História O Irmão Do Meu Namorado - Capítulo 103


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Visualizações 109
Palavras 410
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 103 - Capítulo 103


Estamos sentados na sorveteria. Gosto dos olhos dele,porque combina com a pele branca e os fios de cabelos pretos  lisos que escapam pelas laterais do boné. 

 Ele é divertido,um gato pra falar a verdade. Não deve ter mais de vinte anos e eu me pego querendo saber quando foi que decidi ter essa queda por novinhos.

 Ele me fala sobre seu curso da faculdade e um pouco sobre ele. Gosto mais de ouvir do que falar. 

Ouvir ele me faz esquecer um pouco da minha vida. Ele também diz que mora perto,então saímos da sorveteria e andamos um pouco, antes que eu volte pra casa. 

O engraçado é que não quero voltar pra casa,lá tudo está quieto e solitário. 

 __Você devia tentar andar de skate. 

 Ele me olha pra ver minha reação. Acabo rindo e digo:

 __Já tentaram me ensinar uma vez...

 Então eu penso "nele" outra vez essa noite.

 Merda,Sky.

 Ele questiona:

 __E então? 

 __Então não deu muito certo.

 Ele ri,acabo sorrindo também. Eu vou tentar mudar de assunto,mas quando abro a boca ele diz antes:

 __Eu moro ali. 

 Ele aponta para uma esquina e vejo uma porta do lado dessa rua estreita.

 Ele anda. Eu o sigo,não sei bem porquê. 

Depois de alguns passos,estamos de frente a sua porta. Ele pisa no skate e o segura apoiado no chão com uma das mãos. 

Ele vai dizer alguma coisa, eu vou até a sua boca. Ele parece surpreso por um instante. 

Mas logo em seguida está retribuindo o beijo. Ele está encostado na parede e eu acho que não estava pensando muito bem quando comecei a beija-lo. 

 Eu me afasto. 

Estou sem graça demais para olhar ele nos olhos. Mas ele apenas diz:  

__Uau. Bem... 

Eu o interrompo: 

 __Me desculpa, Simon... 

 Passo as mãos em meus olhos por um instante e continuo:

 __Acho que eu só estava precisando de...contato...físico ...humano.

 Isso é algo idiota de se dizer e me arrependo assim que termino de falar. Mas ele ri, e ri de forma graciosa,depois diz: 

__Huh,tudo bem. Você quer entrar? 

 Eu apenas digo: 

 __Acho melhor eu ir pra casa.

 __Posso te levar se quiser...

 __Não! É logo em frente,não precisa.

 Sorrio pra que ele possa se confortar. 

 Ele apenas assente. 

Eu começo a seguir mas me viro quando ele diz:

 __Olha,quando você estiver precisando,sei lá ,de mais contato físico humano, eu estarei aqui. 

 Ele está sorrindo e eu apenas afirmo com a cabeça,ele parece divertir-se com que aconteceu. Gosto dele.         



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...