História O matador - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Como Treinar o seu Dragão, Enrolados, Frozen - Uma Aventura Congelante, Valente
Personagens Astrid, Bafo e Arroto, Banguela, Batatão, Bocão, Bruxa, Cabeçadura Thorston, Cabeçaquente Thorston, Dente-de-Anzol, Elsa, Flynn Rider, Fúria da Noite, Melequento, Perna-de-Peixe, Personagens Originais, Rapunzel, Soluço, Stoico, Valhallarama
Tags Dagylfe, Hiccstrid
Visualizações 31
Palavras 866
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Luta, Magia, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Descobertas


Fanfic / Fanfiction O matador - Capítulo 12 - Descobertas

No Grande Salão...

Pov's Soluço

-O cara não é comum,ele é um ser imortal,sabe lá quantos anos ele tem-declarei incrédulo-Se ele matar homens para os rituais da bruxa,ela o mantém imortal.

-E descobrimos porque ele não mata mulheres-completou Seeylfe indignada-As mulheres que ele pegava,ele as obrigava a se prostituir,ganhando dinheiro com isso.

Todos soltaram sons de espanto.

-Meu Thor!Esse cara é um monstro!-afirmou Perna de Peixe alterado.

Franzi a testa confuso quando meu pai se levantou,com o rosto pálido,e se afastou,indo pro canto do salão.

-Pai?-chamou Seeylfe preocupada-O senhor está bem?

Ele se virou,para nos encarar com os olhos cheios de lágrimas.

-Então significa...que sua mãe está viva-deduziu.

Arregalei os olhos.

-Como assim pai?-questionei.

-A sua mãe não morreu num ataque de dragões-afirmou-Ela foi levada pelo o matador.

Arregalei os olhos em choque.

(...)
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

-S-Significa que...-a voz de Seeylfe falhou.

-Sim-lamentou papai.

Arfei incrédulo,me afastando dali.

-Soluço!

Pov's Seeylfe

As lágrimas escorreram pelo o meu rosto e eu me afastei,saindo do salão.

Parei na beira das escadas e tentei me acalmar,querendo parar de chorar.

-Seeylfe?

Virei-me dando de cara com Ryker.

-O que houve?-perguntou confuso.

-Acabei de descobrir que o matador transformou minha mãe numa prostituta!-respondi revoltada e chorosa.

-Nossa...-confessou surpreso-Tem mais algum segredo que sua família esconde,tipo...um dom de família?

-Como?-franzi a testa não entendendo.

Dag se aproximou e fechou a cara ao ver Ryker,que se afastou.

-O que esse cara queria com você?-questionou sério.

Suspirei.

-Alguma coisa ele está buscando-declarei-Só não sei o que é.

Pov's Soluço

Eu tinha saído pelos os fundos do salão e estava sentado nas escadas,enquanto as lágrimas desciam pelo o meu rosto.

Minha mãe sempre esteve viva.Porque meu pai mentiu pra mim?

Senti alguém sentar do meu lado e virei meu rosto,vendo que era Astrid.

-Aí amor...-suspirou deitando a cabeça em meu ombro-Eu nem consigo imaginar como deve estar se sentindo agora...

Torci os lábios pensativo.

-Se descobrirmos mais sobre o matador,vou poder achar a minha mãe-enfatizei-Quer ir na Gothi comigo?

-Claro-concordou.

(...)

-Então?O que mais traduziu?-questionei ansioso.

Gothi escreveu no chão:

"Sua mãe sumiu em Berseky,assim como muitas outras pessoas e foi na época que você e sua irmã nasceram.Só uns vinte anos depois,que Oswald descobriu sobre o matador e mandou caçá-lo.Com isso,Boo fugiu para o reino de Highland e Viggo,junto com seu irmão Ryker,escolheram o próximo alvo para seus ataques:Berk".

Eu tinha os olhos arregalados em choque e o corpo paralisado.

-O Ryker...é irmão do Viggo!-relatou Astrid incrédula.

-Temos que avisar a Seeylfe e o Dag!-alarmei pegando meu capacete.

Pov's Seeylfe

-Eu tô te avisando Seeylfe!-avisou Dag me passando a faca-Eu ainda vou quebrar a cara desse Ryker!

-Depois você reclama de mim,falando que quero bater nos outros quando me estressam-reclamei começando a cortar a cebola.

-Mas você faz isso mesmo-debochou me fazendo encará-lo irritada-Mas na minha posição,é diferente!Ele está dando em cima de você,não respeitando que você é casada!

-Dag,eu sei muito bem me defender sozinha-afirmei aborrecida.

-Se coloca no meu lugar!-pediu contornando a bancada e ficando na minha frente-O que você faria,se uma mulher desse em cima de mim,mesmo sabendo que sou casado?

-Eu não quebrava a cara dela-confessei-Eu matava e sumia com o corpo-afirmei fazendo-o rir-O que foi?

-Você é tão fofa quando está com ciúmes!-brincou pondo as mãos na minha cintura e me puxando pra si.

-E você fica tão gostoso quando está irritado-sussurrei o encarando sedutora.

Ele retribuiu o olhar e me virou de costas pra ele,atacando meu pescoço com beijos.Deixei escapar um suspiro por conta das carícias enquanto passava a mão nos seus cabelos e pendia meu pescoço pro lado.

Ele me virou de frente pra ele e me beijou,mordendo primeiramente meu lábio inferior.Quando desci as mãos pra barra da sua camisa,bateram na porta.

-Droga!-sussurramos ao mesmo tempo,nos separando.

Retirei o avental,colocando-o em cima da mesa e caminhei até a porta,abrindo-a.

Gritei quando fui puxada por Ryker,fazendo minhas costas colarem em seu corpo enquanto ele botava uma adaga no meu pescoço.

-Seeylfe!-exclamou Dag vindo ao meu socorro.

-Se fizer algo,corto a garganta dela!-ameaçou Ryker alterado.

Flora e Chama se puseram em posição de ataque.

-Não,recuem!-ordenei,fazendo-os desfazerem as posições.

Pov's Soluço

Assustado,eu e Astrid descemos dos dragões e nos aproximamos de casa.

Banguela abriu a boca,se preparando para disparar.

-NÃO BANGUELA!-alertei fazendo-o parar-Pode acertar a Seeylfe!

-Eu vou arrancar esse bebê do ventre dela!-afirmou Ryker pondo a adaga na barriga exposta de Seeylfe,que chorava assustada.

-Calma!Não machuca ela!Por favor!-pedi.

-Só vou soltar Seeylfe...-alertou-Se me disser o segredo dos olhos da sua família.

-O segredo do que?-fiz careta-Isso não faz nenhum sentido!

-ANDA LOGO!-ordenou ele impaciente pressionando a adaga.

-NÃO!-gritou Dag aflito.

Seeylfe pendeu a cabeça pra trás,atingindo com força a testa de Ryker,que urrou de dor,a soltando.Minha irmã imediatamente correu para os braços de Dag.

Observei o homem correr,pra longe.

-Astrid-pedi sem encará-la.

-Deixa comigo-afirmou subindo em Tempestade.

(...)

-MESMO COM A TEMPESTADE ATRÁS DELE,O MALDITO CONSEGUIU ESCAPAR!?!-gritou papai furioso-AH,QUANDO EU PEGAR ELE...

Ignorei os ataques de papai e lembrei do fato de Viggo ter estado na Ilha Berseky antes de vir pra cá.

Eles devem saber de alguma coisa...

-Eu conheço essa carinha-alertou Astrid me fazendo encará-la-Tá pensando no que?

Franzi a testa determinado.

-Nós vamos pra Berseky-declarei. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...