História Uerlaus I: O Lobisomem Gélido - Capítulo 33


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Comedia, Lobisomens, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Sobrenatural, Vampiros
Visualizações 37
Palavras 1.291
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


´´Recomendo ouvir musicas bem baixo enquanto lê``
Aviso: Talvez tenha capitulo amanhã mas não prometo nada, por causa da prova de amanhã !

Capítulo 33 - Agatha A Cruel


Fanfic / Fanfiction Uerlaus I: O Lobisomem Gélido - Capítulo 33 - Agatha A Cruel

-A quanto tempo querido -Agatha

-Sua maldita como ousa falar com o Alde depois do que você fez ! -Erica

-Foi ele que teve Liefde por mim e não o contrário -Agatha

Aldebaram mantinha sua cabeça reta olhando para o chão, seu semblante parecia triste e frio não esboçava emoção alguma Agatha sentia prazer ao velo destruído e começou a zombá-lo:

-O que foi ti magoei !? Não queria ele me obrigou !!! Haaaaa…. Brincadeirinha foi tudo ideia a minha, a revolução, a ideia de ti usar como bucha de canhão e o casamento não podemos esquecer dele sabe foi tão fácil ti enganar, você não vê o mal nas pessoas ou melhor nos lobos…. Chegou até ser fácil de mais !!! -Agatha (Com tom de ironia)

Aldebaram ainda olhava ao chão melancólico, quando sentiu as mão de Erica vir ao seu rosto o levantando e olhando em seus olhos entristecidos:

-Você não me apaixonei por um Aldebaram fraco…. Me apaixonei por um forte que nunca desistia ou muito menos se abateria por nada nem ninguém… Vai deixar que as palavras dela te feriam ? Onde está aquela fúria que você solta nos momentos mais difíceis… ONDE ESTÁ O ALDEBARAM QUE EU AMO ! -Erica

Ao ouvir aquelas palavras Aldebaram recordou de sua melancolia e viu Erica chorar lágrimas de sangue ao seu fervor, ele finalmente si lembrou porque avia se apaixonado por ela, e seu ódio foi redirecionado a Agatha por fazer a vampira ruiva dele chorar:

-Você…. Me pagara… -Aldebaram (susurrou)

-O que não ouvi ? -Agatha

-VOCÊ ME PAGARAAAAAA !!!!!!!! POR FAZER MINHA ERICA CHORARRRRRRRR !!!!!!!!!!!!!!!! -Aldebaram

Ao dizer essas palavras algo novo se despertou no corpo de Aldebaram, sua forma de lobisomem Guardião Dentes De Sabre foi forjada ao alimentar-se do amor que sentia por Agatha mas ao descobrir a verdade sobre ela essa forma de Crinos não se ativava mais pelo pesar e a dor de seus sentimentos, mas algo antigo avia voltado algo mais forte e mais pesado um amor que não avia sido esquecido e sim sido bloqueado, quando Erica disse chorando lágrimas de sangue Aldebaram finalmente percebeu que ela só se afastou porque se fica-se sofreria, mas mesmos separados ela era a que mais sofria, seu ódio o consumiu por ser o culpado e por não perceber o quanto a fazia sofrer estando aos braços de outra, esse ódio foi convertido em força, essa força em motivação, ESSA MOTIVAÇÃO EM FÚRIA !!! E ESSA FÚRIA EM VINGANÇA !!!!!!!!!, Aldebaram partiu velos mente com sua forma Glabro [Pra quem não sabe o que é a forma Glabro é uma forma semelhante a humana, mas um pouco mais alto, musculoso, e menos peludo do que a forma crinos, e com dentes menores só que mais afiados, nesta forma o lobisomem aumenta drasticamente suas habilidades físicas e sensoriais, mas é limitado parcialmente por seu corpo quase humano, esse estado e o anterior a transformação para Crinos, é além de ganhar outras habilidades que na sua forma humana não existiam sua força aumenta drasticamente, ganha visão, olfato, e audição melhoradas, está é uma forma em que o lobisomem é totalmente são de seus pensamentos, é muito raramente ele perde o controle desta forma, isso só acontece nos lobisomens menos experientes, na maioria os iniciantes] Contra Agatha que para surpresa de todos ficou parada e puxou uma besta diferente da que eles já avim visto, ela tinha um estilo moderno era equipada com suportes frontais abaixo do laçador para quatro flechas que por sinal eram feitas de prata com pontas de ouro, seu braço de apoio era feito de ferro e pintado de preto metálico, quando atirou a flecha se vou e acertou o coração de Aldebaram o fazendo parar de correr e se ajoelhar no chão:

