1. Spirit Fanfics >
  2. O jogo (imagine Jeon Jungkook) >
  3. Medo

História O jogo (imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


Eu sei...Eu sei...que o capítulo anterior ficou uma merda. Mas eu não tive tempo para elaborar ele, ele foi só uma idéia louca que passou pela minha cabeça e eu resolvi escrever e saiu aquilo mesmo. Mas farei o máximo pafa recompensar vocês.

Capítulo 20 - Medo


Fanfic / Fanfiction O jogo (imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 20 - Medo

Alguns dias depois... 

Finalmente estou em casa, mais especificamente no meu quarto. Aquele hospital já estava me dando nos nervos, por mais que eu tivesse a companhia do jungkook as vezes, ficar olhando para aquelas paredes brancas iam em enlouquecer. Estou deitada na minha cama com as luzes do quarto apagadas e assistindo GOT porque sem dúvidas é a minha serie da vida. 

Jk:posso entrar?- fala colocando apenas a cabeça pela porta. 

Claro. 

Ele entra com uma bandeja nas mãos e fecha a porta com o pé, se aproximado de mim então eu sento na cama e ele senta de frete para mim. 

Jk: eu trouxe isso para você- ele coloca a bandeja nas minhas pernas- eu pedi para a Rosa fazer. 

Obrigada, não precisava se incomodar. 

Jk:aí tem suco de beterraba com uva, tem frutas com cereais e três panquecas- ele falou apontando para cada coisa no prato e eu dei um gole no suco- só coisas que ela disse que você gosta, o médico disse que você tem que se alimentar direito. 

Eu vou me acostumar mal com toda essa atenção- sorriu para ele e dou uma garfada nas panquecas- ainda bem que eu não estou em  casa, eu não aguentava mais aquele hospital. 

Jk:eii não esquece que você está de repouso absoluto mocinha, você recebeu alta ontem e tem que descansar ou você já esqueceu de tudo o que o médico disse? 

Calma aí enfermeiro jungkook. Eu não esqueci não tá- dei mais um gole no suco- e sim, eu sei que estou de repulso não se preocupa tá. 

Jk:assim espero- comecei a comer os cereais encarando o prato e senti os dedos gelados de jungkook acariciar meu rosto- não faz mais isso tá bom? Por favor. Nunca mais se machuce assim, 

Eu nunca mais vou fazer isso- coloquei a minha mão sobre a dele- eu prometo, tudo fica mais fácil já que agora eu sei que não estou sozinha. 

Jk:porque nunca contou para o seu pai? 

Meu pai já passou por muitas coisas e depois da morte trágica da minha mãe eu queria ser um pilar para ele se apoiará sabe. Eu não queria faze-lo sofrer mais com os meus problemas. 

Jk:eu me sinto um monstro por tudo o que eu fiz a você- seu olhar era melancólico- e..E depois de tudo isso eu me sinto mais pior.. Eu.. Eu

Eii shh...shh - o interrompo- tá tudo bem- tiro a bandeja do meu colo e o Abraço forte- eu já te perdoei por tudo. Então não fique se crucificado assim por favor. 

Jk: eu estou tentando mudar sn... Eu juro que estou tentando.- ele me puxa ainda mais para se. 

Eu sei que esta... Eu sei.- me disfarço do seu Abraço e o Beijo em seguida, ele aperta minha cintura aprofundado o Beijo. Mas logo o ar se faz necessário e nos nus separamos. 

Jk:eu amo você.... pena que você não sente o mesmo.- eu o olho com vergonha e um pouco de pena, e logo ele percebe o quanto seu cometário me constrangeu.- pega- ele pega a bandeja e coloca no meu colo novamente- você precisa comer tudo- ele tenta quebrar aquele clima. Eu volto a comer e ele volta a acariciar meu rosto. 

Termino de comer e jungkook leva a bandeja de volta para baixo e eu aproveito para escovar os dentes. Mas logo a porta do banheiro é aberta revelando jungkook um pouco nervoso. 

