História O Legado Da Banshee - Bellanandi - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anjos, Annwn, Banshee, Djinn, Elfland, Elfos, Fadas, Fado, Fantasma, Ljossalfheim, Mag Mell, Ninfas, Sereias, Vampiros
Visualizações 107
Palavras 369
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


*Imagem de personagem: Amélia

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction O Legado Da Banshee - Bellanandi - Capítulo 1 - Prólogo

Amélia sabia que tinha irritado-os e temendo que se vingassem, guardou todos os seus livros de magia num baú e desfez seu altar.

“Pagará pelas lágrimas que nos fez derramar”, estas palavras ainda ecoavam em sua cabeça, perturbando-a.

Ela sentia que eles a vigiavam, esperando somente uma chance de fazê-la pagar.

Caía uma tempestade aquela tarde e como a energia elétrica acabara, Amélia estava confinada a seu quarto onde, sentada em sua cama lia A Princesa e o Goblin de George MacDonald. Ouviu uma batida em sua porta e achando que fosse um de seus irmãos, disse:

— Entre, só está encostada.

Mas ninguém entrou. A maçaneta sequer se moveu. Amélia ignorou e continuou sua leitura. Houve outra batida, dessa vez, mais forte.

— Droga. Eu já disse pra entrar. — Ela falou, nervosa e esperou em vão que a porta se abrisse. Irritada, deixou o livro de lado e levantou-se. Abriu a porta e deparou-se com ninguém. — Vocês não tem mais o que fazer, não? — Amélia disse, pensando tratar-se de uma travessura de seus irmãos.

Após encostar a porta, Amélia retornou a cama e retomou sua leitura.
    Uma névoa branca saiu debaixo da cama, espalhando-se aos poucos por todo o chão do quarto, mas Amélia não percebeu. Houve outra batida na porta e dessa vez, Amélia se levantou irritada, pronta para dar uma bela bronca nos pestinhas que não a deixavam em paz, foi quando reparou na névoa e se apavorou, pois sabia o que ela significava. Porém, antes que pudesse fazer qualquer coisa, sentiu duas mãos fortes e geladas agarrarem seus tornozelos e a puxarem, derrubando-a.

— Não! Mãe? Socorro? Por favor? — Gritou Amélia, mesmo sabendo que seus gritos não seriam ouvidos.

“Amélia”, disse um sussurro feminino.
“Não pode fugir de nós, você é nossa pra sempre”, disse outro sussurro masculino.

Amélia quis gritar outra vez, mas sua voz ficou presa a sua garganta. Lágrimas rolaram por seu rosto delicado e ela foi arrastada para debaixo da cama, desaparecendo em meio a névoa.

— Amélia? Está tudo bem, querida? É a mamãe. — Disse Natália batendo a porta. Como Amélia não respondeu, Natália girou a maçaneta e empurrou a porta, entrando no quarto. Não encontrou Amélia apenas o livro dela caído no chão.


Notas Finais


Se quiser conhecer todos os personagens da história, você pode acessar o meu blog (onde encontra também informações sobre outras fics minhas):

https://awonderlandfanfics.blogspot.com.br/2018/02/personagens-da-trilogia-o-legado-da.html


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...