1. Spirit Fanfics >
  2. O máximo que eu puder (Imagine Baekhyun) >
  3. 24

História O máximo que eu puder (Imagine Baekhyun) - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


Ola pessoinhas, tudo bem?

Estamos todos de quarentena, não é? Nesse momento difícil para todos nós, vou tentar trazer um pouquinho de alegria para vocês postando novos capítulos. Tudo aos poucos mas espero que gostem.

Bjinhos

Capítulo 24 - 24


A temida hora finalmente havia chego. O tic tac do relógio não perturbava mais a mente de ______ e Kátia já não estava ao seu lado comendo coisas estranhas. Mais tarde, naquela mesma manhã, Kátia havia lhe explicado que em dias decisivos como os de hoje, ela costumava ter gases e os pepinos a ajudavam a contê-los.

 

Um tanto peculiar, certo? Mas quem é _____ para julgar? Ela apenas concordou e desejou boa sorte.

 

Para falar a verdade, ela não sabia muito bem qual era o papel de Kátia naquilo tudo. Ela tinha o conhecimento de que Xiumin estaria contigo na apresentação mas e Kátia? E o senhor que ela esqueceu o nome? Ele estava no avião também.

 

Baekhyun? Bem, ele estaria na plateia. Se é que isso pode ser chamado de plateia, está mais para um leilão, Xiumin e _____ são como pobres vaquinhas sendo leiloadas.

 

- Você está preparada? – Xiumun perguntou de supetão.

 

______ acabou por sobressaltar-se na cadeira. Estava tão alheia a suas anotações que assustou-se.

 

- Estou, estou – sorriu de lado – Um pouco nervosa, eu diria.

 

- É normal – ele jogou-se no sofá da sala e esticou as pernas – Eu já me acostumei mas nos primeiros dias? – soltou um assobio – Eu era péssimo, gaguejava demais, pulava slides importantes, explicava errado.

 

_______ piscou atordoada. Isso aconteceria com ela?

 

Ao ver seu estado, Xiumin riu alto.

 

- Não estou dizendo que isso irá acontecer com você! Você é muito melhor do que eu era na época. Eu não tinha nenhum preparo mas você é estudada. Sabe muito bem como lidar com apresentações e reuniões. Não é à toa que eu te trouxe no lugar da Sana.

 

- Espera, sério? – ela sentiu-se um tanto animada – Me achou melhor do que minha chefe?

 

Xiumin anuiu.

 

Ela tentou conter seu sorriso vitorioso. Obviamente ela admirava muito Sana mas ouvir dizerem que ela é melhor? Não existe sensação mais prazerosa. Talvez Minho estivesse certo. Mesmo depois de tudo o que passou, a morte de seus pais, o coma de Doyoung e as dívidas no hospital, seu momento de brilhar finalmente havia chego.

 

- E caso pense besteira, Baekhyun não teve nada a ver com a escolha – ele voltou a falar – Ele nem mesmo sabia que você viria – Xiumin pareceu ficar pensativo – Peço desculpas por isso, eu só tive medo de qual poderia ser a reação dele. Eu queria mesmo que você viesse.

 

______ soltou um sorriso compassivo. Ficava muito aliviada por saber que Baekhyun não tinha dedo nisso mas parte de si já sabia que disso.

 

- Está tudo bem – ela abanou as mãos – Deu tudo certo.

 

- Deu, não é? – ele piscou.

 

Ela franziu as sobrancelhas.

 

- Ora, não me venha com essa cara. Baekhyun voltou todo feliz para o quarto, sei bem que as coisas se acertaram entre vocês.

 

- Mais ou menos – ______ fez uma careta – Ainda temos coisas para conversar.

 

- Bem, espero que se acertem por inteiro então.

 

- Eu também – ela apertou seus papéis contra o peito – Eu realmente espero por isso, Xiumin.

 

(..)

 

 

- E por isso o abajur da Eris é sua melhor opção.

 

_______ mal havia terminado de falar quando várias pessoas começaram a aplaudir. Suas mãos ainda estavam trêmulas e sua visão um tanto turva mas só de ouvir o som do sucesso, tudo parecia valer a pena. Ela agradeceu e juntamente de Xiumin, desceu as escadas até o salão principal.

 

Ele estava extremamente animado, a encheu de elogios e até mesmo prometeu ajudá-la com um emprego melhor. Ela também não conseguia esconder seu sorriso de satisfação. Mas também estava curiosa, não havia visto Baekhyun. Estaria mentindo se dissesse que não o procurou enquanto apresentava mas a questão é que realmente não havia se quer sinal dele.

