História O menino do time de basquete (Jikook-BTS) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, Bts, Chimchim, Jikook, Kookie
Visualizações 67
Palavras 2.254
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooi gente ksksksk
Bom, primeiro, me desculpem, eu sei que demorei de mais para postar o cap, sorry, prometo que vou tentar postar o mais rápido possível, segundo, esse final de semana não vou poder postar capítulo também porque estou cheia de compromissos e etc..
Não me deixem, pfvv sksksksks
É obg pelos favoritos, estamos crescendo aeee, espero que vocês estejam gostando.
Acho que é isso, boa leitura pro seis.
🐰❤

Capítulo 3 - Dia do teste de basquete.


Fanfic / Fanfiction O menino do time de basquete (Jikook-BTS) - Capítulo 3 - Dia do teste de basquete.

-Prazer...-Digo quase inaudível, logo sorriso para a senhora a minha frente.-Bom, eu tenho que ir para casa, foi muito bom conhecer a senhora!

-Oh, não quer ficar mais um pouco para comer um bolo?-Desfaz o se sorriso e me olha com um olhar sugestivo.

-Eu realmente preciso ir, vamos deixar para outro dia hm? Tchau senhora Jeon-faço uma reverencia.-Tchau Jungkook...

Tchau...-Diz a mesma acenando para mim.

Me distanciei dos dois a minha frente e sigo caminho para minha casa novamente.

Ando minimamente de cabeça baixa pela pouca distância que tem entre nossas casas, Jungkook estava diferente quando me comprimentou hoje, ele parecia bem alegre até, geralmente na escola ele é mau humorado e não faz questão nenhuma de tratar as pessoas bem, talvez ele seja louco.

Rio com meus próprios pensamentos e chego na porta de casa a abrindo e adentrado a mesma já a trancando atrás de mim.

Arregalo os olhos assim que vejo a sala com os móveis todos fora do lugar e coisas jogadas no chão.

-Ah, oi filho, não tinha visto que você tinha chegado.-Para de arrastar o sofá que a mesma a poucos segundos estava empurrando de um lado para o outro e me olho com um sorriso calmo.

-Omma... O que houve com a sala?

-Ah sim, eu estava pensando em mudar os móveis de lugar, sabe, estava tudo tão parado e morto que eu pensei em dar uma mudada.-Ajeita sua franja e olha para mim percebendo minha cara de assustado.-Quer dizer, não tá pronto ainda, está meio bagunçado, quando ficar pronto você vai ver que vai ficar lindo.

-Hum...-Subo as escadas e vou para o meu quarto, lembro que tenho uma prova de química depois de amanhã e já começo a estudar desde agora, afinal não vou deixar tudo para última hora e tirar uma nota baixa.

[...]

Depois de muito estudo me jogo na cama meio cansado e pego meu celular, mexo um pouco no mesmo e vejo que não tem nada de interessante, me levando e vou me arrastando para o banheiro e tomar um banho bem relaxante.

Deixo a água quente cair sobre meu rosto e aproveito para apreciar um pouco mais da quela água... Faço minhas devidas higiene e saio do box quente indo para o quarto colocar meu pijama de ursos que tenho desde pequeno, mas pelo fato de eu não ter crescido muito desde daquela época o pijama ainda serve em mim.

Quanto termino de me arrumar devidamente escuto a porta do meu quarto sendo aberta minimamente, olho para a mesma e vejo meu irmão colocando a cabeça para dentro do local.

-Hyung! Omma tá chamando para jantarmos.

-Já tô indo!-Falo sem olhar para o menor e levanto da cala na qual eu estava jogando, saindo para o corredor junto do mesmo.

Chegando lá vejo meu pai na cozinha sentado em seu lugar de sempre em altos papos com minha omma.

-Oi Appaa!-Vou até o mesmo e dou um leve abracinho de costas nele.

-Oi Minnie, como foi a escola?-me olha com seu olhar animado mas mesmo assim mostrando o seu cansaço de ter trabalhado desde de manhã até a noite.

-Foi como sempre...-Falo indiferente já me sentando na cadeira ao lado do maior, e Jihyun se sentando a minha frente, ao lado da minha omma.

[...]

Comemos calmamente, quando estava voltando para o meu quarto percebi que a sala estava totalmente diferente, os móveis estavam em lugares completamente diferente, até que ficou bonito.

Adentro o cômodo e vou para o banheiro escovar os dentes, logo indo para a cama dormir, pois já era 12:04 e eu tinha que acordar cedo para ir a aula de novo...aff.

Como minha aula só começa 8:00 eu ponho o celular para despertar trinta minutos antes, que é o tempo que eu levo para me arrumar e ir andado há escola.

[...]

Escuto o despertador apitar com aquela musiquinha ensurdecedora que além de ser muito ruim ainda fica numa altura terrível.

Me levanto e caminho como um zumbi para o banheiro para fazer minha higiene matinal, volto para o quarto e coloco meu uniforme de sempre.

Desço para tomar café da manhã e vejo já meu pai e minha mãe na cozinha, meu Appa se arrumando para o seu trabalho e minha omma fazendo o café, o Jihyun provavelmente deve estar dormindo.

