História O inverno é longo - Vol 3 - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Agents of S.H.I.E.L.D., Capitão América
Personagens Grant Ward, Jemma Simmons, Leo Fitz, Melinda May, Personagens Originais, Skye
Tags 3temporada, Bucky Barnes, Daniel Whitehall, Eve, Evelyn, Inumanos, Madame Hydra, Marvel Universe, Natasha Rommanoff, Pietro Maximoff, Soldado Invernal, Steve Rogers, Víbora, Viper, Wanda Maximoff, Winter Soldier, Yelena Belova, Zola
Visualizações 11
Palavras 3.109
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Ficção, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


De capa nova em todos os meus volumes chego aqui para o capítulo final :(

Capítulo 12 - Sacrifice


Coulson era ninguém menos do que o alvo ... Sim o alvo principal. Evelyin e Bucky estavam aramando algo as escondidas e Nenhum dos vingadores tinham conhecimento de tal armação.

A madame hidra por sua vez, já unha experiência em armações então desconfiou do seu dito "marido".

Thor esteve lá de passagem ao perceber que Amora foi identificada na terra por Heimdal então resolveu checar qual qual era o plano da asgardiana.

Mesmo cumprindo minha missão Bucky parecia focado em sempre ser o mocinho. Quando estava ao pado de Valery sua expressão dura mudava para a mais suave que poderia aparentar, já ela não esquecera aquele em que tirou a vida de sua amada avo em sua frente e o que lhe causou a cicatriz horrível no rosto.

A equipe estava pronta para a caça à Amora. A permanência da Madame Hidra e Yelena na terra estava me materializando e cada minuto que se passava meu corpo ia se formando naquele galpão abandonado. Eu estava voltando a vida.

Mesmo não concordando em seguir minhas ordens Yelena e Ophelia ditavam seus passos a cada caminho que seguiam ate o local escondido de Amora. E realmente ela estava lá sentada olhando para o horizonte . ao perceber tais movimentos vindos de longe ela logo murmurou.

- Não acredito que quebrou sua palavra indo para o lado de Tessa. - Disse Amora se virando e olhando aquele time sua frente.

- não sabe com que está Lidando Encantor.- Thor disse antes que Bucky falasse algo.

- Odinson... O que faz aqui? Um esquadrão não é o bastante para me derrotar? - ela disse

Wanda imediatamente sentiu uma forte dor de cabeça e foi amparada pelo irmão.

- Porque quer ele? - Wanda disse apontando para Coulson

- eu? Que história é essa? - coulson imediatamente assustou.

- pergunte ao seu traidor. - Amora disse apontando para Bucky.

- OK vamos parar de apontar dedos? Diga logo o que está tramando sua bruxa. - disse Steve como sempre a defesa de Bucky

- ele quer entregar a brecha que trouxe a irregularidade entre a vida e morte. E sabe quem é essa irregularidade? Você Agente Coulson! - Amora disse e Coulson bufou.

- irregularidade... Qual a outra desculpa agora?

- é por sua causa que a morte começou a de desfragmentar do seu tecido temporal ate a realidade contemporânea. Se não tivessem mexido com a sua vida nada disso estaria acontecendo. Se tivesse te deixado morto....

- Já chega! Me explique isso James! O que está acontecendo? - disse Natasha.

- ele não tem que explicar nada! Ele é apenas um peão assim como eu sou uma aproveitadora de brechas para realizar meu plano! Não se preocupem vocês só tem um escolha. A vida do Coulson ou o tecido da realidade ser desfeita.

- e qual a consequência disso? - disse Natasha

- o que está morto pode estar Vivo quando quiser. - disse Thor. É como o reino de Vanhalla a diferença é que voltariamos para nosso reino quando quisermos. Como mudamos isso Encantor?

- simples filho de Odin, leve-o para a senhora da morte como ela ordenou.

- mas ela ordenou que viessem os atrás de você! E que estaria tramando contra nós! E que você foi a responsável de tudo isso! Como vamos acreditar em suas palavras.? - disse Jemma.

- e ela está certa em partes! Estou tramando sim! Mas não sou a responsável de tudo isso!

