1. Spirit Fanfics >
  2. O melhor amigo do meu irmão -fillie >
  3. "Raios solares"

História O melhor amigo do meu irmão -fillie - Capítulo 76


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura 💗💗💗

Capítulo 76 - "Raios solares"


Acordei com os raios solares em meu rosto, eu estava dormindo no peitoral de Finn. Senti um grande sorriso formar-se em meu rosto. Faz tempo que algo não me tira um sorriso e estou bem em estar ao seu lado e sentir a sensação do garoto cacheado em meu lado.


- Quanto tempo está acordada? -perguntou me fazendo voltar para a realidade 


- Não muito -disse enquanto passava meus dedos em sua pele. 


- Está bem? -perguntou e eu concordei -Eu te ma...-o cortei antes de terminar sua frase 


- Estou bem e você foi perfeito  -digo dando um sorriso de lado


Nós fomos até o banheiro tomar banho e escovar os dentes, na mesma dificuldade que antes. Mas se o acontecimento de ontem não tivesse realmente realizado eu estaria de pé, mas agora não consigo... Assim que acabamos eu fui para a minha cama me vestir, eu deixei minhs roupas íntimas lá. Eu não estou vestindo nem blusas, calças moletons absolutamente nada. No máximo algum cropped moletom, estava para me vestir mas alguém bateu na porta


- Pode entrar -Passei um dos lençóis da cama em meu corpo


- Bom dia, Filha -disse meu pai se sentando na cama. Meu coração começou a ficar acelerado, e se ele passou a noite aqui em casa e eu nem vi. Esther me disse que eles não poderiam passar a noite aqui pois estavam resolvendo as últimas coisas com os médicos 


- Oi pai -tentei o máximo falar naturalmente 


- Então, Owen perguntou como você está? Se está tomando os remédios, está se cuidando e sobre as roupas -falou o mesmo com um sorriso no rosto 


- Eu estou bem, estou tomando todos os remédios e o Finn está cuidando de mim -respirei fundo


- E as roupas? Sabe que não pode usar vestidos apertados -disse e eu concordei. -O quê está vestindo agora? 


- Eu? 


- Sim, você não pode usar roupas...


- Eu estou pelada, pai -disse logo de uma vez e o mesmo mudou a sua expressão para uma expressão confusa  


- Por quê? -perguntou eu não iria dizer que noite passada eu talvez quebrei uma regra que estava comprometendo minha vida, certo?  Vi Finn na porta do banheiro levando a mão até a testa, isso foi engraçado 


- Eu...vou tomar banho. -disse e sorri


- Tudo bem, então eu vou sair -disse se levantando e saindo do quarto, dei um suspiro enquanto eu ouvia Finn dar uma gargalhada


- Eu vou tomar banho, eu não iria pensar coisa melhor -disse se aproximando de mim. O garoto estava molhado só com uma toalha em seu corpo


- Haha que cara mais engraçado, eu só faltei passar mal -disse me deitando na cama e me lembrando de algo que preciso fazer. - Finnie, pode pegar um copo d'água para mim? 


- Claro amor -sorriu e saiu do quarto. Peguei minha bolsa que estava na mesinha de canto. E vi que Finn já estava em minha frente com o copo de vidro cheio de água 


- O quê é isso? -perguntou me entregando o copo


- Pílula -disse e em um segundo aquilo estava descendo em minha garganta. Finn se aproximou de mim e tirou o copo de minha mão 


- Eu te amo -disse se sentando na cama e levantando as suas mãos em meu rosto, eu nem percebi quando os nossos lábios se juntaram mas estávamos em uma enorme sincronia, sua mão direita que antes estava em meu rosto desceram até o meu seio fazendo movimentos circulares

Senti uma grande eletricidade em nossos corpos, eu parei nosso beijo para olhar a situação. Finn me olhava confuso mas eu consegui encontrar o motivo para deixá-lo tão animado, de fato. Sua ereção falou mais alto e vi em seus olhos algo como "vai" dei um sorriso e tirei a sua toalha revelando o seu membro rígido, expelir saliva em minha mão esquerda e comecei a fazer movimentos enquanto o mesmo deu um suspiro 

Voltamos nos beijar novamente mas dessa vez com mais desejo, mordeu meu lábio inferior com força e dei um gemido baixo, logo devolvendo a mordida. O mesmo foi intensificando mais o beijo...quase lá, eu já poderia sentir o seu líquido em minhas mãos mas a figura de Sophia foi bem mais rápida


- Oi -disse sorrindo para a mesma que estava completamente chocada


- É...desculpa  


- Tá tudo bem, mas você acabou de olhar para o pênis do meu namorado. Então... -disse e a mesma fechou a porta Finn se levantou e foi na direção do meu banheiro 


- Eu estou envergonhado -disse colocando a tolha em seu corpo, tirando a oportunidade de ver seu...


- Eu quero terminar -disse com a voz arrastada


- Sério? -perguntou e concordei. Ele foi até o banheiro que no momento não entendi, mas depois o mesmo chegou com lenços umedecidos se sentou novamente em meu lado e eu deitada, como antes. Expelir novamente saliva em minha mão esquerda e comecei mais uma vez, puxando novamente para um beijo em algum instantes minha mão esquerda estava com o seu líquido. Vi o mesmo pegar um dos lenços para limpar a minha mão, mas era tarde de mais pois tudo aquilo foi para a minha boca. O que fez me olhar incrédulo e depois me puxar novamente  para um beijo enquanto limpava minha mão.



