História O jogo do amor - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys (BTS), Bangton Boys, Bts Yaoi, Comédia Bts, Jimin, Jimkook, Jin, Jung Hoseok, Jungkook, Kim Seokajin, K-pop, K-pop Yaoi, Min Yoongi, Park Jimin, Romance Bts, Sexo Bts, Suga
Visualizações 14
Palavras 903
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Só uma curta para o enredo aprofundar.
Obrigada por acompanharem !

Capítulo 9 - Louca obsessão


Fanfic / Fanfiction O jogo do amor - Capítulo 9 - Louca obsessão

Kim Taehyung não deixou de perceber a movimentação estranha e o sumiço de Jimin e Jungkook após ambos andarem tão estranhos aqueles tempos. Nanjoom disse que deveria ignorar aquele sexto sentido, mas era impossível: não quando se tratava do homem que amava. Sim, amava Jeon Jungkook e nos últimos dias o mesmo estava tão calado que o assustava, preso em um mundo que não conseguia entrar.

     Isso o fez agir com imprudência, mas que o levou a ter descobertas inesperadas. Foi quando entrou dias atrás no quarto de Jungkook e revirou tudo que podia e encontrou no fundo do seu guarda roupa instrumentos sexuais para homens masoquistas, não que aquilo fosse de fato um problemão, mas tinha acabado de descobrir que o cara que gostava era do tipo cruel. Seu coração disparou, poderia ficar triste? Ou usar isso ao seu favor?

     Fechou tudo e guardou onde estava, quando estava saindo a porta se abriu e Jungkook entrou com uma toalha amarrada em sua cintura, pode ver seu abdômen definido, tentador, os cabelos molhados deixavam alguns pingos caírem sobre sua testa. Perdeu o fôlego.

-O que faz no meu quarto Kim? – franziu o cenho, sem entender.

      Jungkook logo correu em disparo até onde estavam seus instrumentos sexuais, abriu o guarda roupa e viu tudo intacto.

-O que quer no meu quarto?

-Estava atrás de você... – conseguiu dizer, apesar de estar sem fôlego.

-Já pode sair.

-Você não era assim...

-Quer me ver se trocar? – perguntou, erguendo uma sobrancelha, e então sorriu dando risada – Se ficar vai ter pesadelos.

-Eu fico.

-Olha! Eu vou tirar... – ameaçou soltar a toalha, fazendo graça a Taehyung.

-Eu vou ficar.

        Jeon percebeu que aquele olhar não era de amizade, Kim não piscava, o fitava com intensidade e desejo. Eram melhores amigos... Aquilo o revirou o estômago por um momento. Não havia nenhum outro homem além de Jimin que fosse capaz de despertar desejo nele.

-O que quer? – perguntou, suspirando.

-Queria conversar, você anda chateado, distante. As fãs estão percebendo, você não posta storie... Nada, sumiu. Logo você que não pode fazer isso! Vão acabar nos cobrando!

-Essa é sua preocupação? – ergueu uma sobrancelha o analisando.

   Taehyung sorriu descontraindo, apesar de seu coração estar disparado.

-Era só isso...

-Sabe onde está Jimin? – perguntou retirando a calça e uma camisa do cabide.

    Taehyung revirou os olhos. Que vicio repentino era esse, sempre Jeon falava de Jimin.

-Está trancado no quarto, deve estar fazendo alguma música.

         Jungkook riu de repente, de forma maldosa, aquilo arrepiou Tae por inteiro. O que era tão engraçado?

-Vou me trocar. – disse olhando de forma sensual Kim Taehyung, mas era porque seus pensamentos estava em outro alguém.

-E-eca! – disse sem graça, indo se retirar.

     Arrancou a toalha ficando completamente nu, e então teve uma reação surpreendente do amigo, que arregalou os olhos para ver seu membro, e então o mediu com os olhos.

 -Como pensei... – murmurou – É esse realmente o motivo de me procurar?

     Kim se afastou um passo apenas, seu coração parecia querer sair pela boca, completamente vermelho. Jungkook sorriu com malicia e foi em sua direção sem medo e completamente nu, o agarrou o queixo com a mão e obrigou que o olhasse.

-Saia agora do meu quarto. – disse sério.

      Taehyung disparou para fora, se escorou nas paredes, totalmente abalado, não estava triste, e sim a visão incrível que teve. Depois de tanto tempo, pela primeira vez trocaram um olhar que realmente revelava a verdade que guardava a sete chaves. Aigo! O que tinha feito?

      Sentiu um afago no ombro, quando se virou assustado viu Jimin, com um sorriso leve e uma expressão preocupada. Claro, estava surtando no corredor.

-Está tudo bem? – perguntou.

       Kim ia o responder quando percebeu aquelas marcas e roxos pela sua pele branca, o pescoço marcado, os ombros marcados pelo que deveria ser chicotes, os punhos feridos, também marcados, e os hematomas pela extensão do corpo. Aquilo não foi feito em uma briga, com toda certeza. Ficou então, furioso.

-Hei, Tae, o que você tem?

       Taehyung se afastou para olha-lo por inteiro, pelo cansaço e a forma que andava sentindo dor, pelo que viu no guarda roupa de Jungkook, já sabia o que estava acontecendo ali. Aquilo o ferveu o sangue, não, não poderia permitir. Jimin não podia ser melhor que ele. Não. NÃO!

-Nãooo! – empurrou Jimin de repente contra a parede e o pressionou o pescoço com o braço, o fuzilando com os olhos – O que aconteceu com você e Jungkook?

       Os olhos de Jimin encheram-se de medo, tentou se soltar mas não conseguiu, sufocando. Um puxão, Jin gritou irritado.

-O que é isso? – perguntou os olhando – Por que estão brigando?

        Suga se aproximou, vindo da sala, colocou a mão sobre a testa olhando com desaprovação.

-Não vamos acelerar o fim do BTS, muito menos por um motivo idiota! – exclamou incomodado, depois parou pensativo – Perai, qual é o motivo disso tudo?

-Eu os peguei assim já..

     Jimin encarou Taehyung e decepcionado, voltou para o seu quarto. Taehyung respirou fundo e encarou os outros dois.

-Tive um surto, Jimin me assustou surgindo do nada.

-Aaahhh... – disse Jin – Vamos comer algo?

-Vamos. – concordou Suga – Chama o Jungkook.

-Ora... Chamo... – disse Jin.

        Taehyung havia perdido a fome, precisava fazer algo, se tornar submisso de Jungkook... Destruir Jimin... Qualquer coisa. Só precisava conquistar aquele que amava. Foi até os seus aposentos.

          Jeon iria conhecer quem ele era de verdade. De uma vez por todas. 


Notas Finais


Agora temos mais um na lista.
O que vai acontecer? Logo irei atualizar.
Comentem o que acharam, se foi bom ou não, aberto a opiniões, a critíicas principalmente e amando cada elogios. Amo voxeeesss....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...