1. Spirit Fanfics >
  2. O irmão da minha melhor amiga - fillie >
  3. Chapter twenty two

História O irmão da minha melhor amiga - fillie - Capítulo 22


Escrita por:


Notas do Autor


O que acharam da nova capa?(eu que fiz)

Oi pessoas queridas, então eu queria pedir pra vocês revisar os capítulos anteriores, porque eu fiz uma adaptação.
Não foram todos mas é só isso mesmo

Boa leitura❤🔥

Capítulo 22 - Chapter twenty two


Fanfic / Fanfiction O irmão da minha melhor amiga - fillie - Capítulo 22 - Chapter twenty two

 

MILLIE 

— ele gostou? - pergunta sadie saindo do mar 

— o que?

— duh, da langerie - diz Sadie sentando na areia 

— hmmmm acredito que sim - falo sentando ao lado dela

— bem que você poderia me emprestar né, ela é tão bonitinha 

— porém ela não existe mais - falo passando um pouco de protetor solar na pele 

— que??? Como assim??? 

— Da pra falar mais baixo, e respondendo sua pergunta: ele simplesmente rasgou - falo olhando pra Finn que estava jogando vôlei com Caleb

— amas... Foi tão cara pra ele simplesmente rasgar. Significa que o negócio foi bom 

— pois é amiga, não tenho culpa se eu sou gostosa - falo me exibindo 

— iiih ainda é convencida

— vamos comprar sorvete - falo puxando ela pra a barraquinha de sorvete 

— um de chocolate, e um de limão - sadie diz ao mocinho da barraquinha 

— obrigada 

— iiih amiga olha aquilo - diz Sadie apontando para duas garotas que conversava com Caleb e Finn totalmente assadas. 

— apenas observe - falo 

A menina estava preste a se jogar em cima dos dois. Finn me olhou como se tivesse falando "socorrooo me ajude aqui". Ri da sua cara e falei a sadie:

— vamos antes que elas percam o controle - falo puxando sadie até eles 

— oi amor tudo bem por aqui - falo abraçando finn de lado 

— estava tudo bem né - fala a garota olhando com nojo pra mim 

— vocês são daqui? - pergunto 

— sim, somos do Rio de Janeiro 

— ah somos de Vancouver, Canadá - falo 

— ah, então já vamos indo. Vocês querem passar o núme

— esquecemos nossos celulares no hotel e não sabemos o número de cor - sadie interrompe a garota 

— ah tabom então. Qual é o quarto de vocês? - pergunta a garota. Eu já estava agoniada com isso 

— não importa - falo 

— agora se nós derem licença precisamos de privacidade tá - fala sadie 

— tchau, foi um prazer conhecer vocês - fala a garota com um sorriso forçado 

— credo garota grudenta - falo sentando na areia 

— não precisa ter ciúmes brown - finn sussurra em meu ouvido 

— vou no banheiro, te espero lá - sussurro no ouvido dele e saio 

FINN

Ela saiu e foi até um banheiro, uns minutinhos depois eu fui também.  

— oi - fala colocando a mão na minha nuca

— porque me chamou aqui? - pergunto sorrindo 

Começamos a se beijar lentamente. Paramos por falta de ar, millie desceu os beijos para meu pescoço. Logo começamos um beijo caloroso. Peguei ela no colo, passando as pernas dela na minha cintura, entramos numa das cabines do banheiro. Sentei no vaso e millie sentou no meu colo me beijando, um beijo veroz. 

Eu me hesitei, millie gemeu contra minha boca quando sentiu minha ereção. Quando a falta de ar nós fez presente millie desceu os beijos para meu pescoço, meu abdômen e finalmente no meu membro. 

Ela ficou de joelho e desceu minha bermuda. 

— você não vai fazer isso não né - pergunto 

— porque não fazeria? 

Millie por fim desceu minha suga, fazendo meu membro ereto cair pra fora. Millie começou seu trabalho.

Ela dar vários beijos no mesmo, depois passa a língua de leve 

Fiquei mais excitado

Logo ela começou a fazer movimentos vai e vem com movimentos devagar  

... 

— mil...s vai mais rápido - falo abafando o gemido 

Ela começa a fazer os mesmo movimentos mais rápido 

millie coloca meu coiso na boca e começa a fazer movimentos vai e vem, enrolo meus dedos no seu cabelo ajudando nos movimentos. Meu orgasmo chega invadindo sua boca a mesma engole tudo. 

Eu estava com a respiração acelerada. 

— uy - falo dando um selinho na mesma 

— se veste logo, se não vão sentir nossa falta. 