- espere um segundo e o que temos a ver com tudo isso? - disse Tauriel .

- você? Nada, ela tem tudo a ver.- disse Amora apontando a Valery. - leve Coulson e saberá seu destino. Até lá. Cumpra com o mandado da Morte, James!

Eve ficou mordendo seus lábios e respirou fundo.

- vamos levá-lo a Tessa e ver o que acontece.

- enlouqueceu? Acho que eu que dou as ordens aqui!

- Coulson esta certo ele não vai.-Steve disse entrando na frente do seu diretor.

- Steve por favor não torne as coisas mais complicadas.

- Bucky não está vendo? Não sacrificamos amigos, nos encontramos um jeito!

- apenas confie em mim Steve, ele não vai ser morto eu dou minha palavra.

- só por cima do meu cadáver - disse Fitz em posição de defesa.

Bucky ameaçou atacá-lo, todavia com um grito estridente Eve se colocou no meio dos dois.

- Já chega! Essa briga é inútil a contagem é fácil lembra? É o universo contra você Coulson, decida-se venha conosco e juremos te proteger ou tenha esse fardo e suas mãos.- Coulson viu seu mundo girar ao seu redor. Agora ele sentiu o que é um herói ter o peso do mundo em suas costas.  Ele não tinha escolha teria que  vir até mim.

- OK eu irei.- Steve Natasha e os outros arregalaram os olhos e bufaram.

[...]

Depois de horas de discussão,  todos seguiram  para o galpão  abandonado ao meu e contro novamente . Bucky foi o primeiro a entrar com Coulson em sua posse.

- Demorou  ! - minha voz já estava mais grave  e dessa vez todos ja poderiam me ver.

- ela é linda.... - Disse Sam ao me ver.

- Ah que fofura sr Wilson.  - eu disse  causando arrepios em suas peles.

- é tão estranho conversar com a morte. - Natasha disse massageando os braços.

- ela não  é  a morte Nat,  é apenas uma "aprimorada". - disse Steve  ainda sem acreditar em meu título.

Vi Thor  olhar para ele de ladinho e depois chegar em minha frente como um bom cavalheiro medieval.

- Milady,  eu sou Thor filho de Odin,  creio que chamou como lacaio uma asgardiana para cumprir  com seus carprichos.  Meus amigos são alvos,  viemos aqui em paz e em busca de misericórdia com suas ações. 

- eu não acredito que ouvi isso!  Serio mesmo que ele fez isso?  - Tony do nada apareceu e começou a falar dando um susto em todos que estavam lá  assim como o resto da equipe que também apareceu junto com ele.  Até  parecia uma reunião  de guerra.

- Odinson filho de Asgard e herdeiro do trono,  sua cordialidade é galanteadora,  seus ancestrais  devem estarem orgulhosos nesse momento. Deve estar se perguntando por qual motivo está  aqui  sr Coulson. - eu disse fixando Valery que me olhava ainda com temor.

- sem enrolação  dama da morte diga o que quer. - Coulson como sempre e quase a maioria me olhava em deboche imaginando que eu fosse apenas mais uma mutante  que viram na vida.

Seus olhos iriam ver a verdade. 

- pelos olhares ferozes em seus rostos vejo guerreiros destemíveis que não acreditam em minha superioridade. 

- superioridade? serio mesmo que vai vir com essa?- Disse Coulson ainda debochando Um sorriso em meu rosto surgiu, levantei-me da cadeira onde eu estava, e atravessei com minha áurea pelo corpo do Coulson o fazendo ficar desacordado. 

Eu invadi sua mente dentro dos seus piores pesadelos, meu sub consciente conectou com o dele, trazendo a tona toda a trajetória da minha vida e como me transformei na Morte e Desde a sua "morte" por Loki até a vida por Fury.

depois de sair do corpo de Coulson ele acordou em um pulo e me olhou assustado 

- sabe como me transformei na morte Phill? - eu disse me aproximando sob o seu corpo caído. Fitz tentou atirar contra mim, mas foi em vão, as balas passavam como se fosse fumaça. 

