História O menino que roubava livros - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Ativo!jimin, Bottom!jungkook, Jikook, Jimin O Safado, Jk!bottom, Jm!top, Jungkook O Puro, Kookmin, Menção Vhope, Minkook, Passivo!jungkook, Tae A Passivona Do Reino, Top!jimin
Visualizações 229
Palavras 1.159
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Chegueiiii!
Brincadeira,gente desculpa a demora mas é que a preguiça fala mais alto :p

Uma perguntinha à parte,vocês têm Amino?Se têm,deixa nos comentários pra eu seguir(se quiserem claro).O meu é "Baepsae ft.Yumi".

Boa leitura!💖

Capítulo 6 - Capítulo 6


Fanfic / Fanfiction O menino que roubava livros - Capítulo 6 - Capítulo 6

Os fios cor de limão chamavam a atenção à medida que avançava no seu caminho.
Ao seu redor era possível observar crianças a correr,outras a jogar à bola ou à macaca enquanto os pais conversavam entre si ou liam o jornal que Hoseok entregava,
sempre com um sorriso no rosto e andando despreocupadamente na sua bicicleta.

Jungkook andava calmamente,como se não fosse levar sermão assim que chegasse em casa.
Olhava ao redor sem realmente prestar atenção nas coisas,seus pensamentos unicamente voltados para a conversa que tinha acabado de ter com o Park:

"Findaram o aperto de mãos,Jungkook receoso com o acordo que tinha acabado de celar e Jimin com um sorriso malicioso por conseguir o que queria.

-Então,ah...-o mais novo mal conseguia falar,não sabia porquê mas o outro o fazia ficar mais tímido que o normal,e isso o assustava-Quando é que eu devo vir?

-E se fosse sábado,quando viesse entregar a roupa?-propôs,sentando-se em frente de cabelos dourados,que encarou o ato sem expressão,mesmo estando uma pilha de nervos.

-Acho melhor não senhor Park,minha Omma não gosta de almoçar tarde.Pode ser à tarde?Se o senhor se importar claro!-o mais novo estava tão nervoso que era quase palpável,Jimin apenas sorria com a situação,achando-o uma gracinha envergonhado,era impressionante como até isso o atraía no garoto.

Ponderou a situação,se ele viesse à tarde teriam mais tempo para "se conhecer melhor".
Tal pensamento o fez conter o sorriso malicioso,não queria que o loirinho desconfia-se de algo,
apesar de a sua inocência o fazer não notar as segundas intenções.

-Claro,se assim der mais jeito a você não terei nenhum problema.

-Obrigada senhor Park!-exclamou verdadeiramente agradecido,
Soomin chateada era um perigo.

-Sendo assim acho que vou indo.-as bochechas voltaram a ficar coradinhas,os olhos negros voltados para o chão à medida que fazia uma reverência em puro sinal de respeito e seguia em direção à porta.

-Espere,eu acompanho-a até à saída Princesa.-andou um pouco até alcançar o garoto,esse que ficou mais vermelho,se possível,até às orelhas.Mesmo assim saiu do cômodo quando a porta foi aberta.

À medida que desciam as escadas pode observar melhor o cômodo,as paredes em um tom de vermelho escuro contrastavam bem com os móveis de cores claras,sendo os sofás excessão,visto que eram pretos,perguntava-se o porquê de uma casa tão grande sendo que era o Park que morava lá.

A meio dos degraus pode observar uma criada olhando para si com curiosidade e,ao mesmo tempo,com raiva,este último não sendo compreendido pelo mais novo.
Jimin notando a atenção da sua princesa voltada para um certo ponto olhou também,reparando no olhar de Sunhee para o jovem,mas no seu caso sabia o motivo da raiva da mesma,provavelmemte achava que ele era um dos muitos que levava pra cama,e provavelmente estava com inveja.

-Sunhee!Ainda bem que está aqui,aproxime-se.-ordenou assim que chegou ao final da escada,o mais novo ao seu lado sempre de cabeça baixa,intimidado com os olhares que lhe eram dirigidos.

-Sim senhor!-colocou-se em sua frente,olhou uma última o garoto abaixando a cabeça.

-Lhe apresento Jeon Jungkook,Jungkook lhe apresento Oh Sunhee.Sunhee,Jungkook será o novo criado da casa.

-Desculpe?-encarou o seu superior confusa.

-Isso mesmo que você ouviu.-ditou mais sério,odiava quando se faziam de desentendidos-Ele irá ficar encarregado de e só limpar a minha biblioteca.

Ao ouvir as palavras ditas com tanta seriedade os olhos da garota dobraram de tamanho,quase saltando da sua órbita.
Ninguém,ninguém mesmo podia entrar na biblioteca,e agora Jimin deixava um garoto qualquer que foi comido por ele limpar.Estava vermelha de raiva e queria espancar aquele loirinho,mas teve de se segurar,não queria perder o emprego.

-Cla-Claro senhor Park,irei avisar as outras.-gaguejou tamanha incredulidade.

