1. Spirit Fanfics >
  2. O Laço entre nós >
  3. Capitulo 2

História O Laço entre nós - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


boa leitura <3

Capítulo 2 - Capitulo 2


Fanfic / Fanfiction O Laço entre nós - Capítulo 2 - Capitulo 2

               *uma semana depois*

Uma semana já havia passado desde que as aulas começaram,todas as turmas ja haviam conhecido seus professores, líderes de torcida estavam sendo convocadas para retomar os ensaios e os capitães de times ja estavam sendo cobrados pelos treinamentos.

A escola estava um verdadeiro caos agora que eles estavam retomando as atividades normais os líderes do grêmio estavam a ponto de enlouquecer.

-Cansei alguém quer tomar meu lugar? - Zenitsu reclamava - quero minha casa essas reuniões do grêmio só me deixa mais exausto

-Calma Zenitsu falta só dez minutos - Nezuko tentou acalmar o amigo porém mal sabia ela que teriam que ficar mais umas horinhas ali

-Então ta tudo decido - Aoi começou a falar - Giyu você é responsável pelo time da escola já escolheu o nome da sua equipe?

-O nome vai ser exterminadores

-Isso é nome de equipe de futebol? - Shinobu intrometeu- se

-Tanto faz por mim,todos concordam com o nome? - Aoi retomou a conversa como ninguém tinha outra ideia para nome todos concordaram - e então Shinobu qual vai ser o nome das líderes de torcidas?

-Onis

-E ela ainda reclamou do nome da minha equipe- Giyu debochou

-Certeza desse nome? não acha melhor outro? - Aoi perguntou

-Se não gostou escolhe outro você - talvez ficar três horas numa reunião de grêmio tenha tirado a paciência de algumas pessoas

-Eu não tenho nenhuma idéia então por mim vocês que lutem - Inosuke disse

-A gente caga pra sua opinião meu amor - Aoi respondeu

-Eu não duvido muito que um dia vocês vão se catar por ai - Kanao disse

-Cala boca Kanao - os dois disseram juntos

-Tabom ,tabom não falo mais nada

-Então a reunião acabou né, não sei vocês mais eu to indo pra minha casa - Zenitsu disse se levantando mais foi parado por Nezuko

-Espera eu vou com você! - a atenção foi toda para Nezuko,e com as caras mais pervertidas que tinham a olharam - que foi?

-Nada depois a gente conversa - Kanao disse a amiga semifechando os olhos como se desconfiasse de alguma coisa,era evidênte a todos que Zenitsu era completamente apaixonado pela garota a única que não percebia isso era a própria Nezuko que é mais lerda que uma anta ou fosse talvez por que ela dedicava seu tempo todo admirando Giyuu ao invés de prestar atenção no que acontece ao seu redor.

Os dois foram caminhando calmamente,Nezuko chutava as pedras que apareciam em seu caminho enquanto Zenitsu parecia um pimentão ao seu lado

-Por que Tanjiro não foi para a reunião,ele é o representante do grêmio ele tinha que tar lá - Zenitsu quebrou o silêncio

-Meu tio está doente ele resolveu ficar com ele em casa

-Sinto muito - o loiro de olhos azuis abaixou a cabeça

-A não, não fique assim é apenas um resfriado logo ele estara bom e voltará a mandar na gente - Nezuko riu sendo acompanhada pela risada de Zenitsu

-Bom esta entregue - o loiro beijou o topo da cabeça da amiga - vou seguir meu rumo

-Não quer entrar? tomar uma água

-Não posso,prometi para meu avô que ajudaria ele hoje

-Tudo bem então,sayonara

-Sayonara- disse se afastando

Tanjiro que estava na sacada viu tudo desde quando chegarem até o beijo na cabeça da irmã, ele sabia do amor que o amigo tinha pela irmã porém não se intrometeria deixaria que Nezuko descobrisse sozinha.

-Você tem que deixar ela viver um pouco - foi destraido do seu transe pela voz rouca do tio

-Onde você quer chegar? - quando o assunto se tratava de Nezuko ele não tinha medo algum de ser grosso com quer que seja

-Você tem que deixar ela viver sua adolescência Tanjiro, você tem que deixar sua irmã sair mais ela tem que aproveitar essa fase, você tem que parar de ser super protetor assim com ela,eu sei que você só faz isso para protegê-la mas aposto que ela não gosta nem um pouco dessa maneira de proteção sua

-Nezuko esta muito bem assim

-Algum dia ja perguntou para ela como ela sente? parou para pensar em como ela se sente vendo suas amigas todas saindo juntas e ela não poder ir.

-Nezuko é a única irmã que me sobrou vou cuidar dela com toda minha força, não posso perder mais alguém.

-Eu sei como você se sente, acha que não sinto falta delas? porém você não pode prender Nezuko,ela não teve culpa de nada, pensei sobre isso Tanjiro,lembre-se também que ela sofreu mais que todo mundo nessa casa não se esqueça do sentimento de culpa que ela tem por conseguir ser a única a se esconder ela carrega esse fardo com ela, ela se sente culpada por ter conseguido se esconder e não salvar ninguém ela carrega todo esse peso em seu ombro ela viu tudo,ela viu sua família morrer na sua frente - suspirou - ela sofreu muito Tanjiro deixa ela dar a volta por cima,ela precisa sair com as amigas sem você estar por perto ela precisa se sentir livre,logo ela fará seus 17 anos e ainda não teve nenhum relacionamento com ninguém não que isso seja bom mas ela precisa ter mais contato com as pessoas trancafiar ela numa casa onde só trás más lembranças não fará bem só trará mal a ela

