História O melhor amigo do meu irmão - Capítulo 1


Escrita por:

Visualizações 29
Palavras 1.049
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - 001


Fanfic / Fanfiction O melhor amigo do meu irmão - Capítulo 1 - 001

- Ate para ser flor precisa de sorte, umas nasceram para enfeitar a vida, outras, a morte.

- Desconhecido.

Kath Narrando

Eu ja estava dentro do avião na primeira classe deitada em uma das poltronas quando esculto a voz da aeromoça.

•Que todos os passageiros voltem ao seus lugares e coloquem o cinto de segurança iremos pousar•

Fiz oque ela mandou e logo senti o avião abaixando quando finalmente pousou fui uma das primeiras a descer, eu quero ver o meu irmão o mais rapido possivel!

Chamo um daqueles taxis que ficam parados a frente do aeroporto entro e dou o endereço que estava anotado em um papelzinho e em algumas horinhas minutos talvez cheguei em uma enorme mansão que a maior parte era de vidro.

Fiquei meia boquiaberta mais logo paguei o homem e sai de seu taxi com as minhas malas que não eram poucas e apertei a campainha.

- DEVE SER A JULIA!- Ouvi uma voz gritando mais não parecia a do meu irmão, poderia ser ficamos tanto tempo separados...

E então a porta se abriu revelando um "menino" mais alto que eu, novidade sou baixinha, magro e com varias pintinhas não podia negar que ele é lindo.

- Você não e o meu irmão!- faço uma careta

- E você não e a Julia!- ele tambem faz uma careta - Quem e seu irmão?- ele pergunta cruzando os braços e franzindo o cenho

- Quem e Julia?- imito o seu gesto cruzando os braço e o olhando desafiadora

- Quem é Dy...- E então meu irmão aparece na porta ele arregala os olhose deixa a boca em um perfeito *O* ele corre em minha direção e me abraça me suspendendo no ar

- Ai que momento fofo!- o garoto que me recebeu diz - Acho que vou vomitar!- ele diz e eu o olhei e ele estava com os braço na cintura nos olhando

- Garoto idiota!- resmungo - Fala maninho!- sorrio- Como vai?

- Vou ótimo e você?- ele diz sorrindo - Entra, entra!- ele diz me puxando - Pega as malas dela Dylan!- ele diz para o garoto que o encara incredulo

- Virei seu empregado?- ele diz emburrado

- Coitado ta de TPM!- digo dando um risinho e ele me encara incredulo

- Eu sou seu melhor amigo Dylan!- meu irmão diz, ele iria fazer um apelo emocional agora, tava ate fazendo cara de sofrido. - Estou te dando estádia na minha casa...- ele e interrompido

- Eu não moro com você!- Dylan diz fazendo cruzando os braços

- MAIS VOCÊ PASSA MAIS TEMPO NA MINHA CASA DO QUE NA SUA!- meu irmão grita me fazendo dar um pulo e olhar para a cara dele que continha algumas lagrimas, como pode ser tão falso? Por isso que virou ator! - Você come da minha comida, minha preciosa comida...- ela diz e então abaica a cabeça dramaticamente

- Como sua namorada!- Dylan diz serio

- Come minh...QUE?- Ele grita nos fazendo rir

- Vocês dois são dois falsos, por isso viraram atores!- digo rindo - Não preciso da sua ajuda!- digo dando lingua para o Dylan ao passar perto dele e vou pegar minhas malas

- Que dia Maia virá?- Tyler pergunta quando eu volto a sala e vejo que não tem mais nenhuma lagrima

- Tenho cara de babá?- pergunto apontando para a minha cara 

- Tem cara de criança!- Dylan diz me olhando e eu dou uma risadinha ironica

- Mais ela é criança tem apena 16 anos!- Tyler diz me fazendo revirar os olhos - Você vai fazer 17 daqui á um mês Kath!

- Não me diga?- digo ironica

- Não era para estar em uma creche?- Dylan pergunta me fazendo dar dedo do meio para ele

- Não era para você deixar de ser menos viado?- pergunto e vejo os gritinhos do meu irmão

- A criança tem lingua-afiada!- Dylan diz ironico - Depois eu te mostro quem e viado!- ele diz fazendo o Tyler o olhar com cara de poucos amigos.

- Eu tenho muitas coisas que você não sabe!- digo olhando ele seria mais ai dou um sorriso - E que você não vai descobrir!- digo e dou um sorrisinho- Como esta a série Tyl?- pergunto me sentando ao seu lado

- Esta indo tudo otimo, estamos na ultima temporada!- ele faz uma cara triste - Oque infelizmente e ruim, essa serie foi muito importante para mim!- ele diz e seus olhos se encheram de água, agora era nitido que ele estava triste

- Não fique triste porque acabou, fique feliz porque aconteceu!- digo sorrindo - As cortinas se abriram Tyler, e de uma forma ou de outra você sabia que algum dia elas iriam fechar!- eu estou em um momento nostalgico, de muita inspiração, obrigada, denada - Mas olhe só...- digo apontando o dedo indicador para cima e olhando para cima - Os aplausos!

Dylan me olhava como se eu fosse doida e Tyler sorria ele ja estava acustumado com as minhas loucuras momentaneas.

- Você assistiu a série?- Dylan pergunta me olhando

- Ehr...- mordo os labios - Estava esperando....eu vim pra ca para assistir com o meu maninho!- digo pulando em cima do Tyler

- Boa desculpa!- Dylan diz dando de ombros e eu reviro os olhos

- Eu vou ir no banheiro, coloca algum filme Kath!- Tyler diz se levantando

Vou ate a estante me agacho e fico olhando os filmes que tem ali.

- Estou tendo uma ótims visão daqui!- Dylan diz me fazendo perceber que eu estava com a bunda virada para ele eu logo coro

- Ai coitado!- dou uma risada e coloco o filme *a primeira vez* em cima da mesinha de centro e vou para cozinha sendo seguida pelo Dylan - Ate parece que euzinha - aponto pra mim me virando para ele no meio do caminho e logo voltando a andar - iria ficar me exibindo para você querido!- pego algumas coisas na geladeira para fazer um sanduiste e coloco no balcão

- Então você acha que não cederia aos meus encantos?- ele pergunta se aproximando

- Você ate que é bonitinho fofo!- digo me aproximando dele e passando as minhas mãos nos seus rostos - Mais você não cederia ao meu!- dou um sorriso com a lingua entre os dentes

- Acha?- ele diz se sproximando e encostando os seu corpo em mim me causando um arrepio

- Amorr, Dyll? cheguei!- esculto a voz de uma menina

- Pena que tem namorada!- digo dando um sorriso de lado e me afastando dele.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...