1. Spirit Fanfics >
  2. O melhor amigo do meu irmão >
  3. Capítulo 26 grávida

História O melhor amigo do meu irmão - Capítulo 26


Escrita por:


Capítulo 26 - Capítulo 26 grávida


Ele voltou ela ainda dormia.

Deixou o café pronto .

Ela acordou.

Foi até ele.

O beijou.

Mb : comprei tá.

Ele apontou onde estava e ela tomou.

Tomaram café juntos .

Anna : amor faz uma torta de Maracujá para mim.

Mb : vamos na doceria aqui perto.

Anna : tabom.

Eles se arrumaram e foram.

Mb : amor , tá bem.

Anna : aquela mulher não para de olhar para você.

Mb : se for começar agente vai embora.

Anna : você é meu marido.

Mb : então, eu sou seu não ligo para nenhuma outra mulher sem ser você.

Anna : que bom mas se continuar eu vou nela.

Mb : agente já terminou , não é melhor agente levar algum doce daqui.

Anna : eu só quero quebrar a cara dela.

Mb pagou oque comeram e a levou embora estavam discutindo no carro e ele acabou batendo.

Mb : Anna , você estar bem?.

Anna : tô, Matheus você está bem.

Mb : bati a cabeça mas eu tô bem.

Bateram mas o carro só amassou um pouco a parte da frente.

Anna : preciso ver como você está?.

Mb : calma eu tô bem.

Ele tentou dá ré.

Conseguiu o carro parou.

Mb : vou ter que chamar o reboque.

Anna : amor não quero ficar sozinha, tá escurecendo.

Ele a beijou .

Ele ligou para um amigo.

Mb : ele disse que a quatro horas vai vir.

Anna : preciso ver se está bem.

Mb : vai para o banco de trás.

Ela foi e ele também.

Ela começou a chorar.

Ele pos ela para sentar no colo dele.

Anna : eu quase matei você.

Mb : eu tô bem.

Ele beijou ela.

Anna : eu não posso te perde.

Mb : então, aprender a controlar, por que quem mas vai sofrer é você.

Anna : você não liga para mim.

Mb : não, eu te amo, não quero que fique imaginando coisas eu sei que eu era mulherengo antes de te conhecer mas tudo mudou quando você me disse sim, eu escolhi você, e escolhi abri mão de tudo por você, eu amo .

Ela o beijou, fez um carrinho nela.

Anna : me perdoa.

Mb : já passou, o importante é você está bem.

Ele beijou ela .

Passou a mão por debaixo da vestido dela.

E a beijou.

Ela fez o mesmo com a blusa.

E tirou, ele fez o mesmo com o vestido dela.

Ela continuou sentada ali e ele ficou beijando o corpo dela, e tirando o sutiã, foi massageando apertou e bateu na bunda dela.

Anna : amor, alguém vai chegar e nos ver aqui.

Mb : vai não o vidro é fumê, e tá escuro lá fora.

Anna : hum.

Mb : ficar tranquila.

Ela o beijou.

E saiu dali e foi para o canto ele tirou a calsa e a cueca.

Ela tirou a calsinha.

Ele foi até ela e a beijou.

Ele abriu a perna dela e segurou enfiou nela e ficou beijando a boca dela .

Eles ficaram se acariciando ele ficou metendo.

Ele ficou falando coisas fofas no ouvido dela.

Eles estavam curtindo, quando acabaram ele saiu devagazinho beijou a bct dela e deitou ela deitou por cima dele.

E espero ela dormiu.

Ele a deixou deitada e se vestiu.

Trancou ela no carro .

Foi em casa a pé e pegou um endredon.

Ele abriu o carro a enrrolou ela que dormia e trancou o carro .

Levou ela para a casa que alugaram lá.

Ele a cobriu mas.

E ligo para o amigo dele que disse que estava chovendo muito e só ia resolver de manhãzinha.

Ele disse tudo bem fechou as janelas a abraçou.

Dormiu com ela.

Passou uns dias e depois concertaram o carro e deixaram na casa alugada.

Mb : amor tá tudo bem?.

Anna : tá tudo bem.

Mb : dá tempo de você descança antes da gente pegar o vôo.

Anna : melhor comprarmos essa casa.

Mb : você acha?.

Anna : nunca saberemos quando vamos fazer outra lua de mel.

Mb : é.

Anna : pede para aquele seu amigo que está aqui resolve para você já que ele é de confiança.

Mb : tabom agora descança.

Mas tarde eles foram, chegaram cansados da viagem e dormiram.

Passou uns dias os enjôos e as tonturas que ela estava tendo Des  da viagem não pararam só pioraram.

Mb foi trabalhar na lanchonete que estava se sentindo bem.

Ela ficou em casa.

Anna : nossa eu não sinto enjôos assim des de quando estava gravida.

O pai dela foi visita-la .

Álvaro : oi filha vim te vr , liguei para seu esposo , ele me disse que estava se sentindo mal aí eu vim te ver.

Anna : tô enjoada.

Álvaro : é e veio dá viajem assim?.

Anna : é.

Álvaro : será que está vindo um bebezinho por aí?.

Anna : eu não sei , mas eu também tô desconfiando.

Álvaro : ligar para farmácia ué.

Ela ligou e rapidamente veio o teste.

Anna : vou fazer.

Ela foi fazer e rapidamente veio o resultado.

Álvaro : positivo?.

Ela disse sim com a cabeça.

Álvaro : por que você tá assim?.

Anna : não tô pronto para passar por tudo denovo.

Álvaro : ninguém vai tirar essa criança de vocês.

Ela olhou para o teste e sorriu.

Álvaro : eu tenho que buscar a sua mãe da academia.

Anna : tá.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...