-Bom dia appa e omma-falo totalmente desanimado e me sento de um jeito desleixado na cadeira.

-Bom dia- Os dois falam em uníssono.

Tomo meu café lentamente e logo meu pai se despede afirmando que já estava atrasado, termino de comer minha banana e pego minha mochila em cima do sofá checando as horas e já era 7:56.

-Tchau omma!!-Grito para a mesma ouvir da cozinha e sem esperar um resposta saio porta a fora indo meio apressando para a escola.

[...]

Chego na mesma ofegante e já escuto o sinal bater afirmando que os portões já estavam fechando.

Vejo Tae vindo até mim com sua animação de sempre, e me dando um abraço bem apertado me tirando do chão.

-Jiminnie!!

-Taehyunnie-imito seu jeito de falar e sinto o mesmo me colocar no chão.

-Jimin, eu fiquei treinando ontem até às 3:00, eu tenho que passar nesse teste.-Me fala animado colocando as mãos em meus ombros e me chacoalhando um pouco.

-Meu Deus Tae, como você pode estar com tanta disposição, cuidado para não desmaiar na hora que estiver jogando, hm?

-Relaxa Chimchim, Vai sair tudo ótimo, eu estou confiante.-abre seu sorriso quadrado que até me deixa mais alegre.

Fomos meio apressados para a sala de aula que seria matemática, uma matéria que eu odeio, e não quero ver a professora pegar no meu pé por ter me atrasado, de novo.

Adentro a classe já vendo todas sentados em seus respectivos lugares e vejo a Sra. Choi olhar para mim com uma olhar de poucos amigos, eu e Taehyung nos sentamos em nossos lugares e assim a aula começou.

Matemática seria os dois primeiros, e logo após seria inglês, uma matéria que eu odeio com todas as minhas forças, além do professor ser um chato mau humorado que ignora o "bom dia" que todos dão para ele, inclusive o meu, eu nunca entendo nada do conteúdo, uns negócios nada a ver.

[...]

Assim que o sinal para o intervalo toca falo aleluia baixinho e me levando indo para a lanchonete seguido por Taehyung.

Adentro o mesmo e volto a encarar aquela grande fila de sempre, assim que eu e Tae fazemos os nossos pedidos os pegamos e seguimos a a mesa que nos sentamos todos os dias.

-Tae, quando vai ser a sua audição do time?-Bebo um pouco da minha fanta, que foi só o que eu pedi.

-Ahm, acho que depois da quinta aula, sabe eu estou um pouco nervoso-Faz um biquinho e olha para os lados.

-TaeTae, achei que você estava confiante e que ia sair tudo bem!

-É, mas agora, sei lá, aigooo tô nervoso.-Fala meio irritado e aumentando o seu bico que estava o deixando muito fofo.

-Calma, eu vou estar lá com você, vai sair tudo ótimo, pode confiar-Começo a rir do mesmo que estava com uma cara de desespero.

Assim que terminamos nossos lanchar saíamos do lugar cheio e fomos ao saguão fazer o que sempre fazemos, ficar dando volta pela escola, avisto o time de basquete, e de longe pude ver Jungkook com uma cara de emburrado e uma menina ao seu lado falando afoitamente, pela sua cara ele parecia estar querendo que ela fosse embora.

Arrasto Taehyung um pouco pelo braço e ficamos a poucos metros do grupo onde sem encontrava o time, caminho lentamente meio perto deles e vejo que Jungkook olhava em minha direção com um olhar pensativo, olho para o mesmo e logo ele vira o olhar começando uma conversa com aquela menina chata.

Que estranho, será que ele não me reconheceu de novo, ontem ele foi bem receptivo comigo e agora está meio que me ignorando.

Jimin, para de paranóia, ele deve ter esquecido, e nem tem como ter me ignorado, não somos nada mesmo.

Assim que escutamos o sinal bater voltando para nossa classe e aguardamos a professora de artes chegar.

Passamos os dois últimos períodos tendo artes, é uma matéria bem animada, a professora já é de idade e está meio surda, não sei porque ela não se aposentou ainda, e por esse fato todos os alunos ficam fazendo bagunça e ela nem percebe, é meio cansativo.

[...]

Assim que a aula termina guardamos nossos materiais e olho para Taehyung atrás de mim.

-Está animado TaeTae!?!-Falo tentando o animar e parece que deu certo.

-Aah, estou muito ansioso, vamos logo!-Pega em meu pulso e corre me arrastando para o ginásio de basquetebol da escola.

-Chegamos, já pode largar meu pulso!-Faço uma careta de dor é retiro meu pulso do aperto de suas mãos e massage-o o mesmo.

Olho em volta e vejo um grande volume de pessoas no grande ginásio, vejo todo o time espalhado pelo lugar e o treinador com uma prancheta em mãos, ele parecia falar alguns nomes.

Eu e Taehyung nos sentamos na arquibancada não muito longe da quadra e ficamos observando o que estava acontecendo, eles estavam chamando de grupos em grupos, assim montando um time contra o time oficial da escola e assim o jogo começou, durante as jogadas o treinador avaliava os candidatos jogando e anotando em seus papéis alguma coisa que eu não entendo.

