História O menino que mora ao lado - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Sope Yoonseok Bts
Visualizações 3
Palavras 805
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hey! Espero que gostem dessa fic! Todo apoio e bem-vindo❤️
Boa leitura unicorns 🦄❤️

Capítulo 1 - O poder do açúcar


Pode parecer algo estranho a história que vou contar, eu sou apaixonado por um menino a um ano e meio e bom ele não me conhece, sim eu sei isso está bem cliché. Porém essa minha história é bem interessante e é mais ou menos assim.

A um ano atrás Min Yoongi se mudou para meu bairro com o seu cachorro, ele é mais velho que eu e tem uma altura baixa, acho que daria 1,68 sua pele é bem branca como a neve e de mês em mês ele muda as cores do seu cabelo o deixando com uma aparência sexy a cada retocada.

Suga o apelido que eu dei é um rapaz bem anti-social são poucas pessoas com quem vejo conversa aqui na rua, um exemplo é o senhor Park todas as manhãs vejo os dois se comprimenta, os dois tem hábito de sair de casa e pegar o jornal que fica na frente da porta.

Agora vocês devem está se perguntando como eu sei de tudo isso, desde que o Suga se mudou sempre me chamou atenção então eu peguei um hábito de ficar olhando as coisas que ele fazia e decorei todos os seus horários desde a hora da chegada em sua casa e a hora que saía.

Nunca falei com o Suga, nunca tive coragem de chegar e falar "Nossa parece que tempo vai mudar né vizinho?" Nunca tive essa conversa com ele igual o senhor Park tem, velho sortudo.

Minha vida é basicamente olhar tudo que o Min Yoongi faz e dança na garagem de minha casa na onde eu consegui montar um mine estúdio de dança com muito sufoco e dedicação.

Acho que nesse um ano a única coisa que conseguir fazer foi dar umas trocas de olhares no mercado com o Suga e ficar muito, mais muito corado que chega dar vergonha só de lembrar.

Hoje eu vou tentar falar a primeira vez com ele e minha nossa eu estou me tremendo bastante, nesse exato estou me arrumando e tentando ficar bonito pra chamar atenção do crush e já tenho um plano perfeito.

Vou chegar na casa dele bater na porta e assim que ele abrir vou beijar a boca dele é sair correndo mentira esse era um bom plano mas não quero levar um soco. Então eu vou chegar na casa dele, bater na porta e pedir uma xícara de açúcar e depois vou agradecer e voltar para casa. Fala sério e um ótimo plano né?! Eu sei.

Fighting Hoseok é hoje que o crush nota sua existência.

São exatamente 14;30pm e eu estou aqui parado na porta de casa segurando uma xícara de chá, acho que já uns 30 minutos que estou parado olhando minha porta com cara de bunda e pensado se devo ir ou não na casa do Yoongi.

Sempre que penso em tomar uma atitude para falar com Yoongi meu corpo trava, minha mente fica com várias paranóia e eu começo ficar ansioso de sentir minhas mãos ficarem suadas e puta que pariu a campainha de casa está tocando.

— Só um minuto! Estou procurando minha. - minha chave está na minha porta que desculpa idiota.

Se Deus existe ele deve está cansado de ouvir minhas orações e deve ter realizado uma delas nessa exato momento.

Devo está sonhado mais Min Yoongi está parado na porta de minha casa e eu estou com cara de bunda olhando ele surpreso.

— Olá vizinho, gostaria de saber se você tem uma xícara de açúcar para me arranja. - Santo Cristo seu sorriso é tão lindo.

— Oh... Er... Tenho! Tenho sim!! Só um momento. Entre por favor. - Dou passagem e logo Suga entro em mim casa.

Saí correndo para cozinha estava com um sorriso de orelha a orelha que até me esqueci na onde guardava o açúcar e abrir todas as portas do armário e até achar o abençoado açúcar.

Despejei o açúcar na xícara que iria usar no meu plano e voltei para sala e entreguei a xícara em sua mão.

— Espero que faça bom proveito vizinho! - Eu estou tão sorrindo se controla Hoseok é só o seu crush segurando sua xícara.

— Ah sim claro! Obrigado vizinho, mas tarde lhe entregarei sua xícara - minha nossa olha essa voz! Me joga na parede bebê.

Se Suga podesse ouvir pensamentos nesse exato momento eu estaria passando um baita mico.

Agora o que será que eu faço?! Ele está parado na minha frente e na minha sala. Pensa Hobi, pensa rápido.

— Bom tenho que ir! Obrigado novamente.

— Oh denada vizinho! Sempre que precisar é só vir aqui pegar - Tentei sorrir de uma forma "sexy" vai que cola né.

Aí Santo G-dragon ele sorrio e que sorriso lindo mais perai ele está abrindo a porta indo embora.

Eu tô surtando depois de um ano e meio consegui falar com o meu vizinho e ele veio aqui na minha sala.

Ninguém mais toca nessa chão, socorro.


Notas Finais


Bom foi isso por enquanto! Espero que tenham gostado até o próximo capítulo ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...