História O Mestre Jeon - Jikook - Capítulo 13


Escrita por: e JeonNatyy

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, SHINee
Personagens Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Taemin Lee, Yugyeom
Tags Hoseok, J-hope, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Namjin, Namjoon, Sope, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 90
Palavras 1.372
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Esporte, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi migos 🙃💖

Boa leitura.

Capítulo 13 - Academia Jeon's 13


Fanfic / Fanfiction O Mestre Jeon - Jikook - Capítulo 13 - Academia Jeon's 13

Jungkook

-Eu vim te ver… Eu precisava fazer isso Kookie. - vejo seus olhos marejados.

- Depois de anos você acha que agora é a hora? Você me deixou! - gritei.

- Minha vida não era tão simples… Eu tive motivos kookie.

- Para de me chamar assim! Para de achar que tudo gira em torno de você! - desabei a chorar.

- Você mudou… Já teria me tirado daqui a força. - deu um passo pra frente e eu me afastei secando minhas lágrimas.

- Eu conheci alguém que me fez mudar, e de certa forma eu mesmo aprendi a ser uma pessoa melhor. Nunca serei como você. - Declarei com desprezo.

- Tenho inveja dessa pessoa. Eu me arrependo muito por tudo…

- Arrependimento não vai mudar nada. Por favor sai daqui. Não me procurei mais! - apontei para a porta. O vi abaixar a cabeça e suspirar.

- Eu não queria ter escolhido viajar pra longe! Eu não queria ter escondido você dos meus amigos e… - o interrompo.

- Não queria, mas fez. Preferiu a eles do que a mim. Me deixou só e triste. O único que eu tinha era Yoongi. Eu lembro até hoje quanta raiva senti naquele dia, você me deixou a porra de uma carta e simplesmente foi embora da coreia!! Sangrei como um louco socando um saco de pancadas, gritei, chorei! E prometi te odiar até o último dia de minha vida. - joguei tudo que estava entalado em minha garganta por tempos. Eu e ele chorávamos dentro daquela sala como adolescentes que terminaram o namoro.

- Eu só peço o seu perdão! Por dias não dormir por causa disso! Eu não queria te fazer mal! Mas eu era fraco jungkook! Um grande covarde! Por favor… - suspirei pesado tentando fazer aquelas lágrimas pararem.

- Não estou preparado para isso… Só vá embora e não volte nunca… - a porta é aberta com força e logo a figura de jimin aparece.

- Jungkook precisamos conversar sobre…  - Olha para yugyeom e paralisa. - Você… É você…

[…]

Um mês depois


-Eu tô muito perdido. Sabe quando você acha que todas as opções que você tem são inúteis, por causa da porcaria do medo? Eu estou desse jeito. - yoongi se pronúncia enquanto estava deitado na minha cama.

- Você pode ser mais direto? Não entendi onde quer chegar. - pego meu celular para ver se tem alguma mensagem de yugyeom ou de jimin. Não havia nada.

- Eu tô a mais de um mês fugindo do hoseok, ele quer que eu conte para a minha família sobre nós, sobre mim. Tudo!

- Eu acho que vai ser bem melhor para vocês, faça isso. Bem, eu não posso dar muitos conselhos amorosos porque tá difícil para mim, mas tenta. Se não der certo eu estarei aqui para te ajudar.

- Obrigado. O que aconteceu naquele dia? Você nunca termina de falar. - me olhou esperando uma resposta coerente.

- Assim que jimin entrou e viu yugyeom ele paralisou e saiu correndo. Logo depois yugyeom também saiu chorando e me deixou sozinho na sala. Aí você apareceu… Eu não sei se jimin o conhecia, estou perdido igual a você.

- Único jeito de saber é você falando com ele. Seja mais inteligente coelhinho. - levantou e saiu indo para o andar de baixo. - Falar com ele… - sussurro pensativo.

[…]

Jimin


- Não sei se vou ficar bem aqui sozinho! Aigoo! Porque vocês inventaram isso? - murmuro tristonho ajudando os hyungs com as malas.

- Jimin, precisamos de férias! Nada melhor que ir para a praia! Se você não estivesse trabalhando iria com a gente. - Namjoon explicou tocando meu ombro. - não iremos demorar. - sorriu.

- Ta. Eu consigo me acostumar a ficar só. - faço bico.

- Não seja tão dramático Park jimin! Deixei algumas refeições prontas para você comer! Estou de olho! - Jin hyung voltava da cozinha falando.

- Pode deixar! Sempre saudável! - sorri indo abraçar eles. - vou sentir saudades!

- Nós também! Vê se consegue alguma coisa com o gato professor!

- É melhor vocês irem logo - sorri empurrando eles até a porta. - Tchau Namjoon hyung! amo vocês! -

Os dois gargalham soltando um “nós também te amamos” e somem entrando dentro de um táxi.