O que foi?- o encaro enqueto eu ia colocar a pasta na escova.  

Jk:eu só.. Eu só queria me seratificar. Desculpa.- ele fala sem graça. 

Tudo bem... Eu só vim escovar meus dentes. - ele sorri sem jeito sai fechado a porta para que eu possa escovar os dentes me paz. 

"Em eu kkkk muleke doido"

Saio do banheiro entrando no cleset e visto uma calça moletom e uma blusinha curta de mangas longas, solto meus cabelos e me olhou no espelho. Aquele hospital acabou comigo, puxo as mangas da blusa  e olho as marcas roxas deixadas pelas várias injeções de remédios e soros. Ajeito minha blusa e saio do cleset dando de cara com jungkook deitado na minha cama. 

Trocou de roupa.- comento me deitando ao seu lado. 

Jk:eu tinha que colocar um moletom seu quarto é insuportavelmente frio.- ele nos cobriu com o edredon. 

Se esta reclamando seu quarto é do outro lado do corredor.- falei debochada. 

Jk:nossa-fez cara de ofendido- eu aqui todo carinhoso querendo dormir com você e você me expulsa assim. 

Deixa de drama seu bobo- me aconchego nele- você sabe que eu estou brincando. 

Jk:é eu sei. Até porque nada do que você falasse hoje me impediria de dormir ao seu lado- ele começa a fazer carinho no meu cabelo mas somos asustados com batidas na porta. 

Ap:SN!? Posso entrar? 

Só um minuto app- falo alto para que ele possa escutar- se esconde rápido- olho aflita para jungkook que me olha surpreso.- agora vai! 

Ele se levanta num pulo e fica procurando um lugar. 

No cleset seu tapado- falo baixo e ele corre na direção do cleset entrando dentro e fechado a porta- pode entrar appa- grito e logo ele entra. 

Ap: estava falando com quem? - ele me olha confuso. 

Com ninguém- sorriu amarela- acho que o senhor escuto a televisão. 

Ap:é verdade. Bom... Eu vim para te dar um Boa noite- ele se aproximou e me beijou na testa- e te dizer que eu falei com as senhoras Min.

E? O que elas falaram? 

Ap:que o evento não seria a mesma coisa sem você, então elas  resolveram antecipar para o próximo mês, assim você se recupera totalmente. 

Eu não acredito appa!- falo animada- muito obrigada appa.

Ap:tudo pela minha princesa, boa noite querida eu já vou dormir- ele se direcionou até a porta mas virou para olhar para mim- outra coisa... Você por caso viu o jungkook?

E- eu? Claro que não appa- sorri para disfarçar- eu fiquei no meu quarto o dia todo. 

Ap:umh.... Ele deve estar por ai com alguém. Do jeito que ele é deve estar atracado em alguma moça bonita por aí. 

Concordo plenamente. 

Ele vira e sai batendo a porta e eu respeito aliviada, logo jungkook sai do cleset e eu desligo a televisão. 

Jk: essa foi por pouco- ele sorri e eu concordo com a cabeça, ele vem e deitar na cama de novo me Abraçando.- você ainda não desistiu da apresentação né?- assenti com a cabeça- você é muito teimosa.

E você ama- me aconchego a ele que começa a fazer carinho no meu cabelo. 

Jk:o seu pai tem razão. 

Em que?- falo baixo por conta do sono. 

Jk:eu relmente estou atracado com uma moça bonita e prentendo ficar assim a noite toda. 

Ele fecha os olhos e eu fico o observando. Esses dias tem  me despertado tantos sentimentos em relação a ele. Mas ainda estou tão confusa com tudo. Não sei se é só carinho ou atração ou se estou apenas me apegando a ele. A única certeza que eu ainda tenho em relação aos meus sentimentos é que o medo de me entregar a ele principalmente com o nosso passado ainda me atormenta. 

Por fim acabei adormecendo com os meus propios pensamentos. 


Notas Finais


Ficou ruim eu sei. Mas eu realmente queria postar um novo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...