História O Lobisomem Gélido - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Comedia, Lobisomens, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Sobrenatural, Vampiros
Visualizações 10
Palavras 1.212
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


´´Recomendo ouvir musicas bem baixo enquanto lê``
Aviso: Falei que não ia ter capitulo hoje, mas por causa desse livros que comprei na bienal minha esperação ta a mil ! espero que curtam esse capitulo !!!

Capítulo 34 - Duelo Bestial !


Fanfic / Fanfiction O Lobisomem Gélido - Capítulo 34 - Duelo Bestial !

Uma batalha insana estava prestes a começar do lado esquerdo lutando pelos Duiwels, Lobisomens Do Clã Da Fênix, Lobisomens Do Clã da Neve corrompidos pelo acinzentamento e Agatha, era Salakinir o general e braço direito do Lobisomem Das Sombras reconhecidos por milhares como o Lobisomem que destruiu o exército do Clã Das Sombras sozinho, e do lado direito lutando pelos Lobisomens Guardiões, o Clã Dos Lobisomens Demoníacos, e seus amigos e por ainda mais Erica seu verdadeiro amor que recobrara seus sentimentos de afeto era Aldebaram O Branco, rei de Glaciária e do Clã Dos Lobisomens Da Neve, a Besta Branca, matador de Kerion e líder dos Lobisomens Guardiões, ninguém ousava interferir naquela luta entre duas bestas ansiosas por carnificina o ódio dos dois seres era sentido por todos que aguardavam atentamente o embate ardente começar, os dois seres titânicos se analisavam procurando uma brecha para atacar um ao outro, grunhidos altos foram ouvidos e Salakinir foi o primeiro a atacar suas enormes garras invadiram o braço de Aldebaram a carne dele sofria com o impacto, mas enormes espinhos de osso saltaram de seu braço perfurado acertando o tórax de Salakinir que recuou com o impacto os dois se avariaram gravemente, mas por estarem em seus modos bestiais suas regenerações foram monstruosas curando quase que instantaneamente as feridas, a batalha entre essas bestas foi intensa Salakinir tinha vantagem em força bruta e proteção por seu corpo ser mais revestido de espinhos do que o de Aldebaram, mas esse revestimento deixava Salakinir mais lento e dava vantagem de mobilidade a Aldebaram que se aproveitava ao máximo disso para investir massivos golpes consecutivos em Salakinir, a luta estava acirrada pelas duas bestas que lutam cegamente por suas ideias e ideais ambos não queriam perder pois isso faria seus egos serem confrontados e suas iras testadas, foi um embate cruel para ambas as partes vários cortes profundos que mesmo com a melhor regeneração deixariam sequelas futuras eram sentidos por ambos o vencedor daquilo aderiria com certeza a aquelas marcas para o resto da vida, em meio ao embate Aldebaram conseguiu desferir um corte certeiro com todas as suas garras e bastante profundo no olho de Salakinir o segando no lado esquerdo, ao sentir o golpe que recebera cambaleou para trás mas em sua fúria conseguiu pular por trás de Aldebaram rapidamente virar cortá-lo em forma de ´´V`` em suas enormes costas o fazendo cair com tudo ao chão com o impacto Salakinir zombava de Aldebaram:

-Então essa e toda força do Lobisomem Gélido ?! Que vergonha achei que seria mais divertido !!! MAS UM SER PATÉTICO COMO VOCÊ NUNCA PODERÁ ME DERROTAR !!!! -Salakinir (Gritou nó final estrondosamente)

Salakinir ia golpear ferozmente Aldebaram que estava ao chão, mas antes de suas garras se quer tocarem o rosto de Aldebaram Erica entra na frente sofrendo o enorme impacto avassalador de Salakinir a fazendo cair nó chão ensanguentada:

