1. Spirit Fanfics >
  2. O mafioso e sua amada >
  3. 07

História O mafioso e sua amada - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - 07


Estou bem preocupado Any não sai do quarto à 1 semana, Sina me disse que ela esta super confusa com tudo oque está acontecendo, ela está com medo de Any estrar em depressão ja que Any tem indícios de ter, tirando também as crises de ansiedade.

Eu espero que nao seja nada de ruim, agora eu estou aqui resolvendo alguns assuntos da Máfia, tem uns caras querendo entrar mais nem sei quem são, primeiro preciso saber quem são e com quem eles andam, esses tempos atrás tinha uns manés que roubaram tudo meu, agora me perguntem algum deles sobreviveram? Não.

Os únicos que confio são Noah, lamar, Krystian e Sina. Conheço Noah á 18 anos, estudamos juntos desde coleginho, depois krystian no fundamental junto com lamar, Kris quando começou a andar com a gente falou que não gostava de mulheres, ficou com medo de que não gostarmos mais dele, mais falamos que não ligavamos para isso então nossa amizade hoje em dia e boa.

Todos os dias passo na frente da casa da Any e deixo uma ameaça para o pai dela, falando que se ele voltar a fazer aquilo de novo ele ia está a sete palmos da terra, homem nojento, se é que se deve ser chamado de homem.

Estou indo em direção a minha casa, Sina está na faculdade e Any deve está trancada naquele quarto até agora, não sai de lá pra nada, nem pra comer, tem que levar na mão dela, isso já está me deixando com raiva.(A:Me poupe ne Joshua)

Cheguei em casa e tudo estava em silêncio, tão bom mais tão ruim, as vezes eu gosto de barulho e silêncio, vou em direção a cozinha e procuro alguma coisa na geladeira, tinha um bolo de chocolates com morango (A: Deu ate vontade)

Esse silêncio está me incomodando, termino de comer meu bolo e vou em direção ao meu quarto, mais antes decido passar no quarto da Sina, bato na porta e nada, decido entrar.

Quando entro vejo que tudo está arrumado, a cama e o resto, onde será que a Any está? Decido ligar para Sina e pra saber onde ela está

Sina💚

Fala estou ocupada.

Eu
Sabe da Any?

Sina💚
Não, deve ter saído.

Eu
Você não se preocupa não?

Sina💚
Eu sei todas as coisas que ela faz, então se ela fizer merda ela me liga.

Eu
Nossa.

Não falei mais nada, como ela pode falar que sabe oque Any faz sendo que nem está com ela, isso que elas chamam de amizade? Ah quer saber eu não ligo pra mais nada, vou sair com algum contato meu, estou precisando me esvaziar.

Vou em direção ao meu quarto e tomo um banho e visto uma roupa, já está quase noite ja são 6:30PM, já liguei pra um dos meus contatos, elas vão me encontrar na boate que tem perto de casa.

Saio de quase sete horas, nem Sina e nem Any haviam chegado, estou ficando proeocupado, Sina nunca chega tarde em casa e Any que sumiu. Ah quer saber ela não são crianças então sabem muito bem oque estão fazendo.

Any

Bom deve está se perguntando cadê a Any!Eu estou trabalhando, comecei hoje, meu turno é de 6:30am até 8:00PM, estou gostando, isso me faz esquecer do meu pai e de tudo oque houve comigo, mais agora vou explicar tudo aconteceu a 1 Semana.

Flashback on

Eu estava deitada na cama, todos os dias eu me lembrava do meu pai e do que ele fazia comigo, eu chorava quase todas as noites, minha sorte era que eu não estava sozinha, Sina esteve comigo em todos os momentos.

Esses tempos atrás eu tive uma crise de ansiedade, parecia que eu ia morrer, meu ar tinha sumido, minha vista ficou turva e eu comecei a tremer sem parar, Sina entrou no quarto naquele momento e me ajudou, eu tive que começar a tomar remédio para controlar isso, eu já fui no médico e ele me passou as coisas para fazer, mandou descansar e não fazer muito esforço mais eu sou teimosa não  queria.

Desdo do meu pesadelo e que Josh entrou no quarto eu nem falei com ele, é até bom ele não precisa ver minha cara de morta é derrotada, todas as vezes que me olhava no espelho eu me sentia ridícula, horrivel, com nojo de mim, então a única coisa que eu fazia para aliviar era me cortar, eu entrava na banheira e ficava com minha gilete, meu braço está com algumas feridas, nem todas ainda se fecharam.

Depois desse dia eu recebi uma ligação do Starbucks falando que eu tinha conseguido o trabalho, fiquei feliz, eu finalmente ia ter meu dinheiro e ia sair da casa do Josh, ele já deve está com raiva deu ter que ficar na casa dele sem ajudar com alguma coisa, então resolvi sair da caverna e trabalhar, uma dia eu ia ter que superar isso não é?

Flashback off

Aqui no café conhecia Hina, Taylor e Sabina, elas viraram minhas amigas, são educadas e muito engraçadas, Sabina veio do México, Hina do Japão e Taylor me disse que já morava por aqui mesmo, nos temos quase a mesma idade,Hina 18, Sabi 20 e Tay 19.

Tay:Any pode pegar esse copo pra mim, falta so mais esse cliente para fecharmos o café. 

- Claro, toma.- Entrego o copo para ela.

Saby: Então vamos numa festa hoje meninas.

Hina: Eu topo

Tay: Eu também 

- Vou deixar pra proxima meninas.

Saby: Ah Any vamos por favor, vamos comemorar sua chegada no café.

Fico pensando se vai ser bom ir mesmo, estou confusa com tudo, comecei a trabalhar hoje é ja estou amando, essas meninas são demais, engraçadas e dramáticas. 

- Vou pensar até o final do expediente ta?

Hina: Pode ser é melhor do que um não na cara.

Eu e as meninas combinamos que seríamos sinceras uma com as outras, eu espero que todas nós possamos cumprir com isso.


Oi gentee voltei né, como vcs estão?


Então será que a Any vai na festa?


Comentem , isso me motiva a continuar.


💖💖💖💖




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...