História O irmão do meu namorado. - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 22
Palavras 878
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Literatura Feminina, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 21 - Cap 21


Cristian 

Duas semana se passou deste daquela noite , Felicia pediu demissão,  deste então não conversei mais com ela , a vi um certo dia ,estava num ponto de ônibus, com seus cabelos soltos ruivos, que acho um charme ,é completamente adorável,mais não me aproximei, suponho que nesse momento ainda está magoada , não comigo,mais querendo ou não estou incluído, confesso que sinto sua falta ,e sei que deve está passando por uma situação dificil principalmente sem trabalho, amanhã vou procurar- la , falar que pode contar comigo. 

Hoje vou sair com uns amigos para a boate ,curtir um pouco, e Beth e suas amigas claro que vão está no local , então será só diversão. Desço a escada e vejo Caio ao telefone ,parece inquieto, e discorda com alguém,ele desliga e me encara.

- Está tudo bem Caio? Pergunto 

- Não exatamente ,é que Pitter está super estranho, Felicia não quer mais contato com ele,e está muito triste .

- Ele está colhendo o que plantou ,como diz o papai , sinceramente eu não tenho dó dele,só quem saiu perdendo nessa foi a Felicia, perdeu o namorado dos sonhos, o melhor amigo,e também o trabalho. 

- Cristian pode me apoiar um pouco,e parar de ser tão egoísta, acha que não sei de suas más intenções com Felicia. 

- E daí, se tenho intenções com ela? Quer saber vai consolar seu namoradinho ,e me esquece. 

Chego na boate e vejo meus amigos, Beth chega com suas amigas,bebemos nos divertindo. 

- Cristian aquela não é a namorada do Caio? Pergunta Beth 

Eu me viro para olhar, Felicia servia uma mesa,a vejo indo para o balcão e a sigo.

- Oque está fazendo aqui? Pergunto a encarando

- Trabalhando? diz ela com ironia. 

- Eu sei...porque pediu demissão, sabe muito bem que não precisava fazer isso.

- Cristian ,estou trabalhando, não posso ficar de papo.

Ela sai. Eu a observo ,está muito sexy no uniforme da boate, que por sinal a deixa uma tentação, durante a noite tento não perde- la de vista, ela sorria, e era adorável com os clientes,que me causa raiva, pois sei que muitos ali estão querendo se aproveitar dela,isso não vou permitir. 

Conheço o dono da boate,temos alguns negócios emcomum ,e ele me deve uns favores ,então vou até ele e peço para liberar-la mais cedo ,ele concorda sem guestionar, depois a vejo saindo,então vou pegar meu carro,ela estava parada esperando um táxi.

- Entra eu te levo.

- Obrigada,mais estou esperando o táxi.

- Felicia ,entra deixa de ser boba,não te fiz mal algum. 

Ela parece pensativa,e aceita a carona.

- Porque pediu demissão? Pergunto novamente.

- Não conseguir fingir que tudo estava bem... Mas fiz a escolha certa. É você como está?

- Bem... desculpe eu não ter ido antes te visitar. 

Ela me encara e sorrir.

- Porque faria isso? Nem somos amigos Cristian. 

- Porque você não aceita ,sério eu mudei em relação a você, percebi que é uma boa pessoa.

- Ok.

Chegamos a residência dela. 

- Obrigada por a carona.

Eu a puxo e a beijo nos lábios, sei que vou levar um belo tapa ,mais é o preço digno. Ela apenas se afasta.

- Não faça mais isso tenho um novo namorado.

- Oque?!

- É o que ouviu,achou que sou de ficar chorando.

- Não, não e não, vai terminar esse namoro entendeu ,eu tava na fila primeiro.

- Que fila seu estúpido?

- Na fila ,após ao Caio, então se quiser ficar com alguém será comigo e se caso não termos certo,aí sim talvez pode encontrar outro alguém.. 

- De onde tirou essa idiotice Cristian? Não existe fila,e não vou ficar com você seu patético, e para com essa mania de ficar me beijando.

Eu a seguro por o braço, como pode ela fazer isso ,ela sabe muito bem que estou afim dela.

- Estou afim de você Felicia.

Ela me encara. 

- Acho que você está bêbado, sou uma maluca de ter aceitado a carona com um bêbado.  

- Não estou poxa garota ,só uma chance ,sou um cara legal ,não sou gay.

- É o irmão do meu ex namorado,acha que sou maluca,posso até parecer mais não sou,e cai fora seu alcoólatra. 


Felicia 

Ele me segura, sinto o cheiro de vodca misturado ao perfume, confesso que ele é gatinho,mas é encrenca, e irmão do Caio,  me sinto tão sozinha as vezes,é tanta coisa acontecendo na minha vida,as vezes é bom ter alguém para conversar, ri e Cristian é um idiota ,tive mentir que estou namorando ,mais vejo que não adiantou. 

- Quer sair para dançar? Pergunta ele

- Eu dirijo- falo.

Vamos para uma boate menos movimentada,dançamos,e começamos a beber mais .

- Eu não era para ter aceitado,você é um chato,lindinho mais chato,idiota.

Ele me beija.

- Para de enfiar essa lingua na minha boca Cristian ! 

- Mais é muito gostoso Felicia  vamos sair daqui, fazer loucuras sem pensar no amanhã. 

- Não transar com você. 

- Porque?

- Porque você não ser meu primeiro homem Cristian.

- Você é virgem Felicia?

- Sou ,e daí...o Caio não me guis. 

Ele ri.

- Para de ri,eu não tô bem ,tô tonta.

Sinto tudo girando em minha volta,isso sempre acontece quando tomo bebida alcoólica,  minha nossa acho que vou desmaiar...







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...