Thor, Bucky, Yelena, Ophelia e Valery não ousaram em me atacar, contudo o resto avançaram para proteger seu diretor. 

- JÁ CHEGA!- eu disse jogando uma força contra eles - Vocês nem tinham que estar aqui! Coulson é quem tem que lutar com seu destino . levante-se!  - Eu pus Coulson de pé e o levei para outro lado do galpão. Chamei Valery, Ophelia, Yelena e Evelyin e os outros estavam no chão ainda se contorcendo de dor depois da onde de força que lancei. 

Eve me olhou incrédula pois não sabia o porque estava sendo chamada, Bucky engoliu a seco e a seguiu. 

POV Bucky

Tessa estava flutuando para o outro lado do galpão,eu já tinha visto antes a sua grandeza quando me poupou depois da explosão, lembro-me dela me puxando sob suas plumas negras e me acolhendo em seu manto sombrio. Eu havia me curado daquelas queimaduras e ela disse que eu não sabia tudo sobre mim desde aquele protocolo. 

Droga de protocolo, tudo o que eu li, todos aqueles arquivos que Amora e Coulson me entregara não desvendou o mistério que ainda martelava minha mente. será que agora vou conseguir finalmente clarear minha mente? 

Quando chegamos do outro lado do galpão, percebi que Thor me acompanhava em silêncio apenas observando a sala onde havia um circulo branco rodeado de velas. 

Valery imediatamente recuou um passo e colocou a mão na boca.

- ah não de novo não! - ela resmungava varias vezes

- é como na sua infância Valery? era como era antes? - Tessa disse colocando as 4 no circulo, inclusive Eve.

- Tessa...- eu disse ela fez um barulho pedindo silencio e depois o local começou a escurecer. Coulson estava no centro e as quatro nas bordas.

-  Você Valery é uma das 4 peças, quando o Soldado invernal a atacou em sua casa, era para você ter morrido, contudo foi destinada a sentar ao meu lado e viver para completar seu destino. Você Ophelia. quando saiu do paralelo juntamente com a Yelena se fragmentaram comigo assim formando a irmandade. e você Evelyn... você irá acender a chama.  

Eve ficou sem entender o que estava acontecendo e qual era o seu papel ali. Imediatamente Tessa emergiu em uma força desconhecida que queimava tudo ao redor, meu corpo parecia uma brasa e curava na medida que queimava. Droga! está acontecendo novamente. 

Thor se protegia com o braço, mas ainda sentia os efeitos da grande força. Coulson estava flutuando no meio. seus olhos estavam como neve. Juntas elas soavam híppos khlōrós uníssono e acada vez  suas vozes pareciam mais altas. 

O tempo do lado de fora estava mudando as nuvens negras cobriam o ceu. era algo surreal. Finalmente Eve com seu tipo de raio azul acendeu em uma chama a linha branca de velas ao redor deixando uma aurea celeste. Era um espetáculo de cores azuis pelo galpão. até que uma cor verde apareceu. era Amora. Thor já girou o martelo.

- Encantor! - Thor disse com dificuldade. Ela lentamente devido a força contraria ao seu copo pegou uma vela no chão e sumiu. Thor pegou voo e sumiu em um portal. 

Merda agora estou sozinho. 

O ritual ainda prosseguia para o final quando Coulson caiu no chão, acordando as outras meninas do transe.   Ao olhar de lado,não havia mais galpão. só havia madeiras no chão e os outros vingadores em pé sem acreditar no que era tudo aquilo. 

POV Valery

Eu sentia meu corpo como uma pluma, tão leve e sem ter medo. Eu podia olhar para o rosto daquela mulher de preto sem teme-la, e podia ver aureas de cores diferentes nas outras meninas. Eu estava em uma cor vermelha, Ophelia estava em uma cor branca, Yelena estava amarela e Evelyn estava azul.

- finalmente a irmandade está equilibrada, mas esse não foi o real motivo. - disse Tessa. todas a olharam com desdem e curiosidade inclusive Bucky. 