 

Xiumin também não parecia saber de nada e isso a preocupava, algo poderia ter acontecido?

 

- Baekhyun? – a voz de Xiumin chamou sua atenção.

 

Então ali estava ele, se aproximando aos poucos, exibindo seu belo terno e uma fragrância marcante. ______ estava radiante, até ouvir ele abrir a boca.

 

- Isso foi diimais – ele piscou lentamente e agarrou os omrbos de Xiumin – Você, meu caro, foi a melhor coisa que contratei.

 

As sobrancelhas de ______ se uniram, ela ficou confusa. Num momento tão importante como aquele, Baekhyun estava bêbado?

 

- Hum, você está bem? – Xiumin perguntou ao afastando e analisando – Andou bebendo?

 

Baekhyun riu soprado.

 

- Claro que naum – ele revirou os olhos e então levou sua atenção até ______ - Minha joia, você estava um arraso lá em cima.

 

______ não conseguiu responde-lo, estava chocada demais para fazer qualquer movimento.

 

- Hum, espera aí – Baekhyun levantou o indicar e pegou um celular do bolso – É seu, não é?

 

______ então tateou os bolsos. Sim, aquele era seu celular, por que Baekhyun o tinha? Ela havia o deixado na bolsa dentro da sala antes da apresentação.

 

- Por que está com ele, Baekhyun? – ela perguntou se aproximando.

 

Ao notar que alguns investidores se aproximavam, Xiumin se afastou e tentou distraí-los. Muitos queriam falar exclusivamente com o dono da Eris.

 

- O que houve com você? – ela perguntou baixinho, fingindo arrumar sua gravata – Você não está fedendo a álcool, por que parece fora de si?

 

Baekhyun sorriu feito bobo.

 

- Você é tão linda – inclinou sua cabeça e soprou – Gosto do seu cabelo. Sério.

 

- Não é hora para isso – ela engoliu seco enquanto pegava o celular de sua mão – Não me respondeu por que estava com ele.

 

Baekhyun franziu a testa, parecia pensativo. Estava forçando-se a lembrar.

 

______ estava ficando impaciente. Ela batia seu pé repetidas vezes no chão. Seus olhos atentos tentavam deixar que ninguém se aproximasse do ceo da Eris que parecia estar fora de si.

 

Enquanto ele se mantinha em silêncio, ______ ligou a tela de seu celular e espantou-se ao notar mais de 10 ligações perdidas de Mina e Minho.

 

- Alguém me ligou, Baekhyun? – ela perguntou já começando a suar frio.

 

Só de pensar que algo pode ter acontecido...

 

- Isso – ele riu alto – Uma mulher chamada Mina ligou – ele coçou a testa – Ela parecia... hum.. nervosa.

 

As mãos de _____ voltaram a tremer no mesmo segundo. Rapidamente ela tentou fazer uma ligação para sua amiga mas a mensagem em seu celular avisava que possuía menos de 5% de bateria e não poderia completar a ligação.

 

- Já disse que você é minha inspiração? – Baekhyun tentou tocar seu braço.

 

- Caramba, Baekhyun! – ela disse brava, contendo-se para não brigar – Você tem noção de que algo pode ter acontecido com meu irmão?

 

Ele piscou atordoado.

 

- Como pôde ter sido tão imprudente de ficar desse jeito hoje? E por que não me avisou sobre a ligação? – ela começou a andar em círculos – Seu celular está com você? Preciso ligar para Mina ou Minho, não importa, preciso ir embora agora.

 

- ______, calma – Baekhyun pareceu ficar mais sério.

 

- Não consigo ter calma – ela tampou o rosto, contendo o nervo – Preciso saber como meu irmão está!

 

- Tudo bem, tudo bem – ele vasculhou os bolsos até encontrar o aparelho – Aqui, use ele.

 

______ agarrou o aparelho e correu para um lugar mais calmo. Por sorte sabia o número de seus amigos de cor.

 

Baekhyun, ainda no mesmo lugar, observou todo o lugar a sua volta girar, havia algo de errado com ele, mas o que era? Ele não se lembrava. Ele piscou e tudo pareceu ficar ainda mais difícil, sua cabeça doía muito.

 

Mas nada pareceu doer mais do que o desespero no olhar de _____ enquanto ela falava com alguém no telefone.

 

 


Notas Finais


..........................

O que pode ter acontecido com Baekhyun?

E Doyoung?


Love u mo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...