História O Melhor Amigo Do Meu Irmão(Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, Got7, Stray Kids
Personagens Personagens Originais
Visualizações 469
Palavras 1.448
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


boa leitura💜

Capítulo 26 - Beco


Fanfic / Fanfiction O Melhor Amigo Do Meu Irmão(Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 26 - Beco

Jungkook e eu conversamos mais um pouco sobre, e decidimos realmente terminar, para o bem dele e para o meu.

Fomos dormir cansados.

Dia Seguinte

08h44min

Abri os olhos com a claridade que havia entrado no quarto, e logo bocejando. Olhei para o lado e não vi Jungkook, então me questionei, mas vi um pequeno bilhete na escrivaninha:


Deve estar se perguntando, "onde está o Jungkook??" pois bem.

Eu decidi voltar para Seoul, mas não se preocupe, eu só precisei vir por alguns problemas com meu irmão. Eu vou voltar aí, pois eu prometi, cuidar de você e passar as férias junto de você, e assim eu com certeza farei pra sempre.

Eu volto daqui uma semana, eu sei, é uma semana perdida, mas eu realmente tenho afazeres com ele, e depois, passarei as duas últimas semanas do mês junto de ti, ok? Eu prometo.

Kisses na bunda: Jungkook.


Me espreguicei e sorri.

Pelo menos o Jungkook sabe cumprir suas promessas..

Me levantei da cama e fui até o banheiro, onde fiz minhas higienes e retornei ao quarto. Tirei meu pijama e coloquei uma calça jeans, junto de uma blusa com mangas compridas verde água, e calcei meu tênis branco. Fiz um coque no cabelo e retirei meu celular do carregador, logo saí do quarto, assim trancando a porta e guardando minha chave no bolso, assim saindo do hotel.

Fui até uma lanchonete que havia ali perto, sem ser a cafeteria de antes.

Adentrei no local, assim recebendo alguns olhares de três rapazes, que estavão sentados em uma mesa ao lado da porta, que sorriram pra mim e eu retribui. Me sentei na mesinha sozinha, logo pedi um café expresso e fiquei apenas observando as pessoas andarem lá fora, onde estava um clima bem fresco.

Jungkook iria amar andar assim..

Sorri, e sai de meus desvaneios, ao um dos rapazes me chamarem.

X- Oi? -Ele diz ao meu lado sorrindo

Olho para a mesa dos demais que nos olhavam com sorrisos, eu apenas sorri para o garoto a minha frente, logo o respondendo.

-Oi..-Sorrio

X- Posso me sentar contigo? -Assinto meio incerta- Me chamo Lucas, e você? -Ele sorri pegando seu celular

-S/N. -Sorrio, logo vendo a atendente vir até mim, me trazendo meu café

Lucas- Você namora?

-Hm.. Não mais. -Falo sem graça- Terminei meu relacionamento ontem.-Passo meus dedos na tampa do copo

Lucas- Ah sim, desculpe. -Ele sorri sem graça

-Tudo bem, eu estou bem. -Ele sorri novamente

Conversei um pouco com Lucas, e logo ouvi o sininho da porta fazer um barulho, anunciando a chegada de alguém.

Olhei para o loiro que adentrava na lanchonete cabisbaixo, sozinho.

Lucas- Você.. Pode me passar seu número?

-Ahn..? -Continuo olhando Taehyung

Lucas- Seu número, pode me passar?

-L-Lucas, eu preciso ir, me desculpa! -Me levanto apressada e Lucas também

Lucas- Hey e se eu nunca mais te encontrar depois daqui? -Ele faz cara de cachorro sem dono e eu rio

-Nós iremos, agora me desculpe, preciso i- Me viro para ir, logo esbarrando no indivíduo.

Th- Está me perseguindo? -Ele sorri convencido

-Eu já estava aqui antes de você, agora licença. 

Th- Por que foge de mim? -Ele segura meu pulso com delicadeza

-Por que eu não quero falar contigo, Tae.

Th- É só não falar, eu não estava vindo falar contigo. -Ele diz, parecendo abatido- Jungkook me pediu distância, acho que isso era o mais apropriado, já que você ainda tem muito ódio de mim nesse seu coração. -Ele bate seu indicador fracamente em meu tórax, do lado do coração.

-Quem não teria? -Rio sarcástica

Th- Todos teriam. Mas se não quer falar comigo, por que está falando agora? -Ele ri abafado

-Aish! -Resmungo

Th- Ai, você fica linda assim. -Ele cruza os braços- Sabia? 

-Tchau Lucas, preciso ir. -Me viro a Lucas que olhava tudo 

Th- Que vácuo ein. -Fingi estar magoado

-Tchau, escroto. -Faço uma careta, log saio dali

Passo no caixa, deixando meu dinheiro no balcão.

Abro a porta, sentindo a brisa gélida bater contra meu rosto e fecho os olhos. Respirei fundo, e logo comecei a andar normalmente pelas ruas iluminadas pela luz natural do mundo todo.