Assim que o jogo acaba vejo os alunos que terminaram o teste se sentar na arquibancada eufóricos e cansados, logo o treinador começa a chamar mais nomes, no meio disse mude ouvir falarem "Kim Taehyung".

No mesmo segundo pude ver Taehyung dar um pulo da cadeira onde estava e ir para o meio da quadra juntos aos outros alunos.

O jogo começa novamente, em times de 5, pude avistar TaeTae com a bola desviando de alguns meninos e fazendo cesta, não me contive a acabei me erguendo e gritando.

Wohw, vai TaeTae!!-Todos da arquibancada olham para mim e eu me encolho de vergonha me dando conta do que fiz.

O jogo passou calmamente e eu já estava eufórico de tanto nervosismo, de vez em quando Tae olhava para mim com um sorriso cansado e eu sussurrei um "fighting" para o mesmo.

Assim que o jogo terminou o treinador chamou todos os meninos que fizeram o teste, contei e era o total de 15 garotos, e no time só tinha 10, ele ficou falando alguma coisas que eu não consegui ouvir e depois dispensou os mesmos.

Taehyung veio correndo até mim todo suando, graças a Deus ele não me abraçou e me deixou todo melado.

-Parabéns TaeTae, você foi incrível!-Abri meu maior sorriso e em seguida fizemos um hi five.

-Obrigado ChimChim-Ele não desmanchou nem por um segundo seu sorriso largo.-Os resultados saem depois de manhã e só 5 vão passar.

-Nossa, que pouco.-pude ver um pouco de medo em seu olhar.-Mas eu tenho certeza que você vai passar, sério, foi incrível.

-Oh Minnie só você para me animar.-Aperta minhas bochechas com muita força e eu dou um tapa forte em suas mãos.

-Ficou louco criatura.-assim que o mesmo larga passo a massagear o lugar dolorido.-Ta doendo menino Tae.

-Sorry, agora vamos embora, porque se não eu perco o segundo ônibus.-Fomos até a sala, e nos despedimos um do outro, ele pegou seu ônibus e eu segui andando a caminho da minha casa.

Assim que me aproximo da mesma vejo Jungkook subindo os pequenos degraus da sua, o mesmo me olhando.

-Ahn, oi Jimin-Abre um sorrisinho de lado e vem correndo até mim, que não estava muito distante.

-Oi Jungkook... Como foi a aula?-Dou um sorriso de canto.

-Muito cansativa, hoje teve testes para o time de basquete, então estou exausto, e a sua?- Fala com a respiração um pouco alterada pelo cansaço.

-ahn, eu fiquei sabendo, minha aula foi como sempre.-olho para o mesmo com uma olhar meio tímido.

-Bom, até mais tarde!-Fala se recompondo e se despedindo.

-Até mais tarde?

-Sim, sua mãe convidou a minha hoje de manhã para jantar com sua família e nos conhecermos melhor.-Fala meio animado, ele estava bem alegre.-Acho que nossas mães se deram bem!

-Ahn, ninguém tinha me dito nada-Dou uma risadinha.-então até mais tarde.

Ele volta para sua casa e eu para a minha, assim que destrancou a porta de entrada escuto o barulho do aspirador de pó, levo minhas mãos para os ouvidos impedindo de ouvir aquele barulho terrível.

Minha omma desliga os mesmos e me olha todo desengonçada com as mãos nas orelhas.

-Oi Jimin, que frescura heim.-Faz uma cara de negação.

-Aish, eu não suporto esse barulho horrível.-Fico meio emburrado e subo para o meu quarto jogando minha mochila no chão e me deitando na cama fechando os olhos, mas sem o intuito de dormir.

Sinto minha barriga roncar e lembro que ainda não tinha almoçado, vou até o armário e pego uns negócios gigantescos que eu uso nos ouvidos para abafar o som, e assim poder ir para a cozinha sem passada pela aquela barulheira.

Desço as escadas e vejo que o barulho já não estava mais presente, graças a Deus, vou até o a cozinha e vejo minha omma e meu irmão conversando.

-Oi...-Me encosto na bancada e observo os dois me ignorarem.

-Hahaha, meus Deus Jimin, tira esses negócios do ouvido, o aspirador tá desligado-Jihyun fala rindo da minha cara na maior cara de pau.

-Aff!-Tiro os negócios do ouvido, que até hoje não sei o nome, e deixo sobre a bancada da pia atrás de mim.

-Meu bebê é muito exagerado!-faz uma voz de bebê e me chama com os braços, vou até ela e a mesma me puxa para o colo dela.

-Ai ai, omma, eu não sou mais uma criança.-Me levando do colo da mesma e fico emburrado.

-Hyung, você parece muito uma criancinha.-Olha com uma olhar de deboche para mim.

Fecho a cara e me sento na mesa deitando minha cabeça sobre a mesma e escuto minha omma falar que o almoço estava quase pronto.


Notas Finais


Foi isso, desculpa os erros ortográficos kssksk
Dêem muito amor a fic, e em breve tem cap novinho.
Fui


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...