-Ótimo,venha Jungkook,vou acompanhar você até à porta.-agarrou na mão do mesmo sem esperar confirmação.

Quando já estava do lado da porta,esta estando aberta,Jungkook comentou com Jimin:

-Acho que ela não gostou muito de mim.-falou constrangido pelos olhares que foram lançados sobre si.

-Ignore-a,só está com inveja de você.-acariciou o maxilar fino,subindo em direção à bochecha,deixando o outro corado até às orelhas.

-In-Inveja?-gaguejou,o carinho que recebia o fazia tremer mais que o trigo em tempos de ventania.

-Óbvio!Quem não ficaria com inveja de um corpo desses.-desceu a mão em direção à cintura delicada,o puxando suavemente para mais perto de si.
E não era mentira,para além de raiva da "suposta relação" que tinham tido,a outra tinha ficado com inveja da sua beleza.
Tinha de admitir,nunca vira alguém tão belo como o jovem de cabelo claro(depois de Jimin,claro).Os fios dourados bem hidratados e sedosos que reluziam com a luz do sol,os olhos negros junto com os lábios vermelhos e finos,tão bem desenhados.E o corpo,Sunhee sentia-se humilhada ao pé dele.

-Pare,está me deixando envergonhado!-afastou-se,as mãos cobrindo as bochechas fofinhas.-Adeus senh-Jimin!

Até sábado!-falou o Park,quando o mais novo estava do lado de fora.

-Até!-falou baixinho,seguindo o seu caminho."

Acordou de seus pensamentos quando uma bola acertou-lhe o joelho,não o magoando realmente.

-Desculpa moço,não foi de propósito!-um garotinho de aproximadamente 8 anos aproximou-se e pegou a bola que estava ao seus pés.

-Não tem problema.A culpa foi minha,estava distraído.-sorriu doce na direção da criança.

-Bon Doyun venha já aqui!-viu uma mulher correr em direção à criança,parecia ter seus 35 anos-Desculpe o meu filho.

-Oh,não tem problema!-sorriu sem mostrar os dentes.

-Vamos para casa pestinha,já passa da hora de almoço,a sua avó vai ficar chateada consigo e comigo!

E foi aí que começou a correr,pois lembrou-se que estava atrasadissimo para o almoço,e Soomin iria acabar com ele na paulada.

.

.

.

-Sua criança desnaturada!Volta já aqui!Não vai se livrar da colher de pau!

-Desculpa Omma!

Kisung só via tudo sentado,achando graça da situação.
Tinham acabado de almoçar,quando o mais novo chegou a casa estava à espera de levar sermão,mas tudo o aue ouviu foi um "depois conversamos".
Agora Jungkook encontrava-se fugindo da sua mãe e da colher de pau.

-Eu vou quebrar essa colher na sua bunda!

-Já chega!-ordenou o homem da casa,começando a se cansar da brincadeira-Jeon Jungkook,espero que tenha uma boa explicação para o seu atraso.

-Eu tenho!E até dizia,mas tem uma louca me perseguindo com uma colher de pau!-colocou a língua de fora na direção da mãe,que retribuiu o ato.

-Então pode começar a falar.

E foi aí que o mais novo afligiu-se,como iria explicar o seu atraso?Não sabia,mas tinha certeza que ia demorar um bom tempo.

-Tudo começou quando eu roubei...-e começou a explicar,a essa altura Soomin tinha uma mão no coração,a outra na cabeça enquanto estava sentada no sofá com alguns rasgos sendo amparada pelo marido.

-Um acordo?Meu filho,isso não é muito perigoso?-perguntou,
realmente preocupada com o que poderia acontecer com esse tratado,sabia que o Park era um homem de segundas intenções.

-Sua Omma tem razão,sabemos que Jimin não é um homem de confiança.

-Não se preocupem,eu sei o que faço!-quis garantir.

-Ok,só tome cuidado 'tá?Ainda não concordo com essa ideia de acordo.-pediu a senhora,sabendo que o filho era cabeça dura e que teria de aceitar a sua decisão.

-Eu tomo sempre!-sorriu-Agora vou tomar um banho,estou mais do que suado desta correria toda.

-Claro,mas depois ainda quero falar melhor sobre isso!-avisou a mãe,beijando carinhosamente a testa do Jeon mais novo.

-Ok Omma!-revirou os olhos,e quando já ia a meio da escada,lembrou-se-Ah,Omma,o Appa já sabia de tudo antes do acordo!-e correu em direção à casa de banho.

-JEON KISUNG VEM JÁ AQUI!

-JUNGKOOK!ESTÁ DE CASTIGO POR ME ENTREGAR À SUA MÃE!


Notas Finais


Eu sei,eu sei,devem estar desesperados por uma interação mais forte de Jikook,mas gente,vamos com calma né?Não faz sentido apressarmos as coisas.

E essa Sunhee hum?Esperemos que não atrapalhe o nosso casal👀

Desculpem os erros e até o próximo cap!<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...