- o que isso que dizer? - eu disse 

- deixei que Encantor roubasse uma de minhas velas para que a irmandade fosse criada e que eu me materializasse nessa dimensão. Toda essa matança que voce Valery - ela disse a mim - fez ao lado de sua amiguinha foi para fortalecer minha áurea através de vocês. Usei sua fraqueza contra os fatos e felizmente me ajudou. Apesar de tudo que aconteceu ser minha responsabilidade teve um ponto positivo nisso. Felizmente vocês podem voltar a suas dimensões mas com preços a cumprir manter o equilíbrio entre a fome, guerra, morte e amor. As cores de suas almas representam isso. Caso descumpram suas tarefas serão condenadas em algo pior que a morte. - Minha espinha arrepiou com aquilo. Eu havia saido de um pesadelo a outro.

- Tessa qual a necessidade disso? Pessoas morreram! Muita gente sofreu! Eu fui caçado e datado como um assassino por isso! - O soldado invernal disse a senhora da morte.

- James, meu querido James. Sacrifícios são necessários para se manter no equilíbrio entre a paz e a guerra. Ainda quer saber o porque consegue se curar tao rápido? Quando Zola aplicou-lhe aquele soro else ficou inativo em seu corpo, e quando houve aquela explosão em que quase levei sua alma eu me sacrifiquei por você. - James a olhou sem entender, na verdade nem eu entendi como a morte se sacrifica sendo que ela já esta morta? - não entenda isso como um sacrifício humano, James e sim quando quebrei a minha missão salvando sua vida e não levando-a. Minhas plumas te envolveram apagando sua agonia e ativando seu soro.

James coçou a nuca e respirou fundo e lembranças invadiram sua mente...

Eram as lembranças na base da hydra em Kiev, quando seu corpo pegava fogo e quando fui salvá-lo.....

- aqueles protocolos jamais iriam te dar essa resposta James pois ela estava comigo.

- deveria agradecer? - ele disse nervoso.

- Bucky.. - Evelyin disse indo ao seu encontro - Eu sinto muito que teve que passar por isso apenas por uma armação. Sinto-me mais odiosa do que nunca em relação a isso. Mas se não tivéssemos passado por isso jamais saberia o que estava acontecendo contigo.

- e custava ela me dizer? Sem precisar disso? Droga Tessa isso foi divertido para você? Não espere... Nem responda isso. - Ele disse , apossando na cintura de sua amada e saiu caminhando em direção contraria.

Tessa revirou os olhos e aparatou até ele ficando em sua frente.

- Nao fique tao irritado comigo James, sabe que foi necessário. - James continuou a andar rapidamente e vi Ophelia e Yelena sumirem em uma fumaça

- Espere para onde elas foram?! - Eu gritei

- para onde elas deveriam estar. - Tessa dizia ainda olhando de longe James sumir no horizonte sendo seguidos pelos amigos coloridos. Todavia Darcy e Tauriel ainda estava parada me olhando. Elas pareciam derrotadas. Suspiramos uníssono e seguimos também nosso rumo.

[…]


Pov Valery

Pela primeira vez estava na casa da Darcy, ela me olhava sempre com medo de eu sair correndo pela porta que entrei a todo momento. Tauriel me acompanhava eramos inseparáveis.

- minha casa é sua sabe disso não é? Darcy disse colocando dua sacola no sofá. Eu engoli a seco não me imaginava de volta com minha irmã assim tao rápidamente, mas adorava a ideia, pois ela me lembrava a vovó sempre...

- nao sei se vai querer duas assassinas em sua casa. - eu disse meio cabisbaixa. - ela puxou meu queixo para cima.

- nao esqueça membro de uma irmandade esquisita de outra dimensão. - ela disse em humor e então rimos. Droga como sentia falta daquilo.... Nos nos abraçamos forte e choramos juntas ate Tauriel vir com um bolo da cozinha se lambuzando inteira.

- esse bolo aqui não era de ninguem certo?....

Pov Eve

2 dias depois da revelação da armação da senhora da morte. Bucky parecia sempre com raiva. Minhas canções a noite não o acalmava mais nem a campainha de Natasha e Steve. Era sempre de mal humor.

