História O Irmão Do Meu Namorado - Capítulo 108


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Visualizações 67
Palavras 379
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 108 - Capítulo 108


Eu não repondo nada,mas ele toma isso como um sim e sorri satisfeito dizendo: 

 __Vou pegar algo pra gente beber. Ele segue para a cozinha. 

Eu sigo olhando pra suas costas e tem mais tatuagens. Choramingo. 

 Acho que descobri uma queda por tatuagens também.

 Tatuagens. 

Justin. 

 Justin.

Tatuagens. 

 Passo as mãos nos olhos. Tenho que não pensar. Mas é difícil. Ouço ele dizer da cozinha: 

 __Você pode se sentar aí e ficar a vontade,eu já tô indo. 

 Simon volta com um vinho e duas taças. Isso não vai prestar. 

 Álcool. 

Sky.

 Sky. 

Álcool.

 Mas aceito assim mesmo e tomamos algumas taças. 

 Ele se sentou ao meu lado e eu queria tirar os olhos do abdômen do cara,mas é meio hipnótico  tentar saber como e onde essa tatuagem termina.

 As coisas já começam a girar lentamente  e eu quero rir de qualquer coisa que ele diga,então acho que é hora de parar. 

 Eu não estou bêbada,mas aérea o suficiente pra dizer: 

 __Preciso ver como  e onde a sua tatuagem termina. 

 Ele ri. Mas eu ainda estou séria e curiosa. Ele apenas se afasta um pouco,abre os braços e diz: 

 __Fique à vontade.

 Estou surpresa e ansiosa ao mesmo tempo. A vergonha tá longe de fazer parte de mim agora, depois dessas taças de vinho. 

 Mordo meus lábios com um sorriso. Vejo ele respirar fundo. Coloco minhas mãos no cós da sua calça e afasto devagar de seu corpo.

 Choramingo.

 Porque não dá pra ver. Olho pra ele que apenas ergue as sombrancelhas. Ele diz: 

 __Uau. Você desiste rápido demais das coisas. 

 Ao ouvir isso lembro que eu não tive coragem de ir ver o Max. Ou seja,eu desisti do cara que eu amo por medo de ouvir alguém dizer que ele me odeia.

 Eu começo a chorar. Simon vem até perto  mim e diz:

 __Desculpa,eu não quis dizer isso,eu só... 

 Ele me abraça e eu choro um pouco mais. Ele diz depois de um tempo: 

__Você quer falar sobre isso?

 Apenas respondo: 

__Não. 

 Ficamos assim por um tempo. Já não estou chorando,mas ainda me sinto triste. Ele diz próximo ao meu ouvido:

 __Tem alguma coisa que eu possa fazer por você? 

 Apenas respondo:

 __Eu só quero não pensar em nada. 

 Ele diz: __Acho que tenho uma ideia de como fazer isso.      



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...