer.


Notas Finais


AAAAAAAAAAAAAAAA!!!!
E AÍ? E AÍ? E AÍ?????

Me digam o que acharam! Vale tudo!
Críticas, elogios, pedidos de calcinhas novas! Tudo!
Vou estar aguardando.

Obg por lerem. Bjs da mommy 😉😘🏳️‍🌈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...