1. Spirit Fanfics >
  2. O melhor amigo do meu irmão- Imagine Kim Taehyung >
  3. Festa de 18 anos.

História O melhor amigo do meu irmão- Imagine Kim Taehyung - Capítulo 20


Escrita por: e Ahrii_


Notas do Autor


Oie
Turu pão?
Espero que sim.
Comecei uma fanfic nova dêem uma olhadinha
https://www.spiritfanfiction.com/historia/jogo-perigoso-imagine-min-yoongi-21736630
Boa leitura para vocês
Beijos da ChinSun

Capítulo 20 - Festa de 18 anos.


Fanfic / Fanfiction O melhor amigo do meu irmão- Imagine Kim Taehyung - Capítulo 20 - Festa de 18 anos.

Tae On/ S/N Off

-Aish! Você consegue mãe!

Kook- Não vamos nos estressar, temos que arrumar as coisas para o aniversário da S/N.

-Eu vou falar com ela primeiro, ela deve estar chateada, mal chegou em casa e já é recebida assim.

Jiwoo- Eu vou, resolva as coisas com a sua mãe primeiro.- disse colocando a mão no meu ombro.

-Por favor, me deixa cuidar disso.

Jiwoo- Se você prefere assim.- tirou a mão do meu ombro e eu subi as escadas.

-S/N?- bati na porta do quarto dela- posso entrar?- ela ficou em silêncio.- estou entrando.

S/N- Eu não deixei você entrar, e se eu estivesse tomando banho?- a garota estava deitada na cama olhando para a janela de costas para mim.

-Eu te conheço melhor do que você pode imaginar, sei que não estaria tomando banho.- fui até ela me deitando ao seu lado passando o braço pela sua cintura.- me desculpa por isso, não esperava, ela nem estava no país.

S/N- Não foi sua culpa, na verdade, não foi culpa de ninguém. Você não deveria ter falado assim com a sua mãe.

-Você é mesmo inacreditável... mesmo depois de tudo que ela disse você a defende.

S/N- Ela é sua mãe, e minha sogra, não sei o que ela ouviu sobre mim, mas vou tentar mudar essa visão.

-O que eu fiz para merecer uma mulher tão boa?- Ela se virou ficando de frente para mim.

S/N- Eu sei que sou maravilhosa.

-E você é mesmo.

S/N- Sabe... agora eu quero que você faça algo para me deixar feliz.

-O que?

S/N- Volte lá para a sala e peça desculpas para a sua mãe.

-Aish! Você é mesmo imprevisível, eu não quero fazer isso.

S/N- Por favor- pediu segurando meu rosto entre suas mãos.- faça isso por mim.

-Só porque você me pediu.- Disse enquanto levantava da cama.- Te vejo daqui a pouco.- passei pela porta do quarto a fechando.

S/N On/ Tae Off

Depois que o Taehyung saiu eu continuei do mesmo jeito que estava antes, deitada virada para a janela. Sim, o que a mãe dele disse me chateou um pouco, mas não é por isso que iria querer que ele acabasse com a relação com a senhora Kim por uma besteira como essa.

Jiwoo- S/N, posso entrar?- perguntou abrindo a porta.

-Se eu dissesse que não ia adiantar?- me sentei na cama, olhando para a mais velha.

Jiwoo- Não.- respondeu se sentando ao meu lado.- tenho um presente para você- falou tirando uma caixa pequena de trás de sí.- Agora você é oficialmente maior de idade, então achei que seria importante.

Ao abrir a pequena caixa branca um sorriso se formou em meus lábios.

-Oh meu Deus! Isso é mentira?- peguei a chave do carro em minhas mãos.

Jiwoo- Não, agora você não precisa ficar pedindo para o Jungkook te levar para os lugares, só até tirar a sua habilitação.

-Obrigada!- disse dando um abraço apertado nela.- Eu estou muito feliz, de verdade.

Jiwoo- Senti falta desse abraço. Nunca mais vá embora assim! Não gostei de ficar longe de você.

-Eu também estava com saudades de todos vocês.

Jiwoo- Vou deixar você descansar, acho que vai precisar de energias para mais tarde.- falou enquanto ia até a porta.

-O que vocês estão aprontando?

Jiwoo- Só vai descobrir mais tarde, agora durma, aposto que a cadeira do avião não estava muito confortável.- saiu fechando a porta me deixando sozinha outra vez.

Aproveitei para seguir o seu conselho, tomei um banho e fui me deitar. Um tempo depois a porta foi aberta sorrateiramente, e novamente Taehyung estava deitado comigo.

-Isso vai virar rotina?- perguntei sem olhar para ele.

Tae- A Jiwoo disse que eu podia subir para descansar, então eu vim.- respondeu se aconchegando em mim.

-Ai se o Jungkook te pega aqui.- ele riu.

Tae- Eu ia ser um cara morto, e você uma mulher viúva.

-Não somos casados, então eu seria uma mulher solteira.

Tae- Não somos casados ainda.

-Você quer mesmo casar comigo? Viu que eu posso ser a mulher mais complicada dessa vida.