-Que fácil, nem teve graça -Agatha

-ALDEBARAM !!!- Erica (chorava em prantos)

Aldebaram tocou a flecha cravada em seu coração é ainda em sua forma Glabro a arrancou com a maior facilidade não esboçava dor nem ressentimento do acerto, é começou a rir freneticamente com aquilo até que levantou sua cabeça e olhou nós olhos de Agatha que se assustou a ver aquilo os olhos de Aldebaram não estavam mais azuis eles aviam mudado para um cinza escarlate puro sua motivação pra lutar era tão grande que sua forma Glabro não comportava mais, e sua nova forma Crinos estava nascendo uma forma definitiva que seu corpo finalmente avia escolhido para si próprio, era diferente de tudo que ele já avia se transformado ele sentiu dor como da primeira vez e seus gritos ecoaram por todo o local todos os seres Lobisomens Negros Em Chamas, Duiwels e Lobisomens Brancos Acinzentados cessaram o ataque em pranto com aquela Besta que estava a sua frente….. O corpo de Aldebaram estourou para cima sangue jorrava, seus ossos se modificavam para comportar tamanho poder nocivo, suas pernas se curvavam e ele gritava em agonia elas cresceram e se enrijeceram com músculos duros que o fazia agonizar por não estar acostumado com essa nova forma, seus braços alongaram muito mais que o normal ao ponto de chegarem aos pés dele, espinhos de ossos saiam de seus braços, os músculos braçais estavam muito duros o fazendo expelir sangue enquanto a transformação ocorria, o peitoral estava bastante grande e duro, sua bariga apresentava grande concentração de músculos criando um tanquinho um pouco elevado, seu rosto perdeu as pressas de Dentes De Sabre e se tornou um pouco menor é mais achatado suas orelhas se tornaram mais triangulares e os olhos estavam com um fogo azul emanando deles ao ponto de esconder os olhos escarlates, as costas eram enormes e recobertas por bastante pelo, seu rabo que antes era curto se alongou mais e se tornou hiperfelpudo, suas garras diminuíram mas ficaram mais duras e afiadas a compensação foi que suas mãos se tornaram enormes e com um potencial de soco incrível, sua altura avia aumentado na forma crinos o deixando com no mínimo 2,95 metros de altura que antigamente era 2,10, seu pelo continuava branco mas como os outros lobisomens ficou acinzentado de forma ainda mais escura que o habitual e em sua boca sua saliva misturava com grunhidos altos de um lobisomem em fúria é quando finalmente soltou um uivo que foi tão alto que todos tiveram que tampar os ouvidos e janelas de vidro aviam se quebrado com ele:

-AAAAAUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! -Aldebaram

O cheiro do sangue de Aldebaram ao chão impregnava o local, sua fúria era sentida por todos é ninguém ousava atacá-lo, todos os seres que antes atacavam a vila pararam e recuaram para trás de Agatha que estava aterrorizada pela forma de Aldebaram e não esvoaçava nenhuma reação pelo seu medo constante de morrer por aquelas mãos, Aldebaram andava um pouco similar a um gorila alternando entre bípede e quadrupede enquanto corria, seu ódio consumido e tamanho gigantesco fazia todos tremer quando do nada um lobisomem gigantesco do tamanho de Aldebaram ou até mesmo maior chegou por trás do flanco de Agatha, ele tinha a aparência similar a dê Aldebaram só que com muito mais espinhos, sua pelagem era negra e estava coberta por sangue de seus inimigos, as garras também eram maiores que as de Aldebaram os olhos desse lobisomem brilhavam vermelho e parecia estressado com o cessamento do ataque:

-Por que pararam ataque ? - Salakinir (falou curto e groso)

-Salakinir ?! Pelos deuses você finalmente chegou !!!- Agatha

-Me responda logo ! - Salakinir

-Espera Salakinir ???!!! o general e braço esquerdo do Lobisomem Das Sombras !!! -Hellreany

-Então esses são o contra tempo ?! Um bando de moleques e um quase Lobisomem Bestial ?! Que inferno pelo menos terei um pouco mais de emoção !!! HAAAAA !!!!- Salakinir (Ria histericamente)


 

Continua…..


Notas Finais


Obrigado se possivel comente e não esqueça de dar sua opinão sobre a historia !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...