Vesti minha sunga, e em seguida a bermuda. Saímos da cabine e fomos até a pia lavar nossas mãos 

— Millie - falo abraçando ela por trás e beijando seu pescoço  

— oi - fala se virando pra mim

— nada era só para se virar pra mim mesmo - falo

Começamos a se beijar. Coloquei ela em cima da pia. Se beijamos por alguns minutos e millie disse

— finn vamos - fala

— tá bora - falo e ela me dá um selinho demorado

Saímos do banheiro e fomos em direção aos nossos amigos

— aonde vocês estavam? - pergunta Sadie

— por aí - fala millie se deitando na areia

— hm sei - sadie fala

— ah vai te catar - falo deitando ao lado da millie

— não disse nada - Sadie fala

... 

16H30M 

Passamos mais algumas horas na praia, porém já estamos voltando para o hotel, vamos numa sorveteira e depois comprar algumas coisas para o Lual de amanhã. 

Tomamos banho, vesti um short moletom, uma blusa larga e por fim calço uma slide, deixei meus cachos tradicionais (natural e bagunçados). 

Millie estava com um vestido estilo Sundae muse/azul, um tênis simples e uma bolsa de lado. 

Seu cabelo ainda estava molhado, ela pega o secador numa mala. E me entrega o secador.

— seca pra mim

Pego o secador, logo numa tomada perto da cama e seco seus cabelos. E pronto. 

— obrigado - fala pegando me dando um selinho.

Ela guarda o secador. 

— pronta - pergunto me levantando da cama

— pronta!

Pegamos o elevador e descemos, Caleb e Sadie ja estava lá.

Nós perguntamos para o recepcionista onde fica a sorveteria mais perto. Ele nós ensinou e fomos conversando. 

— Realmente as loucuras do Noah e o Jack faz falta - fala millie millie sentando no sofá da sorveteria

— nós poderíamos fazer call quando chegarmos - Sadie opina

— Sim, aproveitamos e colocamos o papo em dia - millie diz

— vocês são bastante fofoqueiras - falo passando o braço no pescoço de millie 

— Boa tarde, o que vão querer? - pergunta a atendente simpática

— eu vou querer um milk-shake... - millie pensa - de cereja

— quero um de chocolate suíço - falo 

— quero o mesmo - Caleb fala

— e a senhorita?

— eu quero apenas um de casquinha sabor de mel

— okay, já volto - a atendente fala

... 

— aqui está - diz a atendente entregando a nota

Pagamos e fomos até uma loja comprar coisas para o Lual 

Pegamos a lista de coisas pra comprar.

... 

compramos só o básico para o Lual. Algumas das coisas o hotel iria nós emprestar. Então compramos só velas, comida e bebida e copos.

Pegamos um Uber, apesar de tá de noite estamos cansados.

18H30M 

Chegamos no hotel exaustos, se jogamos no sofá e as sacolas em qualquer lugar e depois iremos deixar no quarto dos nossos pais.

Eu, sadie e caleb estávamos descutindo quem iria deixar as compras, millie estava dormindo. como eu já estava sem paciência falei ou gritei

— OH INFERNO, EU VOU DEIXAR ESSAS COISAS QUE SACO - falo batendo a porta

Dei algumas batidas na porta deles e mãe da millie abriu a porta e pegou as compras 

— cadê a millie - pergunta ela colocando as compras na mesa

— Ela tá dormindo, chegamos exaustos 

— se forem dormir acordem umas 20h para jantar, okay?

— okay, tchau 

Volto para o quarto, caleb e sadie estão deitado no sofá. Ignoro eles e volto para o quarto. Millie ainda dormia 

Deite-me ao lado dela e dormi. 

19H55M

— Millie acorda, vamos nós atrasar - falo sacudindo a mesma 

— hmm só mais um pouquinho - fala colocando a cabeça debaixo do travesseiro 

— já já nós temos que ir jantar

— tô sem fome pode ir - fala puxando os cobertor para cima de seu corpo

— você tá sem fome ou é preguiça?, nos não vamos jantar no restaurante daqui é de outro.

— tabom eu vou - fala se levantando 

— vai trocar esse pijama, só falta você se arrumar 

— vou de pijama mesmo - ela diz entrando no banheiro 

— tudo bem então

Ela escovou a boca, penteou o cabelo e calçou uma slide.

Pegamos o elevador e descemos 

— você vai de pijama - pergunta sadie

— a qual é, é um conjunto de moletom não tem nada de mal - diz millie coçando os olhos 

Nós fomos aos restaurante, chegando lá vimos aquelas meninas de hoje cedo. Sentamos numa mesa que pra se sentar era só um sofá. 

Fizemos nossos pedidos, menos millie ela não tinha fome. Ela tinha sono, muito sono. Ela se aconchego no meu peitoral e esperou o garçom vim.

Todos nós comemos. Millie levou um açaí caso sentisse fome se acordasse de madrugada

Chegamos no hotel e logo fomos para nossos quarto dormir 


Notas Finais


Leiam as notas iniciais plis

Gostaro?

Coiso na boca

Favorite e comentem me motiva a continuar a escrever


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...