1. Spirit Fanfics >
  2. O lado bom de ser mal. >
  3. " as desculpas "

História O lado bom de ser mal. - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Oii como vcs tão?
Olha recadinho, lavem as mãos e tomem bastante água, não comemoram por estarem de quarenta pois as pessoas do grupo de mais risco podem ser seus avós por favor cuidado.
Aviso dado vamos ler.

Capítulo 11 - " as desculpas "


Fanfic / Fanfiction O lado bom de ser mal. - Capítulo 11 - " as desculpas "

S/n on:

Bem eu havia acordado mesmo não querendo, mas eu não iria conseguir mais dormir por conta da minha mente que estava cheia de pensamentos. Pq eu fui naquela festa que porcaria, eu me sentia humilhada, e suja mesmo eu sabendo que eu não era assim, que garoto babaca.

Me levanto e vou até a gaiola do Xinxim, pego ele no colo e o pego levo para cozinha junto de mim, ao chegar lá encontro uma carta do meu pai que dizia "Vou passar o dia fora com uns amigos do serviço, tenha um bom dia e se sair feche bem a casa." Bem eu já sabia de tudo isso era a mesma coisa de sempre tranque bem a casa. Pego a comida do Xinxim e coloco com alguns pedaços de banana assim pego algumas torradas e mais algumas porcarias e coloco na mesa de centro do sofá, vou até meu quarto e coloco um shorts curtos e uma blusa bem grande que cobria o short assim volto pra cozinha pego o Xingu e vou para sala me sentando no sofá e me envolvendo em suas enormes almofadas.

Yoongi on:

Nossa, eu não sei o que aconteceu ontem mas minha cabeça tá doendo tanto, me levanto e vou até  a cozinha, bem do corredor já dava para escutar as conversas de meus amigos, eu estava ansioso para conversar com eles, mas ao entrar na cozinha todos se calam.

Yoongi: - bom dia gente. - fogo feliz indo pegar um remédio na geladeira.

Ninguém me respondeu. Pq eu não sei o que está acontecendo mas esse silêncio e horrível, pego meu remédio e o tomo, assim me sento a mesa e sorrio  feliz, mas ao fazer isso os meninos saem todos da cozinha me deixando quase só,  a única pessoa que estava lá era TaeHyung.

Yoongi: - o que deu neles? - pergunto sem entender nada era tudo tão confuso pra mim, eu não conseguia me lembrar de nada, nada mesmo. Eu odiava beber daquela maneira me deixava tão idiota.

Tae: - então vc não se lembra de nada. - diz de maneira seria e um tanto quanto fria.

Yoongi: - não o que eu fiz, tentei beijar alguém a força? - falo em tom de brincadeira.

Tae: - vc humilhou  uma garota na frente de todos! Fez ela chorar! E quando ela começou a socar vc eu achei pouco, se eu fosse ela tinha acabado com a sua raça.

Yoongi: - então é por isso que minha cara tá dolorida, eu humilhei a s/n, Ela mereceu um pouco sim. - falo a última parte baixa mas eu sabia que Tae tinha escutado pq ele se virou e me deu um soco na boca. - QUE PORRA É ESSA TAE  A MINHA BOCA

Tae: - vc merece ficar só, um ser que humilha alguém por conta de um vídeo que nem foi ela que filmou, por causa de uma cadeira e umas briguinha bobas não merece ter pessoas próximas a ela. - diz Tae saindo da cozinha e deixando seu último recado. - e melhor vc se desculpar.

Eu não iria fazer Isso, eles iriam me ver como uma pessoa frágil  e incapaz como eu ia lidar com isso como. Que mesa minha boca estava sangrando.

TaeHyung on:

Após sair da cozinha ignoro tudo e todos, pego meu sobretudo e saio sem fazer pra ninguém aonde eu ia, isso não era comum mais eu tinha que resolver isso.

Finalmente eu havia me lembrado da tal garota, S/n minha antiga amiga, eu não sei se ela se lembraria de mim, pois eu demorei muito para me lembrar  dela. No meu passado eu era uma garoto pobre, mas nem tanto  nos nós tínhamos comida  o suficiente mas nunca podíamos  ter roupas caras e brinquedos, o que fazia com que as outras crianças tirassem sarro de mim. Isso era comum, ate eu conhecer a S/n, ela impediu que um garoto me batesse e me ensinou a brigar, isso era bom depois disso ninguém mais torrou sarro de mim pq eu sempre estava com a s/n, sempre juntos um pelo outro, não importava se quem vinha nós bater era mais Velho, juntos ninguém podia contra nós dois. Eu tive que abandona-la alguns anos atrás pq surgiu uma oferta  boa para minha mãe  então  nos mudamos e perdi contato com ela.

Não acredito que a encontrei de Novo, esse sentimento fazia meu coração ficar apertado  e bater mais rápido, eu iria a encontrar de Novo, mas o Yoongi  podia ter estragado tudo para mim. Que merda, quando menos vejo já estava na frente da casa da garota, assim aperto a companhia. 

S/n on :

Quem será, será que e o Josh, não  pode ser alguma entrega. Não sei eu  vou lá ver.

Me levanto colocando o Xinxim no braço do sofá  e indo abrir o portão. Ao abrir o portão vejo um homem bem vestido que parecia estar procurando por algo. 

Tae: - ah oi s/n sei que vc não me conhece mas preciso falar com vc agora.

S/n: - tá bem entre por favor. - vejo o cara me olhar de cima a baixo, pq eu  estava usando roupas bem largas que mais pareciam um grande pijama.

Entramos em minha casa e ele se senta em uma poltrona  e eu me sento ao lado de meu ratinho que estava dormindo  calmamente. Bem o cara parecia olhar cada movimento meu e parecia imprecionado, isso já estava me incomodando bastante.

S/n: - bem o que vc quer falar para mim? Diga logo não tenho o dia todo. - falo sendo bem ríspida já que não conhecia o cara e não queria perder meu tempo pra nada.

TaeHyung on:

Quando a garota me da um corte desses eu a reconheci ainda mais,  era ela mesma sempre grossa até alguém conquistar, será que ela ficaria feliz em me rever ou será que ficaria brava por eu não ter me dispendido  de maneira correta com ela.

Tae: - Bem, sou eu s/n Tae, TaeHyung seu velho amigo de infância. Sei que talvez vc não se lembre de mim mas sou eu. - vejo a garota se levantar e me dar um enorme abraço.

S/n: - seu idiota! Pq não apareceu antes!

Tae: - pq eu não tinha certeza que era vc. Mas agora que eu sei pode ficar mais tranquila. Eu gostaria de te dizer algo, desculpe pelo que o Yoongi fez ele estava bêbado.

S/n: - vc e amigo dele. - fecho a cara quando escuto vc dizer sobre o yoongi. 

Tae: - é meio que  sim, por favor desculpe pelo que ele fez. 

Vejo s/n se afastar de mim. Ela me olhava com raiva parecia odiar o nome do yoongi. 

S/n: - olha se ele quer que eu o desculpe vai ter de vir aqui é dizer Isso, ele não e o fodão, se ele quer mesmo que eu o desculpe ele vai ter de lamber meu capacho até eu ficar com pena o que vai demorar muito.

Essa era a minha s/n. A s/n  rancorosa que eu conhecia.

Tae: - tá bem vou parar de falar nele. 

Depois de um tempo começamos a conversar e nós nos divertir lembrando das nossas antigas histórias de vida, eu tinha que me aproximar mais dela.




Notas Finais


Espero que tenham gostado desse Capítulo, se houve algum erro me perdoem.
Tomem cuidado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...