1. Spirit Fanfics >
  2. O lado sombrio do coração(editando). >
  3. A ruiva. (editado).

História O lado sombrio do coração(editando). - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Oi, boa leitura.

Capítulo 2 - A ruiva. (editado).


Fanfic / Fanfiction O lado sombrio do coração(editando). - Capítulo 2 - A ruiva. (editado).

Os acorda com Nyssa em cima de si, ambos nu, mas quando ele levantou, com ela ainda dormindo, Ozzie olha na direção dela e vê por relance uma outra mulher, ruiva. Se assusta, porém a imagem de Nyssa volta. Os se vestindo, Nyssa acorda e olha para ele. 

- Bom dia.- deseja Oswald.

- Bom dia.- responde ela, se levantando, enrolada na coberta.

- É um pouco constrangedor.- diz ele fazendo Nyssa rir.

- Um pouco..mas eu gostei muito.- fala ela.

- Também.- concorda Ozzie.

- Podiamos nos ver denovo, não?- propõe Nyssa, se aproximando.

- Por mim toda noite.

- Espertinho.

- Obrigado.- agradece ele, fazendo graça, assim ela ri.

- Então.

- Podemos sair um dia desses.

- Concordo.- afirma Nyssa, com a mão no rosto de Os, e seus dedos perto do olho de vidro.- Tem belos olhos.

- Você também, os dois.- fala Ozzie. - É melhor eu ir agora.

- Tchau.

- Tchau.- despede ele indo para casa.

Oswald passou o caminho inteiro pensando na mulher que viu. Chegando em casa tomou um longo banho e foi dormir, mas não conseguiu.

Toda vez que fechava os olhos ele a via. Sentia algo no peito, como um aperto. Concluindo que não iria conseguir dormir se levantou e foi até a sala.

Sentou-se no sofá e ligou a TV, porém uma planta chamava sua atenção. Se levantou, pegou a planta e guardou em um armário.

Desligou a TV e foi dar uma volta na mansão que ainda não havia explorado. Andando nos corredores ele pode ver a mulher de novo, entrando em um quarto.

Indo atrás, vê que a ruiva estava regando uma planta e sorrindo. Ela pareceu sorrir para Ozzie, largou o que segurava se aproximando e o abraçou.

 Começou uma dor insuportável em sua cabeça, ele se encolheu e segurou a cabeça. Ouvia um zumbido alto, mesmo ele tampando os ouvidos ficava mais forte.

Oswald gritou de dor, era como se sua cabeça estava explodindo. A dor estava ficando mais fraca, mas ainda era algo horrível. Ele saiu do quarto em direção a sala, pegou um pote de vidro com remédios que o médico lhe deu.

Tomou e a dor diminuiu, cada vez mais. Deitou-se no sofá e viu a ruiva o olhando triste. Fechou os olhos e dormiu.


Notas Finais


Tchau, obrigada por ler.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...