Tae- Eu não me importo, te amo demais para te perder, se você for para o outro lado do mundo eu irei também, só quero ficar com você pelo resto da minha vida.

-E voce vai, eu prometo.

Tae- Fico feliz em ouvir isso.

-Vamos dormir, estou muito cansada.

Tae- Sabe... e aquela massagem que você me prometeu?

-Depois, eu quero dormir um pouquinho.

Tae- Tá bom... Você venceu, vamos dormir.

{Q.D.T}

Jiwoo- Vamos S/N! Levanta dessa cama!- falou pela terceira vez enquanto me chacoalhava.

-Me deixa dormir mais um pouco.

Jiwoo- Daqui a pouco os convidados chegam e você nem começou a se arrumar.

-Aish!- disse enquanto me sentava na cama arrumando meu cabelo em um rabo de cavalo.- cadê o Taehyung?- perguntei ao ver que o moreno não estava na cama.

Jiwoo- Saiu a um tempo, ele também foi se arrumar, e você tem que fazer a mesma coisa, está ficando sem tempo.- ela me tirou da cama levando até o banheiro.- Só saia dai a hora que estiver pronta. Vou me arrumar.

-Tudo bem.

Tomei um banho rápido, porque como a Jiwoo mesmo disse, eu estava sem tempo. Coloquei o vestido que estava em cima da cômoda do quarto, um vestido rosa bebê rodado até a metade da minha coxa, com um decote em V, bem cara da Jiwoo. Coloquei um salto da mesma cor do vestido, deixei meu cabelo solto e fiz uma maquiagem bem produzida.

Tae- S/N? Cadê você?

-Aqui no closet.- gritei para ele que logo apareceu no local com um buquê de rosas vermelhas na mão.

Tae- Você está linda!- me deu um beijo.- trouxe para você- falou enquanto me entregava o buquê.

-É muito lindo, obrigada.- estava tão concentrada em seu rosto que nem percebi o quão lindo estava naquele terno preto com a gravata da mesma cor do terno.- Você está muito lindo meu amor.

Tae- Vamos? Tem alguém que quer falar com você.

-Quem?- ele pegou minha mão me levando para fora do closet e eu me deparei com a sua mãe sentada em minha cama.

S/K- Podemos conversar?

-Claro.

Tae- Vejo vocês daqui a pouco.- deu mais um beijo em minha bochecha e saiu.

S/K- Eu quero pedir desculpas pela maneira que tratei você desde o começo, não deveria ter falado daquela maneira, nem no hospital nem mais cedo.

-Está tudo bem, imagino que tenha seus motivos para ter feito isso.

S/K- Sempre gostei muito da Mina, queria que o Taehyung ficasse com ela, mas não sabia das atrocidades que ela tinha feito com você- Segurou minha mão.- Tudo o que quero é que meu filho seja feliz, se ele acha que você é quem vai proporcionar isso é você então eu aceito.

-Fico feliz em saber disso senhora Kim

S/K- Me chame só de Jihye, eu me sinto muito velha sendo chamada de senhora.

-Tudo bem Jihye.

S/K- Tenho uma coisa para você- tirou uma caixinha da bolsa e abriu, era um colar prateado com uma pedra de rubi que era segurada por várias folhas e flores da mesma cor do colar.

-É muito bonito, obrigada.

S/K- É uma relíquia de família, todas as mulheres da nossa família usam ele, e agora é a sua vez.- disse ela colocando o colar no meu pescoço.

-Prometo que vou cuidar muito bem dele.- Ela sorriu.

S/K- É melhor irmos, daqui a pouco vão pensar que matamos uma a outra.- disse e eu ri.

Saímos do quarto e fomos para a sala que estava toda decorada, os móveis foram trocados por mesas com um forro branco e os detalhes todos da cor do meu vestido, tudo estava muito lindo.

-Está tudo perfeito, quando fizerem isso? Eu não posso ter passado tanto tempo dormindo.

Jiwoo- Você dormiu tempo o suficiente para que conseguíssemos dar conta de tudo.- disse vindo até mim com um vestido vermelho colado.

-Você está linda Jiwoo.

Jiwoo- Você também está minha irmãzinha.

S/P- Filha você está deslumbrante.- disse enquanto me abraçava.

- Obrigada Appa, senti sua falta.

Naomy- Fico feliz que esteja de volta, todos nós sentimos sua falta.- ficou ao lado do meu pai segurando as minhas mãos.

Quando os dois se afastaram de mim meu irmão mais velho correu até mim, na hora pensei que ele ia me derrubar, mas consegui me manter em pé naquele abraço forte.

Kook- Nunca mais faça isso! Não sabe o quanto fiquei triste quando partiu.

-Isso não vai acontecer, eu prometo que vou ficar aqui.

Kook- Obrigada por trazer minha irmã de volta Taehyung.

Jiwoo- Vamos receber os convidados, eles já estão chegando.- disse e focamos a nossa atenção na porta para receber as pessoas que passavam por ela.


Notas Finais


Mais uma vez
https://www.spiritfanfiction.com/historia/jogo-perigoso-imagine-min-yoongi-21736630
Jogo Perigoso do Yoongi
Dêem uma olhadinha♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...