1. Spirit Fanfics >
  2. O jogador e a princesinha do pop (Kally's mashup) >
  3. O desabafo

História O jogador e a princesinha do pop (Kally's mashup) - Capítulo 44


Escrita por: Alvinegra-

Notas do Autor


Essa montagem não tem haver com o capítulo, só quis fazer porque achei divertida, boa leitura.

Capítulo 44 - O desabafo


Fanfic / Fanfiction O jogador e a princesinha do pop (Kally's mashup) - Capítulo 44 - O desabafo

Kally assim que chegou em casa, tomou um banho e se arrumou, optou por um vestido longo florido, colocou um cinto por cima, calçou um tênis.  Passou seu perfume favorito, colocou a pulseira que ganhou do namorado em seu pulso. E pegou os presentes do Kevin, o que ela comprou e o que a Tina pediu para entregá-lo. Dante a espera na sala, conversando sobre futebol com o sogro. 

–Então quer dizer que você é o novo jogador do Boca, fico feliz, sempre soube do seu potencial. Apesar de ser rival, torço pelo seu sucesso.—Mike falou. 

–Obrigado, sogrão. Pois é, estou realizando um grande sonho, desde a infância, luto para esse dia acontecer.

–Você merece, cara. É craque, ainda verei jogando pela nossa seleção, acredite. 

–Vamos Dante?—Kally disse aparecendo na sala. 

–Claro amor, tchau sogrão, adorei nossa conversa. Amor, você está muito linda.

–Obrigada, você também tá lindão, agora temos que ir, odeio atrasos.

Eles saíram de mãos dadas e entraram no elevador. O zagueiro não parou de olhar para a namorada, admirado com a beleza dela. Dante sempre achou a garota muito bonita, mesmo antes de se aproximarem, isso não é segredo pra ninguém. Mas hoje, ela está mais linda do que nos outros dias, pensou o rapaz.

Eles desceram do elevador, indo até o portão do prédio, e, então, saíram, rumo a casa do Kevin. 

Ao chegarem, se depararam com uma surpresa. Alex, ele estava com o irmão e os outros colegas. 

–Kevin, feliz aniversário, tudo de bom, neste dia especial. Espero que goste dos presentes, esse aqui, quem deu foi a Tina e esse eu comprei.—Kally disse abraçando o amigo. 

–Obrigado Kallyzita, ela veio?—Ele perguntou esperançoso.

–Sim Kevin! Eu pensei muito e resolvi vir, de última hora. Não posso perder sua amizade e sei que esse dia é especial pra você, feliz aniversário.—Tina apareceu do nada.–Ah, espero que goste do presente.

–Não acredito, esse é o meu melhor aniversário. Você e o Alex me fizeram a melhor surpresa que alguém poderia ter. 

–Uns dias antes, ela me fez prometer, que eu tentaria estar presente, nesse dia tão especial, então tive que vir. A escola me deu uns dias de folga, mas volto essa semana.—Alex disse.

–Bom, não somos mais namorados. Contudo, continuarei sendo a sua amiga e sempre querendo o seu bem.—Tina abraçou o aniversariante. 

A mãe do rapazinho, saiu distribuindo churrasco, para os convidados. O som estava bem alto, tocando uma música do Axel, Kally ama o cantor argentino. Está tocando tu amor por siempre. Dante chamou sua namorada, para dançar. Ele sente que tem algo estranho, pois Kally sentou-se num cantinho e não conversou com ninguém, o jogador sabe que a namorada é extrovertida, logo viu que tem algo errado. 

–Ei, o que foi? Me diz o que está te incomodando. 

–Juro que não é nada sério. Só cansaço. 

–Kally, eu te conheço, sei que tem algo errado. Me diz, quero te ajudar.

–Bom, ouvir meu pai conversando com meu tio Charly, e pelo que parece, ele e a minha mãe, irão se divorciar. Eu não quero que isso aconteça. 

–Linda, se os seus pais não estão bem, será melhor a separação, até pra você. Imagina vê-los brigando todos os dias, isso é chato e para evitar esse tipo de problema, o melhor é que eles se separem, assim poderiam continuar amigos. E outra, eles não deixaram de ser seus pais.

–Você tem razão, obrigado por estar comigo, no pior momento da minha vida. 

–Sabe que você pode contar comigo, sempre que precisar. Agora curte a festa do nosso amigo e não se preocupa com os problemas dos seus pais, eles são adultos e maduros, irão se resolver. 

Dante tranquilizou a namorada, depois da conversa, ela ficou mais animada. Eles pararam de dançar, assim que a música acabou. 

–Alex, como está o novo time? Andei pesquisando um pouco sobre ele e dizem que é bom.

–Dante, me adaptei rápido, em menos de um mês, já havia me encaixado na equipe. Confesso que sinto saudades dos meus antigos colegas, mas estou adorando a nova escola. Soube que vocês ganharam o torneio, com o time dos Leões, fico feliz.

–Pois é, ganhamos mesmo e dedicamos pra você. Queria que estivesse naquele dia, seria tão maneiro. Mas você também ganhou título, não foi?

–Sim, o regional, cheguei bem no meio do campeonato. E me deixaram jogar a final. Aliás, Boca juniors hein, parabéns irmão, sempre soube do seu potencial.

–Meu namorado, é incrível, devo admitir. Até eu, que torço para o rival, estou feliz por ele.

–Também recebi propostas dos times daqui, quando eu terminar o colégio. Por enquanto, não contém nada ao Kevin. Ainda estou decidindo onde quero jogar.

–Isso é incrível, quem te fez a proposta? Vou te apoiar, seja qual for sua decisão.—Barkin disse.

–River Plate foi o primeiro, se eu tiver que vir, irei jogar lá.

–Aaaaaaa, você é o melhor, te amo.—Kally extravasou.–Eu ficaria honrada em vê-lo usando a camisa do River.

–Sei que ficaria, você é a maior torcedora deles, que eu conheço. Gosto do time e acho uma boa, para iniciar minha carreira.

Ponce cantou na festa do amigo, se divertiu bastante, até jogou videogame. Ficou irritada, quando perdeu para o namorado no FIFA. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...