1. Spirit Fanfics >
  2. O livro e um mundo imagine kim namjoon >
  3. Juntos para sempre?

História O livro e um mundo imagine kim namjoon - Capítulo 31


Escrita por:


Notas do Autor


Olá meus amores!!!
Tudo bem com vcs???
Boa Leitura!!!
Recomendações de música para a leitura:
(BTS) "PARADISE"

Capítulo 31 - Juntos para sempre?


Fanfic / Fanfiction O livro e um mundo imagine kim namjoon - Capítulo 31 - Juntos para sempre?

P.o.V (S/n)

Namjoon e eu ficavamos a observando algumas plantas e aproveitávamos o caminho, apenas eu e ele, aquilo me lembrava aqueles dramas que as garotas gostam de ver na Coréia, mas para a minha sorte o meu era real, pelo menos eu pensei que fosse.

- Veja só essa flor – disse me aproximando de uma flore, muito bonita – Ela é maravilhosa – Namjoon também começou a admirar ela.

- Uma vez você disse que nós éramos como uma flor – ele me olhou – Estava certa.

- Aquilo é apenas uma filosofia de vida – falei e o olhei também.

- Pode até ser... Mas mesmo assim estava certa – se afastou da flor e foi até uma árvore, retirou do bolso uma pequena faca e começou a rabiscar na árvore, fiquei apenas o observando, quando terminou revelou o que estava fazendo, Namjoon havia feito o desenho de uma flor, um coração quebrado e outro inteiro cheio de flores, um ao lado do outro – Esse representa você – apontou para o desenho da flor – Esse era eu – apontou para o coração partido – E foi assim que você me tornou – apontou para o coração inteiro cheio de flores – Obrigado por isso – sorriu.

- Ás vezes eu olho para você e nunca sei o que dizer em momentos como esse – disse sinceramente, fui até ele e o abracei, ele tocou o coração cheio de flor e eu deixei minha mão por cima da sua – Sempre estarei aqui.

- Não vou deixar que ninguém machuque a minha flor – respondeu com gentileza, me soltou e me olhou – Não sei como as coisas serão futuramente, mas não posso mais viver sem dizer isso... – fiquei confusa – Todas ás vezes que a olho nos olhos fico desnorteado, meus pensamentos se embaralham, meu coração dispara e meu corpo perde a estrutura... Seu sorriso ilumina até o canto mais escuro da minha alma, sua voz soa como uma melodia cantada pelos os anjos – sorriu sem jeito – Não sabia como falar, então esqueça.

- Não tem como – falei – Sua declaração me deixou emocionada – ri.

- Nunca mais farei isso – ele disse voltando a ficar sério.

- Não quer ouvir a minha? – perguntei fazendo cara fofa.

- E tem como ficar surdo agora?! – disse – Estou ouvindo.

- Kim Namjoon... – não me segurei e ri – Não consigo ficar séria nesses momentos.

- Então me conte outra hora – falou.

- Só queria dizer que I Love You – falei e ele me encarou – Não sei fazer essas declarações bonitas como você.

- O que disse? – ele perguntou – O que quer dizer “I Love You?”.

- Quer dizer Eu te amo, em outra língua – expliquei.

- Aposto que essa língua nem existe, você parece burra demais pra saber a falar outras línguas – disse e começou a andar.

- Aish Namjoon – fiz e o segui, ficamos um tempo em silêncio, até que eu vi um galho, o peguei e dei uma cutucada em Nam, ele olhou para trás, escondi o galho e desviei o olhar, ele virou para frente novamente, fiz a mesma coisa.

- Quer parar?! – disse me olhando sério.

- Parar com o quê? – perguntei me fazendo de desentendida, ele apenas bufou e virou para frente outra vez, ri em silêncio, fiz outra vez, mas desta vez ele se virou e veio diretamente para mim, tirou as mãos das minhas costas e pegou o galho da minha mão.

- O que é isso? – perguntou esperando eu explicar.

- É um galho de árvore não tá vendo?! – respondi e ri, ele travou a mandíbula, ficando ainda mais sério.

- Quanta grosseria para uma garota – disse.

- Aprendi com uma pessoa por aí – falei e ri outra vez – Que cara de sério é essa? Parece até que vai matar alguém.

- E vou mesmo – disse e fez bico – Vou te matar de amor – começou a me dar vários beijinhos pelo o rosto e pescoço, eles faziam cóssegas, comecei a rir.

- Para com isso Namjoon – disse em meio aos risos.

- Não estou com vontade – disse de birra e continuou, deixei algumas lágrimas saírem, ele me fez rir tanto que acabei chorando.

- Viu o que fez?! – falei quando ele finalmente parou e eu enxuguei as lágrimas.

- Melhor que chore de amor – ele disse e me abraçou forte – Quero te ver sorrir todos os dias.

- Espero mesmo que me faça assim todos os dias – disse e sorri de leve, me soltou e nos olhamos, passou sua mão pela minha nuca, o que me fez sentir arrepios, sua outra mão foi em direção a minha cintura, se aproximou e deu um selar tranquilo, mas ao mesmo tempo tão profundo, era tão apaixonado.

- Acho melhor voltarmos, está ficando escuro – disse quando terminou, se virou para mim e se  abaixou – Suba nas minhas costas, eu te levo – falou e eu subi, ele segurou nas minhas coxas para não me deixar cair, depois se levantou, confesso que fiquei meia sem jeito quando Nam tocou nas minhas coxas, comecei a imaginar coisas, tentei esquecer meus pensamentos e pensar em outras coisas, estava me levando para a cabana.

- Estamos parecendo aqueles casais dos livros – falei – O pôr do sol está ficando tão lindo a cada segundo.

- Se eu te pedisse para se casar comigo, o que diria? – Namjoon perguntou, fiquei em choque com aquela pergunta.

- Por quê essa pergunta de repente? – indaguei – Eu diria que...

- Não responda agora – ele disse me interrompendo – Apenas pense e me diga a resposta em outro momento.

- Já que fez uma pergunta, também acho que eu deva fazer – falei.

P.o.V (Kim Namjoon)

- Faça – disse.

- Como se sentiria se um dia eu... – seu tom de voz parecia triste – Morresse? – pensei um pouco.

- Creio que não aguentaria, o mundo não seria mais o mesmo – falei – Você acha que vai morrer?

- Um dia todos vamos – falou rápido.

- Não vou deixar ninguém me machucar – respondi, o que ela queria dizer com aquela pergunta? – Não pense em coisas assim, enquanto eu estiver vivo, nada de mal vai te acontecer.

- Esqueça o que eu disse... Só fiquei pensando – disse e enconstou a cabeça em meus ombros, ficou em silêncio e eu continuei, já estava escuro quando chegamos, ela desceu das minhas costas e entramos juntos, todos já estavam prontos, ela ficou confusa vendo todos com aquela agitação.

- Já estamos prontos – Taehyung disse, fiz um sinal para eles ficarem calados.

- Prontos pra quê? – S/n perguntou...

 

 


Notas Finais


Até a próxima!!!
Espero que tenham gostado!!!
Beijinhos da escritora!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...