- Você já vai? -perguntei enquanto o mesmo jogava o lenço no lixo do banheiro


- Se quiser não vou -disse andando até a mim e se deitando na cama. Nesse momento eu estou vestida com as minhas roupas íntimas 


- Não, não. Ficou muito tempo longe deles. Vai lá, lobão -disse o empurrando levemente 


- Tá, mas eu volto


- Óbvio que volta -falei e o mesmo me seu um selinho demorado. Finn foi se vestir com uma calça jeans preta e uma blusa cinza nos seus pés all star branco



- E então? -perguntou Sadie. Agora todas as meninas estão aqui no meu quarto


-.Eu transei -fui direto ao ponto. E as garotas estavam com um perfeito "O" na boca 


- Porra, vocês estão com muito fogo -disse sophia


- O quê foi? -perguntou Lilia


- Eu simplesmente cheguei aqui e vi a pequena Brown bater uma para o namoradinho dela -disse a mesma debochando 


- Mas olhou o pênis dele -dei de ombros


- Meu deus, chocada. Mas iai...como foi ontem? -perguntou Sarah


- Foi muito bom, na verdade...perfeito. Fiquei aproveitando tudo aquilo, nossa foi maravilhoso -sorri com algumas coisas que aconteceram ontem 


- Que bom que você conseguiu, mas não teve nenhum problema não, né? -perguntou Esther e eu Fiz que não com a cabeça 


- Essa é a minha garota  -disse Mari dando um tapa em minha bunda. 


19:45 p.m


- Vamos assistir filme? -perguntou Mari



- Vamos assistir novela, está passando uma novela maravilhosa -digo pegando o controle de sua mão 


-  Você realmente não está bem, novela é para velhos. -disse Esther pegando o controle de minha mão 


- Caladas, vamos assistir Anatomia da...-começou Sarah mas Sophia a cortou


-Assistir esses médicos comendo todo mundo, todo mundo morre e além disso um episódio é grande para caralho -Falou -Vamos assistir the 100 -falou e Sadie pegou o controle novamente. Aquilo estava tão engraçado e irritante 


- Vamos assistir elite, nestante vamos para casa e precisamos no mínimo assistir algo -Esbravejou Sadie e todas concordaram.



Assim que as meninas foram para suas casas eu fui tomar meu banho com a ajuda de Mari, que ficou falando o tempo todo que iria matar a Esther pois ela pegou a maquiagem dela. Mari disse que Esther está com um "namorado" e sinceramente eu estou querendo conhecê-lo. Vesti uma calcinha de renda e um sutiã conjunto, jantei macarrão que na verdade foi um prato cheio de folhas e o mínimo de macarrão mas não tem problema. Escovei meus dentes e me deitei na cama, assistindo finalmente minha novela.

Senti uma mão passar em minhas pernas e subir até a minha bunda, dando um tapa forte


- Caralho -gargalhei enquanto o cacheado deitou em meu lado 


Desculpa, eu não aguentei -disse e o puxei para um beijo. Suas mãos que estavam em minha cintura desceram até minha bunda dando mais um tapa e um aperto bem forte, sua língua sugava a minha. Era uma batalha de línguas que estava me deixando completamente vulnerável, senti suas mãos até a barra de minha calsinha, deslizando para baixo e sentindo o seu toque na minha intimidade molhada. O mesmo recuou e tirou a sua mão de mim, arrumando a minha roupa íntima 


- Você não fez isso -falei cruzando os braços 


- Sim eu fiz, mas eu quero 


- Vai me deixar desse jeito -perguntei e o mesmo concordou. - Não fala mais comigo -disse me virando de costas. É óbvio que estamos brincando, mas eu sinceramente fiquei com muita vontade de dar um soco de leve nele. Bem leve, só para ficar esperto


- Gostosa -disse dando mais um tapa em minha bunda me fazendo morder o lábio inferior 


- Você tomou alguma coisa? -soltei uma risadinha. - Finn solta a minha bunda! -disse me esforçando para não rir


- Sua bunda não, nossa bunda -falou me fazendo rir. Eu comecei a chorar dr rir com a frase que o mesmo falou


- Meu deus, Wolfhard -Falei me virando para ele


- Você é minha -falou em meu ouvido me fazendo arrepiar 


- Não sei não, meu lado feminista não gosta de nada disso -soltei uma gargalhada 


- Então...deixa que eu vou cuidar desse seu lado com muito amor -disse me dando selinhos 


- Deixe-me pensar...-fingi estar pensando -Não -falei e o mesmo começou a rir


- Você é chata -falou entre alguns selinhos que esta dando em minha boca


- Está me ofendendo -Esbravejei e começamos a rir


- Eu te amo, Brown -falou segurando o meu rosto


- Eu também te amo, Wolfhard











Notas Finais


O Finn ele é maluco ele

KKKKKKKKKKKKKKK



Desculpa qualquer erro 🍪👁👄👁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...