Sorri ao lembrar alguns momentos meu com Taehyung, quando como éramos crianças, e ele me prometeu que íamos nos casar quando crescessemos.

Senti uma presença atrás de mim, e me virei rapidamente, assim vendo aqueles mesmos três rapazes, andando atrás de mim. Apenas sorri, e eles retribuíram. 

Continuei andando, mas mais depressa. Eu queria ver Jennie e Soobin, e como eles estão morando aqui agora, achei uma boa fazer uma surpresinha para eles.

Entrei em um beco, e logo senti mãos me segurarem nos braços.

-QUE MERDA É ESSA??? -Olho todos os cinco meninos

Lucas- Tão ingênua você viu. -Ele ri- Será que ela aguenta três, pessoal? -Todos os outros riem e assentem

-Lucas, me solta, para de graça! -Tento normalizar minha respiração

Lucas- Acha que tem alguém brincando aqui? -Ele se aproxima com um olhar sério

Seus lábios tocaram os meus, e ele começou a me beijar, logo pedindo passagem com a língua, mas eu neguei e mordi seu lábio.

Lucas- Mas olha só que vadia! -Ele passa a mão no lábio e logo me da um tapa no rosto

Fui arremessada no chão, e os garotos passaram a se aproximar mais de mim, e eu fui me encolhendo ao ver que eles estavam realmente sérios. Comecei a chorar e gritar, mas as pessoas que passavam não ligavam.

Um dos três, começou a me despir, enquanto o outro me segurava.

-SOCORRO! -Minha boca é tapada por Lucas

Lucas- Se gritar, é pior.

Apenas uma alma penada, parou ali na frente. Com seus cabelos loiros, ele se aproximou com um pirulito na boca.

Th- Que coisa feia, fazerem isso com uma garota? -Ele me fita apenas de roupas íntimas

Lucas- Cala a boca caralho. -Ele se aproxima de Taehyung e tenta lhe dar um soco, mas Tae segura seu pulso e o puxa para si, assim chutando seu membro e o chutando no chão.

Th- Crianças..-Negou com a cabeça

Os outros dois garotos foram pra cima de Taehyung, que apenas deu um soco no rapaz de azul, e desviou das pancadas do de vermelho, logo segurando um dos rapazes em sua frente, fazendo o parceiro dar um soco no maxilar no amigo, que caiu no chão desacordado. Taehyung empurrou o outro que estava chocado, e começou a lhe dar socos no maxilar e nariz, fazendo o rosto do rapaz sangrar muito enquanto ele estava desacordado. Lucas se levantou e deu um chute da barriga de Taehyung, que caiu no chão e pôs a mão na barriga. Lucas subiu em cima dele, e deu vários socos em seu rosto, mas Taehyung ficou por cima dele, batendo mais ainda no mesmo, fazendo dentes saírem de sua boca, assim como o sangue.

Comecei a tremer, e Taehyung largou os garotos, logo correndo em minha direção e retirando seu casaco, assim colocando ele em volta de mim, e me se sentando no chão, comigo em seu colo.

-T-Tae.. F-Frio.. -Ele me aperta mais contra si e eu soluço, ssentindo meus olhos marejarem

Th- Melhor assim? -Apenas assinto e ele me dá um beijo na testa.

-Por que me ajudou?-Soluço novamente, e ele suspira

Th- Eu ajudaria se fosse qualquer uma. -Reflito- Mas.. Prometi pra mim mesmo, que eu sempre iria te proteger, não importa o que acontecesse entre nós. E eu não queria ver eles tocando em algo que eu mesmo já toquei, mas dessa vez sem a sua permissão. -Apenas fecho os olhos e choro em silêncio

Taehyung viu que os meninos podiam acordar, e logo se lavantou comigo em seus braços. Pegou minhas roupas, e me ajudou a vesti-las.

Th- Onde você e o Jeon estão ficando? -Pergunta me carregando nos braços.

-Eu durmo em um hotel aqui perto..-Falo o abraçando e comecei a chorar do nada, ao imaginar o que poderia acontecer

Th- Calma, tá tudo bem. -Ele sorri, me passando confiança e eu assinto soluçando.

Tae me levou até o hotel, onde me deitou na cama e me cobriu.

Estava frio demais, eu mal conseguia me mover.

Taehyung colocou a banheira para encher e saiu do banheiro.

Th- Bem.. Deixei a banheira cheia de água, você está em casa, e segura. -Ele sorri- Acho que como você tá meio brava.. Preciso ir agora. -Ele suspira

-T-Tae! -Me sento na cama com um pouco de dificuldade,  ao ver o paradeiro do rapaz colocar a mão na maçaneta da porta, pronto para sair.

Th- Sim? -Ele se vira

O chamei até a cama, onde ele veio e se sentou. Olhei em seus olhos e suspirei fundo.

-Obrigada! -Abraço ele, que retribui sem pensar.

Th- Eu só fiz o meu dever, amor. -Ele afaga meu cabelos- Ainda posso te chamar pelo nosso apelido? -Pergunta incerto

-Pode..-Falo após alguns minutos de silêncio



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...