História O irmão da minha melhor amiga (Imagine Min Yoongi) - Capítulo 29


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Bts, Min Yoongi, Suga, Suga Bts
Visualizações 534
Palavras 1.259
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


• Recomendo ler ouvindo "Photograph - Ed Sheeran" até o fim do capítulo.

• NOTAS FINAIS SÃO IMPORTANTES.

• Desejo uma ótima leitura pra vocês, meu amores.♡

Capítulo 29 - Baile de máscaras


2 MESES DEPOIS:

Depois daquela briga e reconciliação, a nossa relação só melhorou. Há mais confiança e liberdade entre nós. Isso é bom. 

Depois do Jackson ter explicado tudo o que havia feito e porquê, Yun não voltou mais à escola. Jackson avisou que ela havia ido passar um tempo em outro país, pra tentar uma vida nova.

A apresentação acabou sendo adiada pra semana seguinte e fui um sucesso. Segundo a professora Yana, conseguimos arrecadar dinheiro suficiente para a nossa formatura. E assim ela aconteceu. 

Yana havia dito que a nossa surpresa seria um baile de máscaras, para comemorarmos nossa formatura, aqueles mesmos de filmes escolares. Eu adorei a ideia, nenhuma outra turma daquele colégio havia celebrado com um baile de máscaras.

Falta exatamente uma hora para o baile e nesse exato momento, estou na casa de Mi-Cha me arrumando e ajudando ela a se arrumar.

Mi-Cha: Já disse que esse seu vestido é muito lindo? --- Fechando o zíper do mesmo.

S/N: Disse há 2 segundos. --- Dei risada. --- O seu te deixou com um corpo hein...

O meu vestido era preto, minha cor favorita. Longo, rodado e de ombro à ombro. Sendo enfeitado por algumas pérolas na parte do decote, que não era algo grande. Já o de Mi-Cha era um azul marinho lindíssimo, rodado e acima do joelho. Na parte superior ele era um pouco mais justo e decotado, marcando bem suas curvas.

???: Vocês já estão prontas? --- Batendo na porta, a abrindo em seguida.

Mi-Cha: Kim Namjoon! --- Exclamou alto. --- Já disse que odeio que me apressem!

S/N: Omo, ela disse seu sobrenome... ela está mesmo falando sério. --- Brinquei.

Namjoon: É que eu já estou esperando vocês há 1 hora. --- Murmurou.

Mi-Cha: Vai morrer se esperar mais um pouco? 

O garoto revirou os olhos e fechou a porta antes de sair resmungando.

Caminhei até a penteadeira e parei em frente a mesma, encarando-me no espelho. Sorri ladino lembrando das conversas que tinha com minha mãe sobre o que eu queria ser. Certa vez eu disse que queria ser astronauta, pra poder ir até o céu, pegar as estrelas e dá-las à minha mãe, já que nós duas passávamos a noite encarando o luar debaixo do céu estrelado.

Mi-Cha: S/N? --- Perguntou ao meu lado. --- Você acha que nossas mães estariam orgulhosas de quem somos?

Virei em sua direção, um pouco confusa e surpresa por essa pergunta repentina.

S/N: Eu suponho que sim. --- Forcei um sorriso. --- Mas então... --- Resolvi mudar de assunto. --- Cadê teu irmão? Não o vi o dia inteiro!

Mi-Cha: Também não faço ideia. --- Deu de ombros. --- Se eu fosse você, estaria surtando por ele não dar sinal de vida, pois só poderemos entrar acompanhadas.

S/N: Espero que ele esteja bem, só isso.

[...]

Chegamos e um estranho filme se passou na minha cabeça, trazendo lembranças dos anos que passei nesse colégio. Muitas aventuras. Muitas pessoas. Muitas histórias.

Desci do carro, sendo acompanhada por Mi-Cha que estava de braço enlaçado no de Namjoon. Olhei em volta tentando reconhecer Yoongi, mesmo todos estando usando máscaras sobre seus rostos.

Senti alguém tocar meu ombro e me virei na direção da pessoa.

S/N: Você aqui? --- Sorri surpresa. --- O quê faz aqui, TaeTae? 

Tae: Parece até que não gosta de me ver. ---Retirando a máscara de seu rosto. --- Mas eu resolvi dar uma passada aqui, já que o baile foi aberto para algumas pessoas fora do Colégio.

Mi-Cha: Eu odeio atrapalhar, mas temos que entrar! 

S/N: Mas não tem como eu entrar. O Yoongi ainda não apareceu! --- Disse inconformada.

Namjoon: O Tae te acompanha. 

Tae: Por mim não tem problema algum. --- Estendeu seu braço para que eu o enlaçasse ao meu.

S/N: Sério? Muito obrigada! --- Me juntando ao mesmo.

[...]

