1. Spirit Fanfics >
  2. O Mar de Ouro >
  3. A primeira vez que te encontrei.

História O Mar de Ouro - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá! Meu nome é Heloíse,

Esta é a minha primeira fanfic aqui no Spirit, espero que gostem!

Capítulo 1 - A primeira vez que te encontrei.


Fanfic / Fanfiction O Mar de Ouro - Capítulo 1 - A primeira vez que te encontrei.

Wei Wuxian, o filho mais novo do Rei Tritão fazia naquele dia 20 anos de idade, sendo visto por todos os seus súditos como um adulto.

Finalmente havia chegado a maioridade e estava ansioso para subir à superfície como seus irmãos já fizeram uma vez.

Xie Lian: A-Xian, quando subir tome cuidado! 

Shen QingQiu: Principalmente com os pescadores. Eles não irão te deixar partir quando te capturarem em uma de suas redes.

Shang QingHua: R-Redes?!!

Todos os 5 irmãos de Wuxian estavam presentes em seu quarto, alguns dando conselhos e outros apenas bobeavam pelo cômodo esperando-os terminarem de conversar.

Xie Lian era o mais velho de todos e o mais responsável dos 6 irmãos, sempre cuidando dos irmãos como se fossem a coisa mais importante do mundo [pois realmente eram].

Shen QingQiu, o segundo irmão mais velho, e  o mais inteligente dos irmãos porém também é o mais preguiçoso entre eles, sempre se mostrando desinteressado em vários assuntos, entretanto, no quesito ser um bom irmão ele nunca deixava os outros na mão.

Feng Xin, o terceiro irmão mais velho, forte e competitivo, sempre motivando seu irmãozinho a fazer as coisas mais divertidas [mas com moderação]. Tem medo de sereias e é sempre o centro das brincadeiras de mal gosto dos irmãos [todos menos o Xie].

Shang QingHua, o quarto irmão mais velho, um medroso de primeira. Bastante atencioso com seus irmãos os ajudando em tudo o que precisarem. Costuma ajudar o conselheiro real em suas atividades diárias.

Jiang Cheng,  o penúltimo irmão, o mais estressado dentre eles. Sempre se metendo em brigas junto com Wei Wuxian, o seu irmão favorito. Costuma seguir as regras de determinado local, porém, se precisasse quebra-las para ajudar seus irmãos, não hesitaria nem dois segundos.

E por fim, Wei Wuxian, o mais novo dos seis. Esperto, arrogante, um degenerado para as vistas de qualquer um que o conhecesse, mas nunca deixaria de ajudar a quem precisasse. Se metia em encrencas muitas  e muitas vezes, sempre sendo repreendido pelo irmão mais velho Xie.

Feng Xin: Acalme-se QingHua, talvez os humanos não venham cometer um alvoroço desses novamente.

Shen QingQiu: Nunca se sabe. O que aconteceu com nossa mãe não foi um simples alvoroço. Foi algo que afetou o nosso mundo por anos e anos.

Todos nasceram em anos diferentes, mas o único que não conseguiu conhecer sua mãe foi Wei Wuxian. Ela morreu depois que foi pescada por humanos, que a queriam como uma prova de que sua espécie existia, apenas para se vangloriarem de terem sido "corajosos" o suficiente para pescar uma sereia. Quando isso aconteceu, Wuxian ainda era um bebê recém nascido, não entendia como o mundo funcionava ainda, então, não pode se lamentar com a perda da mulher que lhe deu a vida.

O clima no quarto ficou um pouco pesado ao citarem a mãe dos garotos.

Shen QingQiu: Me desculpem. - Disse sério voltando sua atenção para o livro que lia, ficando em silêncio pelo resto da conversa.

Wei Wuxian: A-Lian, eu sei o que fazer. Não ficar muito perto de praias onde possam haver humanos. Já entendi tudo, agora posso ir?

Jiang Cheng: Você cresceu rápido Wuxian.

Wei Wuxian: Heh, quase estou do seu tamanho.

Shang QingHua: E pensar que ontem mesmo ele estava nadando que nem maluco assustando as criancinhas do vilarejo. O tempo voa!

Feng Xin: É porque realmente foi ontem que isso aconteceu.

Wei Wuxian: Eu já pedi desculpas! Agora posso ir?

Shen QingQiu: O que está lhe impedindo? Vá, vá! 

Aos sorrisos, nadou pelo extenso oceano sempre subindo diretamente para a superfície. Quando emergiu da água viu algo que o surpreendeu bastante, algo que nunca tinha visto nessa vida.

Um enorme barco a vela (quase igual à uma caravela portuguesa do tempo dos colonizadores portugueses) iluminado por múltiplas lanternas de cor amarelo. Influenciado pela curiosidade, nadou até a embarcação para ver mais de perto.

Avistou pessoas, sendo mais específico: humanos!

Wuxian nunca tinha visto um humano de perto, apenas ouviu histórias sobre eles sempre os retratando como seres maus e terríveis. 

A curiosidade o permitiu avançar mais um pouco e segurar uma passagem aberta que entregava uma grande e boa visibilidade do que havia ali, além de estar escondendo a existência do tritão muito bem.

???: Vossa alteza, o que o senhor fará quando chegar ao palácio real? - Um dos homens se dirigiu a uma pessoa em específico. O olhos de Wei vagaram até o outro homem que estava de pé ao lado de um poste gigantesco de madeira.

Os olhos de Wei Wuxian não acreditavam no que via! Era um belo homem de cabelos negros e grandes amarrados em um rabo de cavalo perfeito, estava vestido em roupas brancas com alguns detalhes em azul claro, usava uma fita em sua cabeça com padrões de nuvens bordadas no pano brando. Seus olhos cor de âmbar podiam enxergar o paraíso do mundo e seus lábios avermelhados aparentavam serem macios como os travesseiros de algas de seus irmãos. Era encantador de se ver.

Homem encantador: Quando voltar direi a meu irmão que a viagem foi uma perda de tempo.

Wuxian sentiu arrepios em todo o seu corpo somente por ouvir a voz grave do homem encantador.

??: Infelizmente, nosso "aliado" comercial não quis renovar o contrato de venda e compra. Se deixarmos eles fazerem isso não teremos mais o que comer no futuro.

Homem encantador: Meu irmão saberá o que fazer. Por enquanto deixaremos este assunto de lado. 

??: Sim vossa alteza, Lan Zhan.

Wei Wuxian pensando: Então esse é o seu nome?!

Lan Zhan: Por favor, use o nome Wangji quando se referir à mim. Sem muitas formalidades.

??: Claro, claro.

Estava tão encantado com o homem que não percebeu que uma tempestade se aproximava mais e mais da embarcação.

???: UMA TEMPESTADE SE APROXIMA!!

Este foi a última coisa que ouviu antes da desgraça acontecer.


Notas Finais


Bom, esta história tem como inspiração o filme: A pequena Sereia.

Claro, haverá partes que não condizem com a história do filme, até por quê é uma fic de MDZS.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...