-Então me ajuda tio,me ajuda,eu não aguento mais fingir que esta tudo bem,por que não está, sabe como sinto falta deles?eu sinto falta das bagunças das meninas todos os dias,sinto falta da comida e dos abraços da minha mãe, sinto saudade dos abraços das minhas irmãs sinto falta da minha família, eu cansei de fingir ser forte perto da Nezuko me dói muito vê-la chorar por saudade e não poder dizer que eles vão voltar me dói saber que Muzan ainda esta por ai,eu tenho medo tio, tenho medo dele voltar ele sabe que Nezuko viu tudo tenho medo dele levá-la de mim,eu não posso perder Nezuko,eu não suporto a idéia de perder ela. - o Urokodaki foi até o sobrinho e o abraçou

-Eu entendo sua dor,eu estou aqui pode chorar eu vou cuidar de você - e assim com as palavras do tio Tanjiro deixou que as lágrimas tomassem conta de seus olhos, ele tinha guardado esse choro desda morta da família tinha muita dor em cada lágrima derramada ali

E assim que as lágrimas estavam quase secas seu tio resolver contar uma surpresa

-Agora que todas as lágrimas de tristeza foram derramadas tenho uma notícia para dar, vá chamar Nezuko - e assim o mesmo fez, não demoro muito para os dois voltarem para o quarto

-Tio - Nezuko o abraçou - Tanjiro disse que tem uma notícia qual é? - Nezuko estava morrendo de curiosidade

-A supresa é que Sabito e Makomo viram passar o final de semana aqui conosco

-Uuuhu vamos poder ir fazer comprar e passear - Nezuko disse animada - podemos ir né Tanjiro? - perguntou receosa sabia que o irmão era bem chato em quisito de sair sozinha sem ele

-Claro por que não? - Tanjiro disse depois de refletir toda a conversa com o tio

-Agora que a notícia foi dada tenho um pedido pra fazer, vocês sabem que seus primos são bem bagunçeiros - ambos acenaram com a a cabeça - então nada de entrar na onda deles,me lembro bem da última vez que eles vieram pra cá levei uma bela de uma multa por causa do pixamento que vocês resolverem fazer no muro da vizinha

-Ok tio sem pixamento - Tanjiro falou recebendo apoio da irmã

-Então...estão livres - os dois irmãos desceram a escada e cada um foi para um quanto,Tanjiro foi para sala jogar um dos seus jogos preferido Demon Slayer enquanto Nezuko foi contar para as meninas que seus primos virinham,elas amavam a Makomo e amavam mais ainda seu irmão Sabito que tinha uma beleza incomparável.

                           ***

-Vamos Zenitsu é a segunda partida que você perde- Tanjiro zuou com o amigo

-Agora é culpa minha se você me deu o pior controle? - assim sua atenção foi chamada ao ouvir delicados passos descendo a escada rústica

-Olá Zenitsu - Nezuko o comprimentou

-O-olá Nezuko - viu a garota descendo delicadamente a escada

-Não tinha visto você ai

-Cheguei a pouco tempo

-A sim - a garota disse rumando para a cozinha deixando para trás um Zenitsu cor de tomate

-Até quando vai fingir que não gosta dela?

-O- oque? ta doido Tanjiro?

-Olha eu não sou cego,ta estampado na sua cara que você gosta dela e eu sei que isso e desdo fundamental - Zenitsu abaixou a cabeça preparado para ver o lado ciúmento de Tanjiro aparecer

-Olha Tanjiro eu não sei quando começou mais a minha intenção nunca foi...

-Ei calma eu não vou te matar, daqui a pouco derruba o sofá de tanto que tá indo para trás. - sorriu para o amigo - eu sei sobre suas intenções com a minha irmã e até apoiaria vocês - Tanjiro disse deixando um Zenitsu surpreso

-Bebeu ta bem?acho que o resfriado do seu tio foi para você

-Para de ser idiota, lógico que tô bem

-Eusei, você ta esperando eu falar tudo o que sinto pra depois dizer que era tudo brincadeira e que você não apoia

-Eu confio em você,sei que em suas mãos ela estará segura - apesar do amigo ser bem atrapalhado ele sabia que quando se tratava de Nezuko ele era ponta firme - lógico que tenho ciúmes dela porém não posso prende-lá pra sempre uma outra ou outra ela criará suas asas e fugirá de mim - sorriu triste - mais ficarei muito mais tranquilo sabendo que deixei ela em suas mãos.

-Olha Tanjiro eu amo a Nezuko,farei de tudo por ela mas não posso força-la me amar eu não sou burro ja percebi que ela ama Giyu e não é de hoje - sorriu triste - não posso simplesmente chegar nela e contar tudo que sinto tenho medo dela não saber reagir e se afastar, tenho medo dela cortar nossos laços,estou feliz com a amizade dela, não quero correr o risco de perder a amizade dela.

-Eu acho que você deveria tentar,eu não posso interferir mais na vida de Nezuko está sendo difícil eu soltar ela mais eu estou tentando.Nezuko não vai perceber seu real sentimento a ela se você não falar , você precisa demonstrar o que sente,esse ano ela até falou pra mim que queria deixar de lado o Giyu

-Sério ela falou?verdade isso Tanjiro? - apenas balançou que sim com a cabeça esse simples gesto vez com que um Zenutsi saisse pulando pela casa.

Agora ele tinha um motivo para tentar,amou Nezuko por tanto tempo sempre este ao lado dela eram considerados melhores amigos,agora ele teria chance de provar a Nezuko seu amor ele provaria para ela o seu amor.

E assim Zenitsu foi embora da mansão dos Kamado com um sorriso bobo no rosto,um sorriso no qual já tinha dona ela só não sabia disso


Notas Finais


oiii gente, espero que estejam gostando da fic,caso queiram falar suas idéias ou até mesmo expor sua crítica não esqueçam de comentar


se vemos no próximo capítulo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...