Um mês havia se passado, naquele dia eu saí correndo do escritório do jungkook porque não estava preparado para ver aquele rapaz de novo. As coisas estão bem confusas para mim… Pensei que nunca mais o veria e de repente dou de cara com ele junto com jeon! O mais estranho foi o fato de ambos estarem chorando… Eu realmente fiquei curioso, mas mesmo assim não me atrevi a falar com jungkook sobre isso. Suspiro indo até o sofá olhando se tem algo agradável para assistir agora, seria alguns dias sozinho em casa então vou ter que me acostumar com a solidão.


Depois de algumas horas assistindo um dorama até legal a minha campainha toca. Levanto do sofá e vou até a porta a abrindo. E logo a figura de Jungkook aparece.

-Oi jimin.

- Oi… - murmuro paralisado.

- Ah… Posso entrar? Precisamos conversar. - declara visivelmente nervoso.

- Claro, desculpa. Eu não esperava que fosse você. - dou espaço e ele entra.

- Eu imaginava. Perdão por vim essa hora.

- Não tem problema algum. Pode se sentar.  - aponto para a poltrona.

- Você merece uma explicação minha… Eu sou um covarde indeciso - começou. - Não quero te usar jimin, não quero ficar com você se ainda existir algum sentimento por Yugyeom no meu coração. - o olho confuso.

- Aquele rapaz que estava no seu escritório é ele? - indago.

- Sim é. Você o conhece?

- Algo do meu passado, mas você não está aqui pra falar disso. - o olho sério.

- Yugyeom é meu ex namorado. Faz um tempo que terminamos, ele preferiu esconder quem ele realmente era e fugir do que ficar comigo… Por isso eu nunca falei dele, é como se o mesmo estivesse morto. Infelizmente ainda não por completo. - suspirou e abaixou a cabeça.

- Não precisava fingir que eu não existia. Você me deixou triste! Me fez achar que não gosta de mim! - me pronuncie sentindo o remorso em meu peito.

- É por isso que estou aqui. Pra te pedir perdão! Pra te pedir um tempo! Eu quero ser seu por completo jimin… Não posso agora. - se levantou indo até mim.

- Somos tão diferentes…

- O diferente é bom… Vamos ser amigos? Não quero ficar longe de você. - segura minhas mãos.

- Tudo bem. Somos amigos, mas não vou esperar por muito tempo jungkook. - digo sincero.

- Não vai precisar. Eu juro…


Hoseok


- Eu gosto mais de caramelo do que de calda de chocolate. Me julguem. - Yoongi colocava a calda no sorvete tentando a todo custo mudar o rumo da conversa que deveríamos ter.

- Você está mudando de assunto de novo.- tomei um gole do meu café e o olhei.

- Eu sei que tô! não deveria ter vindo… Que merda. - praguejou.

- Você está fugindo de mim a tempos! Não acha que deve explicações? Céus como eu agradeço Taehyung! Sem ele eu não teria feito nada, e você ainda estaria se escondendo dos seus pais.

- Para de falar do ruivo. - murmurou.

- Então seja um adulto e descida!

- Cara eu já disse não posso simplesmente chegar pra minha mãe e falar que gosto da fruta que ela gosta!

- Pode sim! Eu sei que sua mãe vai entender.

- Ela mais louca que eu… Não dúvido.

- Vamos tentar, por favor. - parou de comer o sorvete e me olhou desconfiado.

- Jung Hoseok você tem muita sorte.

- Isso é um sim?- indaguei.

- Caralho mais você é chato em! Me dá outro sorvete! - e mais uma vez tentou.

- Min Yoongi me responda logo! - declarei sem paciência.

- Tá bom desgraça! Se der errado arranco suas bolas com os dentes! - sempre muito carinhoso falou.

- Também te amo. Agora podemos comer! - ele ia se pronunciar, mas eu o interrompo - Nada de sorvetes, já está tarde!

- Enfia um peixe no cu e diz que é sereia! - gargalhei e soltei um beijo voador em sua direção...que merda eu amo tanto ele.


Notas Finais


Sope é lindo! Jikook também :')
Coitado do jeon... Tá confuso. Essa história tá com muito cu doce kkks é a vida.
Eu tô passando muito o tempo porque só falta 7 capítulos pra fic acabar beleza!? :'') Yugyeom é um bebê. Não odeiam ele.

Views em seventeen - Wonwoo eu te amo.
Views em Triple H - HyunA minha princesa.

Views em Super papais - Yoonkook
https://www.spiritfanfiction.com/historia/super-papais--yoonkook-13537241

Próxima atualização sem data marcada! Vlw flw ✌❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...