1. Spirit Fanfics >
  2. O jogo (imagine Jeon Jungkook) >
  3. Vou cuidar de você pt2

História O jogo (imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Mais uma capítulo para vocês amores ❤

Capítulo 19 - Vou cuidar de você pt2


Fanfic / Fanfiction O jogo (imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 19 - Vou cuidar de você pt2

3 dias depois... 

Acordei com a minha cabeça pesada e com o bip do aparelho de medir os batimentos cardíacos. Fui abrindo os olhos de vagar por conta da iluminação da sala e logo percebi que eu estava num querto de hospital. A sala estava vazia e não tinha sinal nem do meu pai e nem do jungkook. Olhei na minha volta e vi uma grande bolsa de soro conectada no meu braço direito e também um pequeno aparelho conectado no meu dedo indicador para medir meus batimentos. Passei a mão no meu rosto e percebi que eu também estava com uma canula de oxigênio no meu nariz. 

Meu estômago estava embolado e eu estava com um gosto amargo na boca e com um pequeno desconforto na garganta. Fiquei encarando o teto e cerca de dez minutos depois escuto alguém entrar no quarto. 

??: Oi querida. Que bom que você acordou-  a voz rouca de meu pai ecoa pelo querto e eu viro minha atenção para ele com um sorriso mínimo. 

Oi appa- minha voz era baixa- o que aconteceu? 

Ap: você desmaiou na sala de treino. Mas jungkook te socorreu.- ele me olhava preocupado como se aquilo fosse só o início de tudo. 

Aconteceu mais alguma coisa não foi?- falei já preocupada. 

Ap:você sabe por quanto tempo você ficou desacordada?

Não. - o olhei confusa. Eu não sabia aonde ele queria chegar. 

Ap:você ficou três dias desacordada. 

C-Como assim?- o olhei surpresa. 

Ele se aproximou e sentou ao meu lado na poltrona de couro e pegou a minha mão. 

Ap: você esta com um início de anemia. O médico disse que você não tem se alimentado ou se está, deve esta comendo muito pouco. O médico fez uma limpeza no seu estômago- isso explica o desconforto na minha garganta- mas ele não achou nada, seu estômago estava completamente vazio e isso explica a sua fraqueza. E também o seu exagero nos exercícios exigiu do seu corpo muito mais do que ele aguenta. Por isso que você dormiu esses três dias, o seu corpo estava recuperarando as energias que você esgotou. 

Eu tô... Sem acreditar. Nunca pensei que eu ficaria doente assim. 

Ap:você vai ficar em acompanhamento alguns dias e se seu quadro melhorar aí você vai poder voltar para casa. 

Tomara que dê tudo certo. -  sorri minimamente para ele. - acho que meus muitos afazeres diarios me fizeram descuidar da minha alimentação. Mas isso não vai mais acontecer appa. 

Ap:promete?

Eu prometo. - ele sorri e me dá um beijo na testa.- eu vou ficar bem. 

Ap: vai sim- ele sorri e se levanta- eu vou ter que ir para a empresa, mas jungkook vem cuidar de você. 

Tudo bem.  

Ele se afasta e sai batendo a porta me deixando sozinha. O medo e insegurança de encarar jungkook já estava começando a bater na porta. Eu não queria que ele se sentisse culpado ou algo do tipo. A minha bulímia era algo semente meu e eu não queria que ele achasse que a culpa era dele, ainda mais agora que estava tudo indo tão bem. 

Fiquei encarando o teto branco do quarto, pesando se deveria ou não mentir para ele. Mas eu realmente queria poupar ele disso tudo. Eu não queria que ele soubesse o quanto minha vida se tornou caótica depois do que aconteceu. Não queria que ele descobrisse da bulimia ou da minha tentativa de suicídio. Esses episódios da minha vida era algo que eu queria poupa-lo assim como poupei meu pai todos esses anos. Jungkook provou e tem provado que se arrependeu e que gosta de mim, então eu não vejo necessidade de tortura-lo contando essas coisas. 

Jk: sn!?- respirei fundo antes de olha-lo. 

Oi?-sorri com os lábios colados. 

Jk:precisamos conversar- ele falou um pico sério. E meu sorriso se desfez. 

Virei minha cabeça para não encara-lo e comecei a encarar a porta do banheiro. Senti ele se aproximando, ele se sentou na minha cama pegando na minha mão esquerda. 