Entramos e nada me fazia parar de pensar aonde Yoongi havia se metido. Fui até a mesa de bebidas e me servi um  copo de ponche. Foi aí que senti mãos rodearem minha cintura, juntando-se ao meu corpo. Antes que me virasse a pessoa apenas tampou meus olhos. 

S/N: Yoongi, seus toques eu reconheço de qualq... --- Ele descobriu meus olhos, me virando pra ele.

Min Yoongi: Você nem tem graça. --- Me abraçou. 

S/N: Não tenho graça mas tenho curiosidade. Aonde você estava? Sumiu o dia inteiro!

Min Yoongi: Estava resolvendo algumas coisas... 

S/N: Qual é? Achei que você não fosse esconder alguma coisa de mim.

Min Yoongi: Eu não vou esconder, na hora certa você vai saber. Agora vem! --- Puxando-me até o centro da pista de dança.

Ele deslizou uma de suas mãos até minha cintura enquanto segurava a outra. Coloquei minha mão livre sobre seu ombro, enquanto ele me conduzia pela pista ao som de uma música lenta. 

Durante os movimentos que fazíamos, apenas balançando de um lado pro outro, encostei meu rosto sobre seu peitoral me unindo mais ao tal.

Alguns minutos se passaram até que Yoongi decidiu me deixar sozinha no meio da pista.

Min Yoongi: Já volto. --- Distanciando-se de mim.

S/N: Aonde você vai? --- O questionei confusa.

Ignorando minha pergunta, ele se direcionou ao cara que estava encarregado de colocar as músicas. Aproximou-se dele e cochichou algo em seu ouvido e o mesmo concordou com a cabeça apontando para um canto do salão. Foi aí que perdi Yoongi de vista, e pra não ficar plantada no meio da festa, caminhei de encontro com Tae, Namjoon, Mi-Cha, Sook, Jungkook e Jackson que estavam juntos formando uma rodinha.

MEIA HORA DEPOIS: 

Estava escorada no ombro do Tae, de costas para a pista de dança quando Mi-Cha me cutuca.

Mi-Cha: O quê ele está fazendo? --- Apontando para o mesmo canto do salão que o cara do som havia se direcionado. 

Me virei confusa encarando a ação de alguns rapazes. Eles estavam empurrando um piano e o posicionando no canto do salão. Um deles era Yoongi.

Nesse momento a atenção de todos estavam direcionadas à ele. Ele calmamente sentou-se no banco e ajeitou-se, se posicionando pra tocar. Antes que ele começasse a professora Yana, pegou um microfone e o ligou, enquanto segurava um papel que ao que parecia ela iria ler. 

Yana: "Sei que às vezes, ou na maioria delas, não sei me expressar bem com as palavras. Por isso decidi tornar essa noite de comemoração em algo mais especial ainda. S/N, eu te amo e espero que consiga entender através dessa melodia." --- Leu aquele pequeno bilhete, e quando terminou sorriu em minha direção.

Assim que ela terminou sua leitura, Yoongi começou a tocar uma linda melodia no piano. Era algo mágico. Mesmo não contendo palavras, seus sentimentos puderam ser compartilhados através de cada acorde musical.

Encerrando àquela linda e inesperada "apresentação" os alunos começaram a aplaudir e assobiar, demonstrando que gostaram do ato.

Eu ainda estava processando o que acabara de acontecer, quando Yoongi vem até mim e para em minha frente. Com as mãos nos bolsos da calça me encarou, esperando alguma resposta minha.

Impulsivamente eu o beijei. Era um beijo lento, carinhoso e apaixonado. Cessamos o beijo por falta de ar, selando nossas testas. 

S/N: Eu te amo, Min Yoongi. --- Disse finalmente, nos distanciando e o encarando.

O garoto deu um sorriso gengival, que jurava ser o mais sincero.

Min Yoongi: Só queria dizer que ouvir isso mais vezes não mataria ninguém. --- Brincou.

S/N: Deixa de ser bocó! --- Empurrando levemente seu ombro.

Mi-Cha: Está vendo, Kim Namjoon? --- Cruzou os braços. --- Esse tipo de coisas você não faz. --- Resmungou ao mais novo.

Namjoon: Não, mas eu faço outras coisas das quais você nunca reclamou. --- Falou maliciosamente.

[...]

Mais tarde a nossa noite festiva encerrou-se, infelizmente. Mas o que eu posso dizer é que essa foi uma das melhores noites que já tivemos.


Notas Finais


•Link da música no piano: https://youtu.be/ZJ6aecUILHw

• Gente, vocês sentem falta das imagens? Porquê eu sinceramente, acho que não é algo que seja necessário, mas se vocês quiserem é só dizer nos comentários que eu volto a colocar as fotos.

• Não sei se conseguirei atualizar essa semana, pois as minhas provas começaram e tenho que estudar.

• Tenham um bom dia/boa tarde/noite (Depende do horário em que estiverem lendo isso), e até o próximo capítulo.♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...