História O Máfioso ( Jikook ) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Hentai, Jikook, Namjin, Vhope, Yaoi
Visualizações 908
Palavras 1.163
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Minha primeira fic, espero que gostem.

Desculpem se te ver erros.

Capítulo 1 - CAP 1


Fanfic / Fanfiction O Máfioso ( Jikook ) - Capítulo 1 - CAP 1


Ao contrário dos que muitos pensam os mafiosos hoje em dia não vivem em galpões velhos e caindo aos pedaços, é claro que esse tipo de lugar é útil mas pra outras coisas.

Meu escritório fica em uma localização muito privilegiada no centro de Seul,  para os de fora somos um agência imobiliária normal.

 Desde  que consegui por os negócios do meu pai em ordem as coisas estão  indo bem, mesmo que muito estressante, depos que consegui reestabelecer o nome Jeon,  esta cada vez mais difícil manter a paz entre as máfias,tanto das cidades vizinhas como dos outros países.  Muitos acharam que aviam coseguido destruir meu pai mas oque eles nao sabem é  que meu pai se destruiu sozinho .

Tive que investir muito dinheiro e pedir muitos favores , mas tem válido apena   além dos negócios ilegais que tenho, também estou investindo no ramo imobiliário, é menos casativo e me ajuda a esquecer um pouco o trabalho pesado, agora tenho muitos imóveis espalhados por Seul, e isso fez com que a fortuna de meu pai crescesse ainda mais.

Sou visto como um cara calculista, que passaria por cima de qualquer um pra ter o que preciso e realmente sou assim , vi meu pai ser pisado pela queles que ele mais confiava e hoje sei que não posso ser um cara com sentimentos, e nem devo confiar em ninguém, trabalhar com a máfia faz qualquer um  ver a vida de uma forma totalmente diferente .

Já fiz muitas coisa que poderia me levar pra cadeia, atuo no mercado negro, a prostituição memos sendo muito acessível ainda me causa dores de cabeça já  tráfico de drogas é  mais tranquilo , tambem sou arjeota e muitas vezez tenho que ser cruel, se não me pagarem ou tomo tudo da pessoa ou tenho que me livrar dela ,  essas coisas já estão no meu cotidiano a muito tempo .

Ter tentado e conseguido refazer o meu nome e do meu pai foi estramente difícil e cansativo,  seu meu sangue e suor para chegar a onde estou.


*


Levei dois anos e meio pra consegui nós colocar em nossa antiga posição,  éramos temidos pelos outros grupos e éramos respeitados e irei conseguir esse respeito novamente. 



Depois de muito batalhar resolvi tirar alguns dias de folga , sinto que se eu não sair daqui eu vou ficar louco .

Então agora  estou adiantando a maior quantidade de trabalho possível, pra quando eu for tudo esteja em ordem.

"Toc toc  "

Ouso a  alguem bater na  porta.

- pode entrar - digo terminado de revisar e assinar uns papéis. 

- Jungkook  - era Min yoongi, meu empregado e um dos meus melhores amigos.

- diga - dou atenção a ele que entrar na sala e vem até perto da mesa.

- Os meninos querem saber quando você vai? - ele se senta na cadeira a minha frente 

- em uma semana, estou deixando tudo em ordem ,pra vocês não terem problemas,tanto com os nossos fornecedores, como os imóveis.

- você tem certeza que quer ir? -ele diz com a voz de quem pedia pra não ir. 

- eu preciso, se eu não for eu vou ficar louco , estou trabalhando a tanto tempo que me ver sem fazer nada parece um sonho- digo com a voz caçada.

- tudo bem.... eu entendo mas você precisa fazer uma reunião antes de você ir. 

- irei fazer, eu só não quero que vocês botem fogo nesse prédio. 


Uma semana depois 


- então...estarei viajando hoje a noite, essa reunião é só pra deixar algumas coisas claras.

Dou início a reunião com meus e empregados mais importantes.

 Reuni todos na sala de reuniões, estamos sentados em uma grande mesa oval de madeira,  sala com paredes revertida de paple de parede marrom e janelas de vidro, deixando a luz entra, estávamos no décimo quinto andar de um prédio no centro,  sempre que fazíamos reuniões tomamos cuidado para não ter nada vazado para os outros grupos,  se isso acontecer podemos correr muitos riscos .


Na minha esquerda estava sentado Min Yoongi que lidava com toda a parte burocrática da empresa e também meu braço direito, Hoseok e tae lidavam com as ruas se a droga estba sendo vendida e com as garotas  a minha direita estava Kim namjoon e Jin que trabalhavam no mercado negro.

- por quanto tempo pretende ficar fora? - namjoon pergunta 

- um mês  o máximo , mas se ficar muito complicado as coisas aqui,podem me ligar que virei correndo - digo mesmo querendo que isso não aconteça. 

- não se preocupe, vamos cuidar de tudo - Jin fala

- é o que espero, mas para que isso aconteça quero que vocês trabalhem dez vezes mais atentos do que o de costume, sei que todos fazem seu trabalho muito bem, mas quero que tudo sai bem.

Tenho esses quatro  rapaz que faram  qualquer coisa pra deixar os negócios em pé e em ordem , conto com eles pra tudo,são mais que simples empregados,são da minha família, eles matariam e morreriam uns pelos outros.

- Min Yoongi você irá cuidar dos imóveis para mim é rapazes enquanto eu estiver fora yoongi fará o meu papel-  memos eles sendo adultos as vezes agiam como adolescentes.

- ok- dizem juntos 

- a notícia que você estará fora por um tempo por menor que seja, chegará ao ouvidos Suho rápido.- Hoseok fala

- eu sei , se vocês tiverem qualquer problema que não consigam resolver não exitem em me ligar , se eu não estivesse tão pilhado eu não  iria, mas eu tenho ,se não eu vou estragar tudo se eu peder o controle- digo 

- a gente sabe o quanto você tem trabalho,desde que sei pai saiu - tae diz

- obrigado por compreenderem , mas não me decepcionem,não exitarei em cortar qualquer um de vocês daqui  se algo der errado.   

Dispenso todos que voltam aos seus afazeres.

***

Depois da reunião voltei pro meu apartamento,fiz uma pequena mala.

Quando deu 18:00 hrs entrei em minha camionete e fui pra casa de campo de meu pai, que ficava a umas duas horas de carro da cidade.

Quando estava quase chegando recebo uma ligação do meu pai.

- alô

- Oi pai 

- como esta Kook ? 

- estou bem e você? 

- bem , fiquei sabendo que você foi pra casa de campo 

- estou quase chegando lá, porque?

- eu quero saber o porque de você está indo, esta levando alguém pra lá? 

-  não, estou sozinho, é que ando muito estressado, sinto que posso cortar o pescoço de qualquer um a qualquer momento. 

-atá,  quanto tempo pensa em ficar?

- não sei , até essa vontade de matar passar

- ok, e como anda as coisas por aí ?

- estão bem, os negócios estão lucrando como você  nunca fez  e aí na china? 

- até quando você ter a magoa de mim ? Já não basta eu ter que ter indo embora ?

- ate você ter consciência das medidas que você me fez passar ! 

- não aja assim jeon jungkook!

- pai preciso desligar,  estou chegando na casa. 

- tá, xau  filho 

- xau.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...