Jk: se virou a cara é porque já sabe o que eu quero falar com você.  

Eu não sei de nada... O que você quer falar?- meu tom de voz estava mais baixo do que o normal provavelmente por eu estar fraca. 

Jk:porque não tem se alimentado direito?

Eu não tenho tido tempo para manter uma dieta balanceada- juntei todas as minhas forças e falei os mesmo  que eu disse para o meu pai. 

Jk:você está mentindo para mim.- ele falou sério. 

Não estou não.-Eu continuava sem encara-lo. 

Jk:não minta pra mim por favor. Eu não sou idiota e eu percebo as coisas. Eu perecebo como você come pouco, como você sempre vai ao banheiro depois das refeições, como você se encara no espelho. Eu percebo tudo sn..- ele respirou fundo- então Seja sincera comigo. 

Eu já fui.- falei seria. 

Jk:não. Você não foi. 

Então ache o que você quiser. -falei seca. 

Jk:tudo bem então- ele se lentou soltando a minha mão- já que se recusa me falar a verdade eu vou embora- escutei seus passos se afastando de mim e logo o arrependimento bateu com tudo. 

Espera! -virei minha cabeça lentamente em sua direção e o encarei. - eu vou te contar a verdade.- ele se aproximou novamente mais dessa vez ele sentou na poltrona, respirei fundo e juntei toda a minha coragem.- eu tenho bulímia. 

Ele me olhou surpreso, e seu olhar era melancólico. 

Eu...- fechei os olhos na esperança de criar coragem e logo abri novamente- quando eu perdi peso foi tudo ver certinho, eu fiz dieta e exércios, tudo sempre acompanhada por especialistas. Só que depois eu criei um tipo de complexo pelo meu corpo e eu tinha medo que qualquer deslize acabasse com tudo, e eu tinha medo... Na verdade e eu tenho medo de engordar novamante.- ele me olhava sério como se estivesse tentando absorver cada palavra- depois que eu terminava qualquer refeição eu me sentia culpada então eu comecei colocar para fora e isso foi virando uma compulsão e.. Eu não consegui mais controlar. E não importa que eu coma pode ser uma salada ou um sorvete.. Eu sempre acabo colocando para fora. 

Ele me olhava estático. 

Jk:você não permeou em parar? Ou tentar parar? Você tem noção do quanto isso tá te prejudicando!? Tem noção sn? 

Ele falou praticamente gritando. Ele estava furioso, ele levantou da poltrona e colocou mão na cabeça andando de um lado para o outro. 

Jk:você poderia ter morrido! Você tem noção disso?  

E você acha que eu não tentei!!? - falei também me exaltando- acha que eu não tentei parar?- as lágrimas já escorriam pelo meu rosto, eu eu coloquei aseu costas da minha esquerda para tentar conter os soluços- acha que eu fazia por escolha. 

Jk:sn! Não chora- ele tentou se aproximar já preocupado. 

Não se aproxime de mim- minha voz saiu chorosa e abafada por conta da minha mão- eu tentei tantas vezes, eu sabia o quanto isso me faz mal, mas eu não conseguia. - ele se aproximou e me abraçou forte e eu afundei meu rosto no seu peito.- mas eu não consigo sozinha, eu não suporto mais isso. 

Jk:shh... tá tudo bem- ele dava batidinhas fracas nas minhas costas- eu tô com você. E vai ficar tudo bem- eu chorava descontroladamente entre soluços, eu só queria que aquele peso e aquela dor saise de mim.- eu vou cuidar de você meu amor... Você não está sozinha, eu vou cuidar de você porque eu te amo. 

Aos poucos eu fui me calmando e ele me soltou as poucos. Deu um beijo na minhas testa e deito ao meu lado na cama do hospital. Estar com ele me fazia se sentir segura e forte. 

Dormi comigo hoje por favor- falei né virando pra ele e o abraçando. 

Jk:eu não sairia do seu lado.  


Notas Finais


Espero que tenham gostado amores e desculpa qualquer erro.

Lembrando bulímia e anorexia é um problema de saúde grave se você tem esses problemas converse com seus pais e amigos e por favor procure ajuda. Você é linda e especial do que jeito que você é. Eu já tive bulímia mas eu venci e você também pode vencer.

Beijo no coação❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...