-ERICA !!!!!!!!!!! -Aldebaram

-Ummmm… Somente adiantou sua morte ! -Salakinir

Aldebaram estava perto do corpo de Erica ao chão quando Salakinir tentou desferir outro golpe, mas dessa vez Aldebaram segurou a punho de Salakinir e virou seu rosto para o inimigo que brevemente pode ver a verdadeira face da morte, Aldebaram entrou em um estado de frenesi pelo estado grave que Erica estava, e que Salakinir causou ao acertá-la com um golpe e seu lado negro foi libertado Aldebaram fechou seu punho de maneira serrada e criou diversos espinhos medianos na frente dele e com bestialidade meteu um soco tão forte na cara Salakinir que pode ser olvido o barulho da mandíbula de Salakinir quebrar e não parou por ai fez o mesmo com a outra mão e começou a desferir golpes certeiros em pontos vitais de Salakinir, começou primeiramente com bariga o perfurando várias vezes Salakinir tentou revidar com suas garras, mas Aldebaram pegou braço dele e com sua enorme boca deu uma mordida tão forte que arrancou o braço de Salakinir que gritou, Aldebaram o chutou para trás o deixando atordoado e desferiu trés socos na cara de Salakinir que parecia não conseguir reagir mais, o ódio consumiu Aldebaram que finalmente liberou sua ira e acertou tantos golpes em Salakinir que o corpo dele já estava deformado e demorando para se regenerar, e finalmente finalizou o inimigo de maneira épica ele puxou suas garras e deslizou pelo chão cortando o tendão de Salakinir o fazendo ir chão e rapidamente penetrou com suas garras na coluna vertebral de Salakinir a arrancando e depois a encravando no crânio Salakinir, Aldebaram aproveitou ainda e decapitou Salakinir expondo seu crânio para todo exército que ali estava e rugiu alto fazendo o exército inteiro tremer:

-VÃO ANTES QUE DECIDA MATÁ-LOS !!! -Aldebaram (gritou alto e grosso)

O exército inteiro bateu em retirada por causa de seu general morto, Agatha olhava aflita e com medo de Aldebaram enquanto fugia por que sabia que na próxima vez que ela o encontrasse a morte dela seria certa…..

(Alguns minutos depois na loja do Gordão)

Nimbus e o Gordão ficaram na loja cuidando da poção e dividindo conhecimentos gerais sobre herbalismo quando uma cena aterrorizando os assustou Aldebaram chutou a porta e adentrou na loja de forma agressiva ele carregava o corpo desvairado de Erica em seus braços enquanto todos o acompanhavam atrás:

-Gordão me ajude !!! -Aldebaram (gritou)

-O que aconteceu ? Foi o Warbear ? -Gordão

-Não foi o Salakinir ! Ele aranhou a Erica com suas garras ! -Crystal

-O General do Lobisomem Das Sombras o que ele fazia aqui ? -Gordão

-Você não viu a guerra que tava lá fora ? -Ceneu

-Não deve ser pelo feitiço que proteção que a loja tem -Gordão

-Por favor eu imploro ajude ela !!! -Aldebaram

-Calma conheço uma poção que pode ajudá-la, coloque ela em naquela poltrona !- Gordão

Rapidamente o Gordão pegou uns frasquinhos e pediu para Nimbus o ajudar pegando o resto, ele colocou os ingredientes em uma vasilha e pegou uma cunha que rapidamente utilizou para amassar os ingredientes fazendo uma pasta especial:

-Agora falta só mais uma coisa sangue de gárgula -Gordão

-Pensei que elas tivessem sido extintas ? -Crystal

-E foram esse e o último exemplar de sangue que tenho -Gordão

Gordão misturou o sangue a pasta fazendo ela virar um líquido vermelho bem escuro depois pediu para Aldebaram dar para ela:

-Mas como faço isso ela está desacordada ?-Aldebaram

-Bebe e depois beija ela empurrando liquido na garganta dela goela abaixo -Gordão

-A Inferno -Aldebaram

Aldebaram rapidamente obedeceu e fez o que o Gordão pediu e Erica bebeu toda a poção que por algum motivo não surtiu efeito:

-Por que ela não acorda ? -Aldebaram

-Acho que tarde de mais -Gordão

-Não….. Não posso perdê-la…. Não sem pedir desculpa… por ter sido um imbecil…. Por não ter percebido que ela sofria…. Por abandoná-la….. -Aldebaram

Tudo pareceria perdido para Erica quando uma luz branca começou a brilhar a mana de Aldebaram avia adquirido propriedades curativas e junto da poção conseguiu curar Erica que aos poucos acordava nós braços de Aldebaram que não parava de chorar:

-Aldebaram ? Você tá chorando ? -Erica

-Erica !!!!!! -Aldebaram

Aldebaram beijou Erica calorosamente a deixando sem reação, mas a fazendo chorar de felicidade de finalmente ter seu amado de volta aos seus braços….


 

Continua….


Notas Finais


Obrigado se possivel comente e não esqueça de dar sua opinão sobre a historia !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...