- Bucky temos que resolver isso. - não pode mais se culpar pelas mortes que Tessa armou. Lembre - se que foi a Valery que fez isso.

Recebi um silêncio em resposta.

- babe fale comigo....

- como ela pôde? Tantas mortes e sofrimento que carreguei ns costas, ela sabia disso eu estava conseguindo me curar e isso acontece Eve. Isso é tao injusto.

- talvez porque todos nos temos um destino a cumprir e temos que aprender com a mensagem que o próprio destino quer nos ensinar. - ele me olhou curioso. - Não é a chegada que é importante Bucky mas e sim a trajetória que vivemos e infelizmente você é uma pessoa especial e que coisas ruins lhe aconteceram. Assim como eu, assim como Valery e os outros. Talvez Tessa quisesse nos ensinar que mesmo que toda vez que nos sentimos em paz, sempre lutamos contra nossos demônios e sacrificamos cada parte de nós por aqueles que amamos a fim de sustentar nossas áureas nessa vida para dar sentido a tudo que fizemos. Nada foi e nem é em vão. - Seus olhos se encheram e abraçou minha cintura.

- esta falando como ela...- eu ri depois disso. Talvez seja minha parte da irmandade em ação. - Então esta insinuando que eu a perdoe?

- escolha sua querer perdoá-la ou não quero que você se perdoe daqui a diante. - nossos olhos se encontraram e depois de longos minutos sua face suavizou e seus lábios encontraram com o meu.

- eu irei. - foi neste momento que senti que ele conseguiu concertar seu passado, aprendeu a lidar com seus demônios e viver em paz.

Voltando Pov Tessa

Vi o desfecho daquela história terminar da melhor maneira possível, não era perfeita, mas nao poderia faltar um toque da morte. Eve voltara a viver tranquilamente com James, Jemma que antes o ajudava em sua pesquisa e deu um pendrive estranho para o mesmo, continuou trabalhando naquele projeto. No pendrive havia informações que estavam nas maos dos irmãos Maximoff. Era o protejo dos "apromirados" um programa em que pessoas eram cobaias para experimentos assim como Bucky fora antigamente. Dessa vez Wanda Maximoff e Pietro Maximoff eram as cobaias. Jemma os ajudou a descobrir suas habilidades sendo uma de suas mentiras ao lado de Fitz.

Coulson continuou com a posição maior na shield mas nunca esquecera sobre o acontecido no galpão e passou longos meses conversando com Fury e se envolvendo secretamente com agente May.

Steve e Natasha começaram um relacionamento, Sam foi nomeado um vingador e Tony depois de tudo isso pediu aposentadoria.

Thor que aparecera por Encantor foi a sua busca e descobriu que a vela que roubara era para seu irmão Loki e suas feitiçarias. E a prendeu nas grandes masmorras de Asgard por crimes contra "midgard" assim como ele chamava a terra.

Ward conseguiu se redimir com a shield depois de uma longa conversa e Skye o perdoou completamente apos descobrir que estava grávida.

Ophelia e Yelena trabalham entre as dimensões como punição por descumprirem a ordem natural das coisas vindo para a vida. Assim como eu, que também paguei pelos meus erros caminhando por terra/realidade como uma mutante comum fadada a ver e observar a vida do meu sacrifico até que ele termine sua jornada na terra.

Fim.



Notas Finais


Finalmente consegui escrever e resumir tudo que queria colocar em capítulos, mas finalizei o que é importante não gosto de deixar pontas soltas, desculpem se nao foi ao agrado. ahm as pessoas que favoritaram dese sempre peço desculpas por esse longo hiatus que houve e chegar com apenas um capitulo para acabar com tudo, contudo desculpem mas foi necessário. Agradeco as pessoas que estão favoritando a historia agora espero que tenham uma boa experiencia com essa fic que eu amava tanto. Caso queiram ler ele em volume único entrem no meu perfil no wattpad ( @gotzeussextape) e agradeço por em terem lido até aqui. Ah e Agradeco tbm pelo 1k de visualizações no wattpad e aqui no spirit
Entao é isso :) bjs até.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...